Estes são os sindicatos integrantes da FEPESP

Sinpro ABC

Sindicalize-se!
clicando na imagem ou aqui
(ficha de sindicalização)


 

Sinpro lança “Programa Análise e Crítica” (06/09/19)

Série de vídeos do SinproABC discutirá conjuntura nacional
e categoria docente como peça fundamental de resistência política

O Sindicato dos Professores do ABC estreou a primeira edição do “Programa Análise e Crítica” – uma série de vídeos que irá tratar de temas relacionados ao universo sindical e trabalhista, como consciência de classe e categoria docente, sindicalização, direito do trabalho; e também abordagens sociológicas, como leitura do Brasil contemporâneo e sua conjuntura política.

Neste primeiro vídeo, Marcelo Buzzeto, diretor do SinproABC, pincela temas urgentes do noticiário brasileiro: queimadas na Amazônia, cortes na educação, perda da soberania nacional, privatizações e esfacelamento da indústria. Apresenta as possibilidades temáticas e oferece algumas reflexões.

É um convite para pensar. Confira:

Programa Análise e Crítica – Edição Primeira – SINPRO ABC

Anúncio do programa Analise e Crítica do Sindicato dos Professores do ABC, com Marcelo Buzetto, Secretaria de Formação Sindical

Publicado por Sindicato dos Professores do ABC – SINPRO ABC em Terça-feira, 3 de setembro de 2019

 


Sinpro convoca reunião entre professores do Colégio Metodista (20/09/19)

Atrasos nos pagamentos dos salários, não recolhimento do FGTS
e não pagamento de férias são algumas das pautas da reunião

 

O Sindicato dos Professores do ABC convida todos os docentes do Colégio Metodista a participarem da reunião do dia 23/09/2019 (segunda-feira), às 18h00, no auditório da Câmara dos Vereadores de São Bernardo do Campo, na Praça Samuel Sabatini, 50, 1º andar, Centro, São Bernardo do Campo, SP.

A reunião tem como finalidade a análise e discussão sobre a seguinte pauta:

a) Atrasos nos pagamentos dos salários, e não pagamento do salário de agosto de 2019;

b) Não pagamento de 1/3 de férias de 2019;

c) Não recolhimento do FGTS;

d) Não cumprimento do Acordo em Dissídio de Greve;

e) Formas de mobilização.


Reunião com os Professores da FSA, dia 05/09 (04/09/19)

SinproABC convida os professores da Fundação Santo André para discutir a condenação da instituição de ensino superior

O Sindicato dos Professores do ABC convida a todos os docentes do ensino superior da Fundação Santo André a participarem de reunião do dia 05/09/2019 (quinta-feira)às 18h00, na sede social do Sindicato dos Bancários do ABC, localizada na Rua Xavier de Toledo, 268 – Centro – Santo André – SP, para tratar da condenação indenizatória da FSA e os procedimentos seguintes para que os professores recebam seus direitos.


Ato em defesa dos professores e funcionários da Metodista (27/08/19)

O Sindicato dos Professores do ABC convoca um ato contra a Universidade Metodista para quinta-feira (29/08), às 18h30, em frente ao Campus Rudge Ramos – Rua do Sacramento, 230 – Rudge Ramos em São Bernardo do Campo.

A Metodista vem atrasando os salários dos professores e funcionários, desrespeitando os direitos trabalhistas e ignorando determinações da justiça do trabalho emitidas pelo Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região.

Professores, sindicato, funcionários e comunidade acadêmica exigem o pagamento imediato dos salários atrasados dos professores e dos funcionários administrativos, bem como a imediata regularização dos depósitos do FGTS.


 

Reunião para discutir o descumprimento judicial da Metodista; 31/07, às 19h30 (17/07/19)

Categorias da educação no ABC são convocadas para discutir caráter protelatório da Metodista

Devido ao descumprimento do acordo judicial por parte da Universidade Metodista, o SinproABC (Sindicato dos Professores do ABC) convoca uma reunião para Professores, Auxiliares e demais funcionários para discutir as ações políticas seguintes contra a instituição.

As pautas referem-se ainda aos atrasos dos salários e demais irregularidades, com a adição do não-comparecimento da Metodista ao foro conciliatório conforme havia sido acordado.


Reunião para discutir o descumprimento
judicial da Metodista; 31/07, às 19h30 (17/07/19)

Categorias da educação no ABC são convocadas
para discutir caráter protelatório da Metodista

Devido ao descumprimento do acordo judicial por parte da Universidade Metodista, o SinproABC (Sindicato dos Professores do ABC) convoca uma reunião para Professores, Auxiliares e demais funcionários para discutir as ações políticas seguintes contra a instituição.

As pautas referem-se ainda aos atrasos dos salários e demais irregularidades, com a adição do não-comparecimento da Metodista ao foro conciliatório conforme havia sido acordado.


Solidariedade ao professor Aldo Santos (11/07/19)

 

 

 

O SinproABC – Sindicato dos Professores do ABC manifesta seu repúdio diante da perseguição e injusta condenação a que esta sendo submetido o Professor Aldo Santos.Aldo Santos (na foto) teve a cassação dos direitos políticos por cinco anos e o bloqueio de bens, inclusive o salário de professor aposentado da rede pública ferindo o direito fundamental garantido na constituição, uma vez que retira seu meio de subsistência.

O Sindicato rejeita essa pratica de perseguição política e a tentativa de criminalizar os movimentos sociais e suas lideranças.Professor Aldo Santos – Foi vereador por 16 anos em São Bernardo do Campo, presidente da APROFFIB, diretor da APROFFESP, militante sindical da APEOESP e do PSOL – é uma voz contra as injustiças e reconhecido defensor dos direitos democráticos e das lutas sociais.


Assembleia 28/06; Saiba as pautas (25/06/19)

O Sindicato dos Professores do ABC convoca a categoria para um assembleia no dia 28/06, sexta-feira, na sede do Sinpro – Rua Pirituba, 61, Santo André. Primeira chamada às 16h30 e a segunda às 17h.

00 (Central Única dos Trabalhadores), o 15º CECUT/SP (Congresso Estadual da CUT-SP) e o 13º CONCUT (Congresso Nacional da CUT).

 

Confira o edital emitido pelo SinproABC: 

 O Presidente do Sindicato dos Professores de Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul – SINPRO ABC, no uso dos poderes que lhe são conferidos pelo Estatuto Social, convoca todos os professores de Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio, Técnico e Profissionalizante, Educação Especial, Cursos Supletivos, Educação de Jovens e Adultos, Cursos Preparatórios para Vestibulares, SENAC Superior, SESI, SENAI, SENAI Superior e Educação Superior da Rede Privada de Ensino de Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul e qualquer outro que tenha função de professor e trabalhe na base territorial deste sindicato, em pleno gozo de seus direitos sindicais, para que compareçam à Assembleia Geral Extraordinária, que será realizada na sede social, sito à Rua Pirituba, 61/65 – Bairro Casa Branca – Santo André – SP, no dia 28 de junho de 2019, em primeira convocação às 16 horas e 30 minutos, e em segunda convocação às 17 horas, com a seguinte pauta: Eleição para a escolha de delegados(as) para os Congressos da CUT, o 15º CECUT/SP e o 13º CONCUT. Santo André, 13 de junho de 2019. José Jorge Maggio – Presidente.


 

Boletim “O Professor”, edição de Maio e Junho (12/06/19)

O boletim “O Professor”, que chega ao número 422 – maio e junho de 2019, é produzido pelo departamento de comunicação do Sindicato dos Professores do ABC.

