22 de abril de 2019| , , , ,

1º de Maio: Vamos gritar juntos

Este 1º de Maio é de todos – combine no Sindicato, organize sua caravana e participe: é festa, mas é protesto, também!

O 1º de Maio este ano cai em uma quarta-feira – é feriado e é nosso dia. Cabe celebração, por que é no primeiro de maio que mostramos quem carrega este país nas costas. E por isso mesmo, é dia de protesto, em defesa de nossos direitos.

A organização do ato é das centrais sindicais – todas elas, desta vez: CTB, CUT, Força Sindical, UGT, Intersindical, CSB, CGTB, Nova Central, CSP-Conlutas, e mais as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo .

Em São Paulo, as atividades acontecerão no Vale do Anhangabaú, no centro. O evento estava marcado para ocorrer inicialmente na Praça da República, mas foram tantas as confirmações, tanta gente interessada que o dia foi transferido para um lugar maior. Em São Paulo, cabe mais gente no Vale do Anhangabaú!

Mas cada cidade vai ter o seu 1º de Maio, também –  fique atento aos avisos do sindicato e participe.

 

 

Com apresentações artísticas e culturais, o evento é a partir das 10h. Em breve serão divulgados os artistas e a programação completa. À tarde será realizado o ato político.

As organizações também trazem como pauta, além da defesa dos direitos trabalhistas, direitos sociais, democracia e soberania nacional.

 

A Federação dos Professores do Estado de São Paulo-Fepesp convoca todos pára este 1º de Maio unificado. Professoras, professores e todos os profissionais de Educação, das redes privada e pública, estão juntos na luta contra a precarização da aposentadoria, a reforma da Previdência, a flexibilização do direito do trabalho que só nos prejudica e o fim da justiça trabalhista.

Até lá, muito a fazer: 

  • converse com seus colegas e prepare sua caravana para ir na manifestação em sua cidade. Em São Paulo, todos no vale do Anhangabaú!
  • assine o abaixo assinado contra a reforma da Previdência que condena nossa aposentadoria (baixe a folha do abaixo assinado, clicando aqui: https://bit.ly/2IuBzZs )
  • mande sua bronca para os deputados que enrolam a aprovação da reforma nas comissões, clicando aqui)

 

O MANIFESTO DE CONVOCAÇÃO DESTE 1º DE MAIO:

 

E SAIBA MAIS:

Assine você também – em defesa da sua aposentadoria

 

 

Calculadora do Dieese mostra o que sua aposentadoria perde com a reforma

 

Adeus ao pacto social de 1988?

 

A PEC 6/2019 e a destruição da previdência e da assistência social

 

Nosso protesto contra a reforma da Previdência

 

Reforma da Previdência? Não nas nossas costas!

 

Reforma da Previdência: modelo chileno é alerta aos brasileiros

 

Plataforma possibilita pressionar deputados sobre reforma

Contra as pancadas do governo nos trabalhadores, um rotundo NÃO!

A política de valorização do salário mínimo precisa prosseguir

 

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio