Federação dos Professores do Estado de São Paulo, 25 de setembro de 2022

30 de março de 2020

30/03 – partidos estudam processo contra Bolsonaro, mensalidades na quarentena, seu plano de saúde, plataformas para reuniões remotas – e mais

O atendimento médico em tempo de coronavírus, veja aqui: https://bit.ly/39wxD4a   Bolsonaro será processado por estimular fim do isolamento social […]

O atendimento médico em tempo de coronavírus, veja aqui: https://bit.ly/39wxD4a

 

Bolsonaro