Nesta edição, a matéria de capa é sobre a greve histórica protagonizada pelos professores e professoras da Universidade Metodista. Foram 21 dias de paralisação. A unidade da categoria deu o tom do movimento. As reivindicações dos docentes despertou a solidariedade da comunidade, dos alunos, dos profissionais técnicos da Metodista, de importantes entidades sindicais. Sindicato dos Bancários e da Igreja da Mooca manifestaram-se publicamente declarando apoio ao movimento.

Também, contém informações sobre a Educação Básica que segue em Campanha Salarial, agora na justiça, e detalhes sobre a queda do Reitor Milreu da Fundação Santo André.

Na coluna “Nossos Direitos”, é abordada a importância de ficar atento ao pagamento de hora extra em trabalhos realizados nas Festas Juninas e sobre as férias, direitos conquistados pelo professor.

Além das notícias de interesse local, esta edição do boletim traz o impacto das grandes manifestações em favor da educação do país e contra de corte de verbas do governo Bolsonaro e reforça a chamada para a Greve Geral Nacional que acontece dia 14, sexta-feira.

Clique nas imagens para abrir o boletim “O Professor” completo,
ou acesse através deste link: http://bit.ly/2XdNp24  


Comunicado de Greve dos Professores (10/06/19)

Comunicado do Sindicato dos Professores do ABC
para as escolas sobre a paralisação do dia 14

O Sindicato dos Professores do ABC comunica as escolas de que a categoria dos Professores da rede privada de ensino, nos municípios de Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul, base territorial do Sindicato, aprovaram a Greve no dia 14 de junho.

Às Instituições de Ensino do ABC

 

O Sindicato dos Professores do ABC, entidade sindical de primeiro grau, inscrito no CNPJ sob o nº 53.714.440/0001-77, com sede à Rua Pirituba, 61/65 – B. Casa Branca – Santo André – SP, no exercício de suas atribuições constitucionais, e em cumprimento ao disposto na Lei 7.783/1989, vem por meio do presente comunicar tempestivamente que, conforme deliberação da Assembleia Geral Extraordinária da categoria dos Professores da rede privada de ensino, nos municípios de Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul, base territorial do Sindicato, realizada no dia 17 de maio de 2019, foi aprovada GREVE no dia 14 de junho de 2019, ante a Reforma da Previdência.

Atenciosamente,

José Jorge Maggio
Presidente do SINPRO ABC


Assembleia da Educação Básica, dia 08/06 (07/06/19)

O SinproABC (Sindicato dos Professores do ABC e Região) convoca a categoria para uma assembleia, no dia 08/06, às 9h, para discutir os impasses da Campanha Salarial 2019: Educação Básica. A assembleia ocorrerá na sede do sindicato: Rua Pirituba, 61 – Bairro da Casa Branca, em Santo André.

 

As pautas serão:

a) Autorização para eventual instauração de dissídio coletivo;

b) mobilização e formas de luta;

c) autorização para assembleia permanente.

 

Atenção ao Edital abaixo:

 

Edital de Convocação de Assembleia Geral Extraordinária dia 08/06/2019

O Presidente do Sindicato dos Professores de Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul – SINPRO ABC, no uso dos poderes que lhe são conferidos pelo Estatuto Social, convoca todos os professores de Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio, Técnico e Profissionalizante, Educação Especial, Cursos Supletivos, Educação de Jovens e Adultos, Cursos Preparatórios para Vestibulares da rede privada de ensino, sindicalizados ou não, das cidades de Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul, para que compareçam à Assembleia Geral Extraordinária, que se realizará na sede social, sito à Rua Pirituba, 61/65 – B. Casa Branca – Santo André – SP, no dia 08 de junho de 2019, em primeira convocação às 9 horas, e, em segunda convocação às 9 horas e 30 minutos. Tal assembleia tem por finalidade discutir e deliberar sobre a seguinte ordem do dia: a) Autorização para eventual instauração de dissídio coletivo; b) mobilização e formas de luta; c) autorização para assembleia permanente. Santo André, 05 de junho de 2019 – José Jorge Maggio – Presidente.

 


Sindicato dos Professores do ABC
Representação: professores da rede privada de educação básica e ensino superior
Rua Pirituba, nº 61 – Casa Branca
CEP 09015-540 – Santo André
telefone (11) 4994.0700 / fax (11) 4994.0362
sinpro@sinpro-abc.org.br
Município(s): Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul

http://www.sinpro-abc.org.br/

sinpro@sinpro-abc.org.br

Sinpro Araçatuba e Birigui

Sindicato dos Professores e Auxiliares Administrativos
Representação: professores e auxiliares da rede privada de educação básica e ensino superior
Rua Dom Bosco, 60
CEP: 16015-310 – Araçatuba
telefax: (18) 3623.4114
Município(s): Araçatuba e Birigui

spro.ata@terra.com.br

Sinpro Bauru e Região

Sindicalize-se!
clicando na imagem ou aqui
(formulário de sindicalização)




Sindicato dos Professores de Bauru
Representação: professores da rede privada de educação básica e ensino superior
Rua Capitão Gomes Duarte, 6-74 – Altos da Cidade
CEP 17014-020 – Bauru – SP
telefax (14) 3879.5311/5314/5315
sinprobau@travelnet.com.br
Município(s): Águas de Santa Bárbara, Agudos, Arandu, Arealva, Areiópolis, Avaí, Avaré, Bariri, Barra Bonita, Bauru, Bocaina, Boracéia, Borebi, Botucatu, Cabrália Paulista, Cerqueira César, Dois Córregos, Duartina, Espírito Santo do Turvo, Fartura, Igaraçu do Tietê, Ipaussu, Itapuí, Itatinga, Lencóis Paulista, Macatuba, Manduri, Mineiros do Tietê, Óleo, Pardinho, Paulistânia, Pederneiras, Piraju, Pirajui, Piratininga, Pratânia, Presidente Alves, São Manuel, São Pedro do Turvo, Sarutaiá, Taguaí, Tejupá, Timburi.

http://www.sinprobau.com.br/

sinprobau@travelnet.com.br

Sinpro Campinas e Região

Sindicalize-se!
clicando na imagem ou aqui
(ficha de sindicalização)


 


Saúde do professor,
veja o primeiro vídeo da série (01/09/19)

Sinpro Campinas está preparando uma série em vídeos discutindo a saúde de professores e professoras. A série é importante e estréia na próxima segunda-feira, dia 2 de setembro. Não deixe de assistir.

A primeira entrevista da série traz a fonoaudióloga Thaís Sanches Tominaga, que fala sobre os principais problemas que os professores podem ter relacionados à sua voz e como evitá-los. A entrevista está aqui.

Conte seu caso

Tem histórias para contar? Como seu trabalho tem afetado a sua saúde? Comente aqui http://bit.ly/2YJEeE0 e participe desta importante discussão na estréia da série.

Para comentar sobre a saúde do professor, clique aqui: http://bit.ly/2YJEeE0.


 

Coral do Sinpro faz apresentação
na Santa Casa de Valinhos (29/08/19)

O Coral do SINPRO realizará uma apresentação para os pacientes, funcionários e corpo clínico da Santa Casa de Valinhos no sábado, dia 10/08, às 09h30.

O objetivo do Coral é levar música, cultura e alegria a todos os públicos, inclusive para aquelas pessoas que se encontram fragilizadas por problemas de saúde, seus familiares e os profissionais da área de saúde, mesmo em um ambiente hospitalar, onde não é muito comum a realização de apresentações artísticas.


Sinpro notifica FAM sobre demissões
ocorridas no final do semestre (07/08/19)

Mais de 30 docentes foram dispensados da FAM de uma vez; Sindicato acompanha o caso

O Sinpro Campinas e região notificou na sexta-feira, 02/08, a Faculdade de Americana (FAM) sobre o elevado número de demissões de professores ocorrido ao final do semestre. Segundo as informações que chegaram ao Sindicato, foram dispensados mais de 30 docentes.

No documento, o Sinpro solicita a listagem com os nomes dos professores demitidos, questiona as razões das dispensas, se já foram completamente quitados os haveres rescisórios e qual a programação das homologações das TRCTs.

É importante lembrar que, segundo a Convenção Coletiva de Trabalho dos Professores da Educação Superior, as homologações devem ser realizadas no Sindicato da categoria.

O Sinpro aguarda a resposta da instituição de ensino.

Acompanhe esta e outras notícias diretamente no site do Sinpro Campinas: http://bit.ly/2TbWFzb.


‘A escola é um lugar onde o debate deve fluir sem censura”,
diz diretor do Sinpro (19/06/19)

Diretor sindical debate questões contemporâneas e importantes sobre a figura do professor

O diretor do Sinpro, José Roberto Cabrera, deu uma entrevista para o canal do YouTube TVMOV sobre os desafios da profissão de professor, a importância do debate dentro em sala de aula, os desafios da categoria na atual conjuntura política e a precarização da carreira docente.

Cabrera também fala sobre o movimento “Escola Sem Censura” em Campinas, que surgiu em contraponto ao “Escola Sem Partido”.


Sinpro realiza eleição para representante
sindical das escolas SESI (04/07/19)

Foto da cerimônia de posse da diretoria do Sinpro Campina, 2016. Arquivo.

O Sinpro Campinas e Região realizou, na última semana de junho, eleição para representante sindical de 3 unidades: Sesi 403 Campinas, Sesi 101 Americana e Sesi 99 Santa Bárbara d’Oeste.

Foram eleitas as Professoras Ana Flávia de Assis, Edilaine Bonanome de Morais e o Professor Aparecido Siqueira Dias, respectivamente.

Segundo a publicação do Sinpro Campinas, “a representação docente nas escolas garante a organização por local de trabalho e uma ligação direta entre professores e o Sindicato”. Leia a matéria no site do Sinpro: http://bit.ly/2xuAJ8a.

Os três eleitos foram empossados no dia 30 de junho com o mandato de um ano.

 

(Ilustração: cerimônia de posse da diretoria do Sinpro Campinas, 2016. Arquivo).


Jurídico do Sinpro repassou mais
de 13 milhões aos professores (03/07/19)

A diretora do Departamento Jurídico, a professora Marilda Aparecida Ribeiro Lemos, informou que há 531 ações tramitando na Justiça do Trabalho. O Sindicato dos Professores de Campinas e Região participou de 70 audiências de processos em andamento.

Mais de 200 professores foram atendidos pelos advogados do Sinpro Campinas no ano de 2018.

O Sinpro Campinas pagou entre ações individuais e coletivas, R$ 13.485.340,59 a professores e professoras sindicalizados e não sindicalizados, em processos movidos em defesa da categoria.

 

Contas 

O Sinpro Campinas e Região teve suas contas do ano de 2018 aprovadas, em assembleia do dia 29 de junho.

A prestação de contas do Sindicato foi feita pelo presidente do Sinpro, Carlos Virgílio Borges, Chileno, ao lado do tesoureiro, Herick Martin Velloso, Piu, que mostraram os resultados da arrecadação e despesas da entidade.

Segundo Piu, as receitas de 2018 foram compostas por basicamente três fontes, a mensalidade de professores sindicalizados, a Contribuição Assistencial e a Contribuição Sindical.  No ano passado, mais de 60% da arrecadação da entidade correspondeu à mensalidade de professores associados. Por isso a importância da sindicalização da categoria para a manutenção de um Sindicato forte e combativo, publicou o Sinpro Campinas.

 


Reunião com professores
do Colégio Integral, 17/06 (11/06/19)

O Sindicato dos Professores de Campinas e Região (Sinpro Campinas) convoca os docentes do Colégio Integral para discutir o atraso de salários e pensar em encaminhamentos jurídicos contra a instituição.

A reunião ocorrerá dia 17/06, às 17h, na sede do Sindicato.


Prestação de contas, dia 29 de junho (10/06/19)

O Sindicato dos Professores de Campinas e Região convoca todos os professores de sua base territorial a participarem, no dia 29 de junho, sábado, às 9h00, da Assembleia Geral Ordinária de Prestação de Contas do balanço financeiro de 2018.

A diretoria conta com a participação da categoria, momento em que os professores conhecerão a síntese do trabalho desenvolvido pelo Sindicato no ano passado.

Saiba mais aqui.


Sindicato dos Professores de Campinas e Região
Representação: professores da rede privada de educação básica e ensino superior
Av. Profª. Ana Maria Silvestre Adade, nº 100 – Parque das Universidades
CEP 13086-130 – Campinas – SP
telefax (19) 3256.5022
sinprocampinas@sinprocampinas.org.br
Município(s): Americana, Amparo, Araras, Campinas, Limeira, Mogi Mirim, Piracicaba, Santa Bárbara D’ Oeste

http://www.sinprocampinas.org.br/

sinprocampinas@sinprocampinas.org.br

Sinteee Franca

Sindicalize-se!
clicando na imagem ou aqui
(ficha de sindicalização)

 


Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino e Educação de Franca
Representação: professores e auxiliares da rede privada de educação básica e ensino superior
Rua Benedito de Oliveira, nº 1878 – Centro
CEP 14400-810 – Franca – SP
telefax (16) 3722.0295/3721.2606
sinprofran@hotmail.com
Município(s): Franca

http://www.sinteeefranca.org.br/

sinprofran@hotmail.com

Sinpro Guapira

Sindicato dos Professores de Mogi Guaçu e Itapira
Representação: professores da rede privada de educação básica e ensino superior
sinproguapira@hotmail.com
Para questões trabalhistas, favor ligar para (11) 5082-5357
Município(s): Mogi Guaçu e Itapira

sinproguapira@hotmail.com

Sinpro Guarulhos

Sindicalize-se!
clicando na imagem ou aqui
(formulário de sindicalização)


Sindicato dos Professores de Guarulhos
Representação: professores da rede privada de educação básica e ensino superior
Endereço: Rua Carlos Leal Evans, 73 – Jardim Santa Francisca – Guarulhos (Rua do Makro).
Telefax: (11) 2472.7098
contato@sinproguarulhos.org.br
Município(s): Guarulhos

http://www.sinproguarulhos.org.br/

contato@sinproguarulhos.org.br

Sinpro Jacareí

 

Sindicato dos Professores de Jacareí

Representação: professores de da rede privada de educação básica e ensino superior
Rua Antônio Afonso, 274, 1° andar, sala 5 – centro
CEP: 12327-270 – Jacareí – SP
Telefone:(12) 3351.9299 / 3351.9288
Horário: 13h30 às 17h30
Município(s): Jacareí

sinprojacarei@hotmail.com

Sinpro Jaú

Sindicalize-se!
clicando na imagem ou aqui
(ficha de sindicalização)


Sindicato dos Professores de Jaú
Representação: professores da rede privada de educação básica e ensino superior
Rua Miguel Sancinetti, 217 – Jardim Netinho Prado
CEP: 17208-150 – Jau – SP
Telefax: (14) 3626.4447
sinprojau@hotmail.com
Município(s): Jaú

http://www.sinprojau.org.br/

sinprojau@hotmail.com

Sinpro Jundiaí


Sindicalize-se!
Clicando na imagem ou aqui
(ficha de sindicalização)

 



Campanha de sindicalização (18/06/19)

A sindicalização é um instrumento essencial
para a formação de uma categoria forte

O Sindicato dos Professores de Jundiaí disponibiliza uma ficha de sindicalização online para desburocratizar o processo e facilitar a vida dos docentes que desejam uma categoria unida e forte em defesa dos seus direitos.

Você sabia que a duração de sua hora-aula, as bolsas de estudo de seus filhos, a garantia semestral de salário e a duração de recesso e férias não são direitos previstos na CLT, nem são benesses oferecidas pelos empregadores? Essas condições de trabalho, entre outras, são conquistas do movimento sindical garantidas após duras negociações com as entidades patronais.

Por isso, a única forma de manter essas condições é por meio de uma categoria organizada em um sindicato forte. Apenas assim conseguiremos continuar resistindo às constantes tentativas de retirada dessas conquistas das mãos e dos bolsos dos professores.

Acesse o site do Sindicato dos Professores de Jundiaí e preencha o formulário de sindicalização online.


 

Moção de apoio à Campanha Salarial (07/06/19)

A Câmara Municipal de Jundiaí aprovou, em sua 105ª sessão ordinária, moção de apoio aos professores da rede particular de ensino do Estado de São Paulo, representados pela Fepesp e pelo Sinpro Jundiaí, pela batalha por renovação da convenção coletiva de trabalho na Educação Básica – que se encontra em processo de dissídio coletivo diante da recusa do patronal em assinar acordos baseados em sua própria proposta. O patronal, agora, terá que se explicar à Justiça do Trabalho.


Sindicato dos Professores de Jundiaí
Representação: professores da rede privada de educação básica e ensino superior
Rua 23 de Maio, nº108 – Vianelo
CEP 13207-070 – Jundiaí – SP
telefax (11) 4522.7223 / 7702
sinprojun@sinprojun.org.br
Município(s): Jundiai

http://www.sinprojun.org.br/

sinprojun@sinprojun.org.br

Sintee Lins

Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino de Lins
Representação: professores e auxiliares da rede privada de educação básica e ensino superior
Rua 13 de Maio, nº 193, Centro
CEP: 16400-045 – Lins – SP
telefax (14) 3025.2366
Município(s): Lins

sinteel@ig.com.br

Sinpro Osasco e Região

Sindicalize-se!
Clicando na imagem ou aqui
(ficha de sindicalização)


Dicas para os professores na volta das aulas (02/08/19)

Dicas que podem evitar ou resolver problemas no trabalho 

Da checagem do valor dos salários à guarda dos holerites, do cuidado nas redes sociais à organização dos materiais e comunicados digitais: pequenos hábitos que os professores podem incorporar desde o começo do semestre letivo para evitar problemas no trabalho.

Pensando assim, o SinprOsasco preparou uma lista de dicas e medidas para lidar com problemas comuns na vida dos professores e professoras nesta volta as aulas de agosto:

 

1. Arquive todo o material digital

Esse material pode ser útil no futuro, na cobrança do trabalho a distância ou de direitos autorais sobre o material pedagógico. Também pode ajudar para comprovar a convocação para uma atividade.

 

2. Mantenha contas profissionais nas redes sociais

É normal que os alunos procurem por seus professores nas redes sociais, por isso, é importante haver certa distância entre a vida particular e o trabalho.

 

3. Salve cópias dos holerites digitais 

Os holerites são necessários para cobrar dívidas trabalhistas, resolver problemas com a Receita Federal, e na hora da aposentadoria, razão pela qual eles devem ser guardados a vida toda e não apenas os últimos cinco anos.

 

4. Confira sempre o seu salário

O professor tem que saber como o seu salário é calculado e deve fazer a conferência todo mês. Dê especial atenção ao pagamento das horas extras, descontos, contribuição previdenciária e imposto de renda.

 

5. Controle o seu FGTS mês a mês

 

6. Não jogue fora o calendário escolar

O calendário pode comprovar as atividades exigidas, confirmar se as férias e o recesso estão sendo respeitados e conhecer a data limite para a demissão sem justa causa.

 

7. Anote suas horas extras

 

8. Conheça o plano de carreira

O plano de carreira integra o contrato de trabalho e por isso, os professores deve ter acesso à integra, para conhecer os enquadramentos, as faixas salariais, as regras de ascensão e mobilidade. Se o plano não estiver disponível na intranet ou na sala dos professores, solicite e guarde uma cópia.

 

E a dica mais importante? Sindicalize-se!

Leia a matéria na íntegra no site do Sindicato dos Professores de Osasco: http://bit.ly/2Yn0J5g


 

Sinpro anuncia Festa dos Professores 2019 (26/07/19)

Professores filiados ao sindicato têm entrada franca

O Sinprosasco está preparando O Jantar Dançante dos Professores 2019 , que ocorrerá no dia 18 de Outubro.

Na festa será servido um delicioso jantar à vontade e bebidas grátis. Sobremesa e muita música boa para dançar também acompanham.

Como já é de costume, os professores filiados têm entrada franca. Devem apenas apresentar a carteirinha ou CPF para retirar o convite no sindicato.

 

 

CONVITES:
Primeiro convidado: R$ 30,00
Segundo convidado e demais: R$ 60,00

A compra e retirada de convites será realizada no Sinprosasco: Rua Mônica M. Humacher Smith, 937 – Vila Campesina – Osasco.
PAGAMENTO EM DINHEIRO.

Em breve divulgaremos mais informações sobre o período de retirada dos convites. Aguardem!

SERVIÇO:
Quando: 18 de Outubro – Das 20h às 3h
Onde: Clube Armênio (Rua Carlos da Costa Carvalho Jr, 498 – Presidente Altino – Osasco).

 

Para mais detalhes, acesse o site do Sindicato dos Professores de Osasco: http://bit.ly/2YsYCfB 


Oferta exclusiva para associados, na academia ‘bluefit’ (18/06/19)

Familiares também estão incluídos na oferta

O Sindicato dos Professores de Osasco e região firmou uma parceria com a academia bluefit, oferecendo descontos, serviços e planos exclusivos para os professores associados e seus familiares.

Entre em contato com SinprOsasco e saiba mais sobre a oferta: https://www.sinprosasco.org.br/.


Sindicato dos Professores de Osasco e Região
Representação: professores da rede privada de educação básica e ensino superior
sinprosasco@sinprosasco.org.br
Rua Mônica M. H. Smith, 937 – Vila Campesina – Osasco/SP – CEP 06023-090
Telefone (11) 2284-7400
Município(s): Barueri, Carapicuiba, Cotia, Osasco

http://www.sinprosasco.org.br/

sinprosasco@sinprosasco.org.br

Sintraensino Ourinhos

Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos Privados de Ensino de Ourinho e Região
Representação: professores, auxiliares de administração escolar e demais trabalhadores em estabelecimentos particulares de ensino, profissionais que desenvolvem atividades em creches, pré-escolas, ensino infantil,ensino fundamental, ensino médio, graduação, superior, extensão, pós-graduação, centros educacionais, escolas, cursos preparatórios para concursos e cooperativas de ensino.
Rua Souza Soutelo, número 343 CEP: 19900-110
Fone: (14) 33245104/ 5781
Município(s): Canitar, Chavantes, Ourinhos, Promissão, Salto Grande, Santa Cruz do Rio Pardo e Vera Cruz

sintraensino@gmail.com

Sintee Presidente Prudente e Região

Sindicalize-se!
clicando na imagem ou aqui
(ficha de sindicalização

 


Sinteepp amplia convênios (30/07/19)

Novo Convênio do Sinteepp – o sindicatos dos professores e auxiliares de administração escolar de Presidente Prudente e região – tem agora convênio para associados na Farmácia Reis.

Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino de Presidente Prudente
Representação: professores e auxiliares da rede privada de educação básica e ensino superior
Rua Siqueira Campos, nº1687 – Bairro do Bosque
CEP 19013-030 – Presidente Prudente – SP
telefone (18) 3222.6422/3222.6413
Município(s): Adamantina, Alfredo Marcondes, Álvares Machado, Anhumas, Assis, Caiabu, Caiuá, Cândido Mota, Cruzália, Emilianópolis, Estrela do Norte, Euclides da Cunha Paulista, Flora Rica, Flórida Paulista, Florínia, Iepê, Indiana, Inúbia Paulista, Irapuru, João Ramalho, Lucélia, Marabá Paulista, Maracaí, Marinópolis, Martinópolis, Mirante do Paranapanema, Nantes, Narandiba, Osvaldo Cruz, Pacaembu, Palmital, Paraguaçu Paulista, Parapuã, Pedrinhas Paulista, Piquerobi, Pirapozinho, Platina, Pracinha, Presidente Bernardes, Presidente Epitácio, Presidente Prudente, Presidente Venceslau, Quatá, Rancharia, Regente Feijó, Ribeirão dos Índios, Rinópolis, Rosana, Sagres, Salmourão, Sandovalina, Santo Anastácio, Santo Expedito, Taciba, Tarabaí, Tarumã e Teodoro Sampaio.

http://www.sinteepp.com.br/

sindicato@sinteepp.com.br

Sinpaae Ribeirão Preto e Região

Sindicalize-se!
clique na imagem ou aqui
(ficha de sindicalização)

 


 


Sindicato dos Professores e Auxiliares de Administração Escolar de Ribeirão Preto
Representação: professores e auxiliares da rede privada de educação básica e ensino superior
Rua Silveira Martins, nº 1684 – Campos Eliseos
CEP 14080-110 – Ribeirão Preto – SP
telefone (16) 3615.8200
faleconosco@sinpaaerp.com.br
Município(s): Altinópolis, Barrinha, Brodowski, Cajuru, Cássia Dos Coqueiros, Cravinhos, Dumont, Guatapará, Ituverava, Jaboticabal, Jardinópolis, Luís Antônio, Morro Agudo, Orlândia, Pontal, Pradópolis, Ribeirão Preto, Sales Oliveira, Santa Cruz Da Esperança, Santa Rosa De Viterbo, Santo Antônio Da Alegria, São Joaquim Da Barra, São Simão, Serra Azul, Serrana e Sertãozinho.

http://www.sinpaaerp.org

faleconosco@sinpaaerp.com.br

Saae Rio Preto e Região

Sindicalize-se!
clique na imagem ou aqui
(ficha de contato)


SAAE vence na Justiça a Uniesp de Mirassol (04/09/19)

Em sentença expedida na segunda feira, dia 2, o SAAE Rio Preto registrou vitória em ação movida contra a SOMESMI – Sociedade Mantenedora de Ensino Superior de Mirassol, que faz parte do grupo Uniesp, por falta de cumprimento da convenção coletiva quanto ao oferecimento de assistência médico-hospitalar e reajustes salariais de 2018 e 2019 aos seus auxiliares de administração escolar.

Na sentença, a Justiça deu prazo de 50 dias para a SOMESMI/Uniesp por em dia os reajustes e regularizar o plano de saúde dos auxiliares, sob pena de multa diária.

Mais informações: adicione o WhatsApp do SAAE S J do Rio Preto:

(17) 99 155-7148

Veja aqui a sentença em formato PDF.


SAAE vence UNORP em ação pela PLR (01/08/19)

O Sindicato dos Auxiliares de Administração Escolar de São José do Rio Preto – SAAE Rio Preto – convoca todos os auxiliares que trabalharam na UNORP nos anos de 2014, 2015 e 2016 a comparecer imediatamente ao sindicato para assinar procuração para recebimento dos valores da Participação nos Lucros e Resultados que a instituição devia ter pago, não pagou, mas agora perdeu na Justiça e tem que pagar!

O sindicato entrou com ação na Justiça e teve ganho de causa agora no mês de julho.

O pagamento da Participação nos Lucros e Resultados é conquista que está na Convenção Coletiva de Trabalho.


Sindicato garante na justiça Assistência
médica para auxiliares na Unorp (28/06/19)

Empresa é condenada por descumprir o direito da categoria à assistência médico-hospitalar

A Justiça ordenou que a Unorp, Centro Universitário do Norte Paulista contrate e ofereça plano de saúde a todos os seus funcionários. É o que está na Convenção Coletiva de Trabalho dos Auxiliares de Administração Escolar de São José do Rio Preto. A instituição nunca havia contratado plano de assistência médico-hospitalar conforme determina o texto da convenção, o Sindicato foi reclamar na Justiça e teve ganho de causa. A Unorp tem que obedecer.

 

Veja o que está na Convenção Coletiva (cláusulas 16A e 16B):

Nos limites estabelecidos nesta cláusula, a MANTENEDORA está obrigada a assegurar a todos os seus AUXILIARES assistência médico-hospitalar, sendo-lhe facultada a escolha por plano de saúde, seguro saúde ou convênios com empresas prestadoras de serviços médico-hospitalares. Poderá ainda prestar a referida assistência diretamente, em se tratando de instituições que tenham serviços de saúde e hospitais próprios ou conveniados.

 

Ou seja: a mantenedora está obrigada a assegurar a todos os seus auxiliares assistência médico-hospitalar, coisa que a Unorp não fazia e agora terá que fazer. O prazo é de 20 dias a partir da expedição da decisão condenatória de 27 de junho.


Sindicato dos Auxiliares de Administração Escolar de São José do Rio Preto e região
Representação: auxiliares da rede privada de educação básica e ensino superior
Rua José de Carmo Lisboa n° 197 – 1º Andar, Sala 01
Vila dos Bancários
São José do Rio Preto – SP
CEP: 15015-660
WhatsApp: (17) 99 155-7148
Tel.: (17) 3233-6111
Município(s): Adolfo, Bady Bassit, Bálsamo, Cedral, Estrela D’Oeste, Fernandópolis, General Salgado, Guapiaçu, Icem, Ipiguá, Jaci, Jales, José Bonifácio, Mendonça, Mirassol, Mirassolândia, Monte Aprazível, Neves Paulista, Nipoã, Nova Aliança, Nova Granada, Olímpia, Onda Verde, Poloni, Potirendaba, Santa Fé do Sul, São José do Rio Preto, Tanabi, Ubarana, Uchoa, União Paulista e Urânia.

http://www.saaesjriopreto.org.br/

contato@saaesjriopreto.org.br

Sinpro Santos e Região

Sindicalize-se!
Clique na imagem ou aqui
(ficha de sindicalização)



Sindicato dos Professores de Santos e Região
Representação: professores da rede privada de educação básica e ensino superior
Av. Ana Costa, nº 145 – Vila Matias
CEP 11060-000 – Santos – SP

telefone (13) 3500-0570

sinprosantos@sinprosantos.org.br

http://www.sinprosantos.org.br/

sinprosantos@sinprosantos.org.br

Sinpro São Carlos

 


Novas datas para inscrição de chapas (19/06/19)

Inscrições de chapas que desejam concorrer deverão
ser feitas entre 10 de julho ao dia 17 de julho de 2019

O Sinpro São Carlos lançou um segundo edital sobre as suas eleições de Diretoria e Conselho Fiscal.

As inscrições de chapas deverão ocorrer entre os dias 10 de julho ao dia 17 de julho de 2019, das 9h às 12h e das 13h30 às 16h30, na sede do Sindicato – Rua Marechal Deodoro da Fonseca, 1672, em São Carlos.

A votação acontecerá no dia 19 de agosto, das 9h às 16h.

Confira o edital do Sinpro:

 

Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino e Educação de São Carlos e Região (Sindicato dos professores de São Carlos – SINPRO São Carlos).

Considerando o disposto nos artigos 44, 56 e seguintes do Estatuto Social e no artigo 8º e inciso da Constituição Federal, será realizada, nos termos do estatuto social vigente, no dia 19 (dezenove) de agosto de 2019 (dois mil e dezenove), no horário das 9,00 às 16,00 horas, eleição para composição da Diretoria e Conselho Fiscal efetivos e suplentes do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino e Educação de São Carlos e Região (Sindicato dos Professores de São Carlos).

SINPROSÃO CARLOS, devendo o registro de chapas ser feito na Rua Marechal Deodoro da Fonseca, nº 1672, em São Carlos, no horário das 09h00min às 12h00min e das 13h30min às 16h30 dentro do período dia 10 (dez) de julho de 2019 ao dia 17 (dezessete) de julho de 2019, exceto o sábado e domingo.

Somente será aceito o registro de chapa que se apresentar completa entre candidatos efetivos e suplentes, todos em condições de votar e serem votados em consonância com os termos estatutários e legais.

Encerrado o prazo sem que tenha havido registro de chapa, dentro de 48h (quarenta e oito horas) haverá a convocação de nova eleição. O edital completo de convocação e os nomes dos componentes de cada Chapa inscrita encontrar-se-á afixada no endereço acima.

São Carlos, 01 (um) de Julho de dois mil e dezenove. Maurício Carlos Ruggiero – Presidente.


Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino e Educação de São Carlos e Região
Representação: professores e auxiliares da rede privada de educação básica e ensino superior
R. Marechal Deodoro, 1672
São Carlos – SP
CEP: 13560-200
sinprosaocarlosxs@gmail.com
telefax (16) 3415-5995
Cel.: (16) 98159-4001
Município(s): Caconde, Dourado, Ibaté, Itobi, Mococa, Ribeirão Bonito, Santa Cruz das Palmeiras, São Carlos e Tapiratiba

http://www.sinprosaocarlos.org.br/

sinprosaocarlosxs@gmail.com

Sinpro São José do Rio Preto

Sindicalize-se!
clique na imagem ou aqui
(ficha de inscrição)

 


Sindicato dos Professores de São José do Rio Preto
Representação: professores da rede privada de educação básica e ensino superior
Rua Rua Honduras, nº 227, Jardim Alto Rio Preto
CEP 15020-210 – São José do Rio Preto – SP
Telefone: (17)3234-4562 ou (17)3233-1781
sinproriopreto@sinproriopreto.org.br
Município(s): São José do Rio Preto

http://www.sinproriopreto.org.br

sinproriopreto@sinproriopreto.org.br

Sinpro São Paulo

Sindicalize-se!
clique na imagem ou aqui
(ficha de sindicalização)


Professores devem redobrar cuidado
com as horas extras (26/08/19)

Caiu a liberação irrestrita do trabalho aos domingos, única alteração no texto.
Porém, acabou a obrigatoriedade de marcar o ponto nas horas extras

Com a chegada da MP881, professoras e professores devem ficar atentos às mudanças nas leis de trabalho. Agora, empresas com até 20 empregados não precisam mais de registro de ponto; o que dificulta o pagamento de horas extras.

A cobrança de horas extras é um dos principais motivos das ações na Justiça do Trabalho. A reforma trabalhista já havia dificultado os processos ao flexibilizar os direitos e inserir modalidades precárias de jornadas de trabalho.

Veja as dicas do Sindicato dos Professores de São Paulo – SINPRO/SP para lidar com a falta de registros obrigatórios por parte das empresas educacionais: em primeiro lugar, anote todas as horas extras realizadas com horário de entrada e saída, pra não esquecer. Além disso, guarde tudo o que pode comprovar, futuramente, que as atividades foram realizadas: convocação, emails, calendário escolar, fotos (festa junina, mostra cultural etc).


Professores da faculdade Oswaldo Cruz em assembleia  (01/08/19)

Os professores deverão analisar propostas apresentadas pelos Mantenedores

O SinproSP está convocando uma assembleia dos professores da Faculdade Oswaldo Cruz, dia 07/08, na sede do sindicato (Rua Borges Lagoa, 170), às 14h.

Na pauta, está a análise e discussão de uma proposta feita pelos mantenedores da FOC para o pagamento do 13º salário de 2018, dos valores do FGTS e das respectivas multas pelos atrasos. A proposta foi apresentada na audiência do processo movido pelo Sindicato contra a instituição.

A presença de todas e todos é muito fundamental. Divulgue a informação entre os colegas, pode ser por e-mail, redes sociais, no momento do café ou nas conversas de whatsapp. O importante é que o maior número de docentes esteja informado e compareçam à assembleia.


Sinpro realiza oficina de cuidado vocal em 27 de julho (18/07/19)

Cuidado com a voz é um tema importante na vida do professor

Após as férias de julho, ao voltar à rotina da sala de aula, os professores correm risco de sofrer algum impacto na voz. Por isso, o SinproSP dá continuidade ao projeto nascido em 2018 e realiza a terceira edição da oficina de preparo e condicionamento vocal.

O evento, ministrado pela fonoaudióloga Dra Fabiana Zambon, é gratuito e aberto a todos os professores.

Programe-se:

• 27/07, sábado, das 9h às 12h no SinproSP – Rua Borges Lagoa, 170.

 

As inscrições devem ser feitas no formulário online disponível no site do Sindicato dos Professores de São Paulo: http://eventos.sinprosp.org.br/?evento=24 


Sinpro calcula tempo de trabalho
com a ‘reforma’ da Previdência (17/07/19)

Saiba as diferenças entre o ensino superior e básico e também questões de gênero

A Câmara dos Deputados concluiu, na tarde de 12/07, o primeiro turno de votação da ‘reforma’ previdenciária. O segundo turno ficará para agosto, no retorno do recesso parlamentar.

Enquanto isso, veja como ficaram as regras para as aposentadorias. As informações estão atualizadas com as alterações aprovadas pelos deputados nos dias 11 e 12 de julho, quando o destaque sobre os professores foi aceito:

 

Professores de Educação Básica 

Clique na imagem e confira o texto explicativo no site do SinproSP sobre como fica a aposentadoria das Professoras de Educação Básica, ou neste link: http://bit.ly/2SmWmRr 

Os exemplos do gráfico consideram uma professora de educação básica com 35 anos de idade e 15 de contribuição.

 

Clique na imagem e confira o texto explicativo no site do SinproSP sobre como fica a aposentadoria dos Professores de Educação Básica, ou neste link: http://bit.ly/32vHhSn

Os exemplos do gráfico consideram um professor de educação básica com 35 anos de idade e 15 de contribuição.

 

Professores de Ensino Superior e demais Trabalhadores

 

Clique na imagem e confira o texto explicativo no site do SinproSP sobre como fica a aposentadoria das Professoras de Educação Superior e demais Trabalhadoras, ou neste link: http://bit.ly/2JAnb22

Os exemplos do gráfico consideram uma mulher com 35 anos de idade e 15 de contribuição.

 

Clique na imagem e confira o texto explicativo no site do SinproSP sobre como fica a aposentadoria dos Professores de Educação Superior e demais Trabalhadores, ou neste link: http://bit.ly/30KGgEz

Os exemplos do gráfico referem-se a um homem com 35 anos de idade e 15 de contribuição.

Assembleia de prestação de contas do SinproSP; aprovada (26/06/19)

Atualização: 28/06, às 14h

Contas do SinproSP de 2018 são aprovadas

 

As contas do Sindicato referentes ao ano de 2018 foram aprovadas por unanimidade.

A convocação específica desta assembleia é discutir, com transparência, a arrecadação alcançada entre janeiro e dezembro e como os recursos foram utilizados.

A assembleia foi dirigida pelo tesoureiro do Sindicato, Celso Napolitano, que destacou as dificuldades financeiras enfrentadas pelo conjunto do movimento sindical nos últimos anos e como o SinproSP está atuando para encontrar caminhos e alternativas capazes de minimizar esse estrangulamento e manter sua independência e força econômica e política.

A gestão do SinproSP obedeceu às diretrizes orçamentárias definidas pelos professores.

 

 

*Nesta quinta-feira, dia 27 de junho, às 14 horas, o SinproSP – Sindicato dos Professores de São Paulo – realiza a assembleia geral de prestação de contas e análise do balanço referentes ao ano de 2018*.

O Edital de convocação foi publicado na Folha de São Paulo do dia 24/06.

A assembleia acontece no SinproSP, no número 170 da Rua Borges Lagoa.

 

Confira:

Edital de convocação: assembleia geral

O Sindicato dos Professores de São Paulo, na forma estatutária, convoca os associados para reunirem-se em assembleia geral, no dia 27 de junho de 2019, na Rua Borges Lagoa, 170 – São Paulo, às 13 (treze) horas, em primeira convocação, havendo quorum, ou às 14 (quatorze), em seunda convocação, com qualquer número de presentes, com a seguinte ordem do dia:

Análise e deliberação sobre o balanço financeiro de 2018. São Paulo, 24 de junho de 2019.

 

Prof. Luiz Antonio Barbagli

Presidente

 

 

Acesse o site do SinproSP e veja diretamente o edital: http://bit.ly/2X3lmhF 


Férias coletivas; perguntas e respostas (24/06/19)

O Sindicato dos Professores de São Paulo preparou um guia de direitos, com perguntas e respostas sobre as férias dos professores. Confira:

 

1. As férias dos professores são sempre coletivas?

Sim, todos os professores têm férias coletivas em julho, exceto quando afastados por doença ou em licença maternidade.

Consulte também a questão 10

Atenção! Quem estiver contratado na empresa há menos de um ano de casa deve ler com atenção a questão nº 9, um pouco mais abaixo.

 

2. Há uma data específica para o começo das férias?

Não, mas a lei disciplina que as férias não podem ter início nos dois dias que antecedam domingos ou feriados.

 

3. As férias podem ser divididas?

Não. As férias coletivas dos professores têm duração de trinta dias corridos..

 

4. As férias coletivas são sempre gozadas em julho?

As férias dos professores não precisam começar sempre no dia 1º. Podem iniciar-se no final de junho ou depois do dia 1º (avançando um pouco em agosto). O importante é garantir que o mês de julho, ou a maior parte dele, seja consagrado às férias coletivas.

Importante! O início e o término das férias devam constar do calendário escolar que é obrigatoriamente entregue aos professores no início do ano letivo, até a segunda semana de aula.

Consulte também a questão 5

 

5. As férias podem começar no final de semana?

Não. Desde novembro de 2017, o artigo 134 da CLT , parágrafo 3º, proíbe o início das férias no período de dois dias que antecede feriado ou domingo (repouso semanal remunerado). No caso dos professores, portanto, as férias só podem começar entre a 2ª e a 5ª feira.

CLT

Art. 134 . As férias serão concedidas por ato do empregador, em um só período, nos doze meses subsequentes à data em que o empregado tiver adquirido o direito.

(…)

§ 3º É vedado o início das férias no período de dois dias que antecede feriado ou dia de repouso semanal remunerado. (Incluído pela Lei nº 13.467, de 2017).

 

6. Como são pagas as férias coletivas?

Está garantido na Constituição Federal: todos os trabalhadores têm direito a receber as férias acrescidas de um adicional de 1/3. O salário de férias corresponde ao total da remuneração mensal, nela incluídos o DSR e todos adicionais (hora-atividade, noturno, reuniões pedagógicas, hora extra etc.). Se as horas extras variam a cada mês, o valor deve ser calculado pela média.

CLT

Art. 142 . O empregado perceberá, durante as férias, a remuneração que lhe for devida na data da sua concessão

(…)

§ 5º Os adicionais por trabalho extraordinário, noturno, insalubre ou perigoso serão computados no salário que servirá de base ao cálculo da remuneração das férias.

§ 6º Se, no momento das férias, o empregado não estiver percebendo o mesmo adicional do período aquisitivo, ou quando o valor deste não tiver sido uniforme, será computada a média duodecimal recebida naquele período, após a atualização das importâncias pagas, mediante incidência dos percentuais dos reajustamentos salariais supervenientes.

 

7. Qual o prazo para o pagamento das férias?

O salário de férias e o adicional de 1/3 devem ser pagos até 48 horas antes do início das férias. É o que determinam o artigo 145 da CLT.

O não pagamento dentro do prazo pode dar direito de receber as férias em dobro numa ação trabalhista, conforme jurisprudência do Tribunal Superior do Trabalho:

 


8. Como é tributado o salário de férias?

O imposto de renda é calculado sobre a soma do salário de férias e do adicional de 1/3, separadamente de outras remunerações recebidas no mês. Há desconto do INSS sobre o salário de férias e o adicional constitucional de 1/3.

 

9. Quem tem menos de um ano de trabalho na escola recebe férias integrais em julho?

A CLT (art. 140) determina o pagamento proporcional das férias e do adicional de 1/3, na relação de 1/12 para cada mês trabalhado. A partir daí, inicia-se um novo período aquisitivo. O restante do mês de julho é pago como licença remunerada.

Por exemplo, se um professor foi contratado em 1º de fevereiro de 2019, terá direito a 5/12 de férias mais 1/3 deste valor. Os 7/12 restantes serão pagos como salários (até o 5º dia útil de agosto). Nas férias seguintes, em julho de 2019, o professor passa a receber férias integrais, correspondente ao período aquisitivo de julho/2018 a junho/2019.

Muitas escolas, contudo, acabam pagando férias integrais a todos os professores, mesmo para aqueles que têm menos de um ano de casa.

CLT

Art. 140. Os empregados contratados há menos de 12 (doze) meses gozarão, na oportunidade, férias proporcionais, iniciando-se, então, novo período aquisitivo.

 

10. Quem está em licença maternidade em julho tem direito a férias?

Quem está em licença maternidade (gravidez ou adoção) durante as férias coletivas tem direito a gozá-las ao final da licença.

 

11. O professor pode ser demitido durante as férias?

Não. As demissões devem ser comunicadas até um dia antes do início das férias.

 

12. O professor pode pedir demissão durante as férias?

Não. O pedido de demissão deve ser feito até o dia que antecede o início das férias. Não sendo possível, o professor pode até comunicar a decisão de sair, mas a formalização só será feita no encerramento das férias.

 

13. Qual a diferença entre férias e recesso?

Assim como as férias coletivas, o recesso também é uma conquista dos professores. É uma licença remunerada obrigatória de 30 dias, durante os quais o professor não pode ser convocado para trabalhar. Na maior parte das escolas, o recesso é concedido entre o final de dezembro e durante o mês de janeiro.

Diferentemente das férias, o recesso é pago como um salário normal, até o 5º dia útil do mês subsequente.

 

14. A escola pode chamar o professor ou exigir trabalho durante as férias?

Evidentemente, não! Também não pode enviar mensagens por whatsapp, e-mail ou incomodar por outros meios de comunicação.


Sindicato dos Professores de São Paulo
Representação: professores da rede privada de educação básica e ensino superior
Rua Borges Lagoa, nº 208 – Vila Clementino
CEP 04038-000 – São Paulo – SP

telefone (11) 5080.5988

Município(s): São Paulo

http://www.sinprosp.org.br

sinprosp@sinprosp.org.br

Sinpro Sorocaba e Região

Sindicalize-se!
clique na imagem ou aqui
(ficha de sindicalização)

 

 


Assembleia de docentes do Colégio Dimensão (13/06/19)

Sindicato reúne categoria para analisar proposta patronal

O Sinpro-Sorocaba convoca professoras e professores que trabalham no Colégio Dimensão a participarem de assembleia na próxima segunda-feira, 17/06, com primeira chamada às 9h30 e segunda, às 10h.

O encontro acontecerá na própria instituição, localizado à Avenida Carmen Galan Burgos, 121, vila Archila, Votorantim.

O objetivo principal da assembleia é analisar proposta patronal acerca das férias coletivas e recesso do ano de 2019.


Escolas da rede privada não terão aula nesta sexta-feira (10/06/19)

Sindicato dos Professores de Sorocaba confirma participação
da categoria na Greve Geral; Escolas estarão paralisadas

As escolas da rede privada não funcionarão nesta sexta-feira (14). Nesse dia, professoras e professores estarão nas ruas protestando contra as reformas das leis trabalhista e previdenciária. A greve foi convocada em unidade por todas as centrais sindicais brasileiras.

Em Assembleia Extraordinária no dia 07/06, o Sindicato dos Professores de Sorocaba e Região confirmou a participação na greve geral e nas manifestações em Sorocaba. Os manifestantes reunir-se-ão às 9h na Praça Coronel Fernando Prestes, centro. 

Devido à greve geral, o expediente do Sinpro-Sorocaba, nesta sexta-feira (14), também estará suspenso, voltando ao atendimento normal na próxima segunda-feira (17), a partir das 9h.

Sindicato dos Professores de Sorocaba e Região
Representação: professores da rede privada de educação básica e ensino superior
Rua Francisco Ferreira Leão, n° 90 – Vila Leão
CEP 18040-429 – Sorocaba – SP
telefone (15) 3222.5783
sinprosorocaba@sinprosorocaba.org.br
Município(s): Alambari, Alumínio, Angatuba, Apiaí, Araçariguama, Araçoiaba da Serra, Barão de Antonina, Barra do Chapéu, Bofete, Bom Sucesso de Itararé, Buri, Campina do Monte Alegre, Capão Bonito, Capela do Alto, Cesario Lange, Conchas, Coronel Macedo, Guapiara, Guareí, Ibiúna, Iperó, Itaberá, Itaí, Itaóca, Itapetininga, Itapeva, Itapirapuã Paulista, Itaporanga, Itararé, Mairinque, Nova Campina, Paranapanema, Piedade, Pilar do Sul, Porangaba, Quadra, Ribeira, Ribeirão Branco, Ribeirão Grande, Riversul, Salto de Pirapora, São Miguel Arcanjo, São Roque, Sarapuí, Sorocaba, Tapiraí, Taquaritinga, Taquarivaí, Tatuí, Torre de Pedra, Vargem Grande Paulista e Votorantim

http://www.sinprosorocaba.org.br/

sinprosorocaba@sinprosorocaba.org.br

Sinpro Taubaté e Região

Sindicalize-se!
clique na imagem ou aqui
(ficha de sindicalização)

 


Novo endereço de email, anote (20/08/19)

O Sinpro Taubaté e Região está com novo endereço de email para atendimento de seus associados.

Anote:contato@sinprotaubateeregiao.org.br

Sinpro Taubaté representa os professores nas escolas particulares de Campos do Jordão, Santo Antonio do Pinhal, São Bento do Sapucaí, São Luis do Paraitinga, Taubaté e Tremembé. Desde abril, está instalado em novo endereço: Rua Francisco Honorato de Moura, 165  – mas o telefone continua o mesmo: (12)98193-0165.


Sindicato dos Professores de Taubaté e Região
Representação: professores da rede privada de educação básica e ensino superior
Rua Francisco Honorato de Moura, 165
Jardim Maria Augusta

Taubaté – SP, CEP 12070-160

contato@sinprotaubateeregiao.org.br

Tel.:  (12)98193-0165
Município(s): Campos do Jordão, Santo Antonio do Pinhal, São Bento do Sapucaí, São Luis do Paraitinga, Taubaté e Tremembé

http://sinprotaubateeregiao.org.br/site/

contato@sinprotaubateeregiao.org.br

Sinpro Unicidades

Sindicalize-se!
Imprima o folheto, preencha seus dados
e envie para a Rose no sindicato!


Novo endereço em Leme (30/07/19)

O Sindicato dos Professores e Auxiliares de Leme, Descalvado, Pirassununga, Porto Ferreira, Santa Cruz da Conceição, Santa Rita do Passa Quatro, Tambaú – o Unicidades – está agora em novo endereço:  Rua Antonio Mourão nº 468 Centro Leme/SP – CEP. 13610-090.

O telefone permanece o mesmo: Fone: (19) 3571-8822, Whatsapp: (19) 99910-8822

Para ver no mapa, o Unicidades está aqui.


Sinpro lança folheto de sindicalização (12/06/19)

Professoras e professores de Leme/SP: para se sindicalizar ao Sinpro Unicidades basta imprimir e preencher o folheto e enviar para o sindicato.

Para imprimir o folheto, clique aqui ou na imagem abaixo, e dê o comando ‘Imprimir’ no seu computador.


Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino e Educação de Leme, Pirassununga, Porto Ferreira e Descalvado
Representação: professores e auxiliares da rede privada de educação básica e ensino superior

Rua Antonio Mourão nº 468 Centro Leme/SP
CEP. 13610-090

Tel.: (19) 3571.8822
WhatsApp: (19) 9 9910 8822
sinprounicidades@yahoo.com.br
Município(s): Descalvado, Leme, Pirassununga, Porto Ferreira, Santa Cruz da Conceição, Santa Rita do Passa Quatro, Tambaú

https://www.facebook.com/sinpro.unicidades

sinprounicidades@yahoo.com.br

Sinpro Vales

Sindicalize-se!
clique na imagem ou aqui
(ficha de sindicalização)


Diretor do sindicato eleito para Forum Municipal (14/08/19)

O professor Gentil Gonçales Filho, presidente do Sinprovales – o sindicato dos professores de Indaiatuba, Salto e Itu – foi eleito nesta semana secretário do Forum Municipal de Educação de Indaiatuba.

Mais informações sobre o Sinprovales aqui.


Assembleia nesta quarta, 12/06 (11/06/19)

Professoras e professores na rede privada de Indaiatuba, Salto e Itu tem compromisso na tarde desta quarta-feira, dia 12: assembleia no Sindicato, para discutir a campanha salarial 2019 na Educação Básica (que está em processo de dissídio) e, também, para deliberar sobre a participação da categoria na greve geral de 14 de junho, sexta-feira.

A assembleia do Sinprovales será às 16 horas nesta quarta (12/06), na sede do sindicato (Av. Pres. Kennedy, 1177 – Cidade Nova I, Indaiatuba). Não falte!

Mais informações, aqui.


 

Sindicato dos Professores de Indaiatuba, Salto, Itu
Representação: professores da rede privada de educação básica e ensino superior
Av. Presidente Kennedy, 1177; Sala 1 – Cidade Nova
CEP 13334-170 – Indaiatuba – SP
Telefone: (19)3875-8085
sinprovales@uol.com.br
Município(s): Indaiatuba, Salto e Itu

http://www.sinprovales.org.br/

sinprovales@uol.com.br

Sinpro Valinhos-Vinhedo

Sindicato dos Professores de Valinhos e Vinhedo
Representação: professores da rede privada de educação básica e ensino superior
Município(s): Valinhos e Vinhedo
Rua Vicente Rossi, 89 – Residencial São Luiz
CEP: 13270-460 – Valinhos-SP
telefax (19) 3869.7499

http://www.sinprovalinhosevinhedo.com.br

sinproval@uol.com.br

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio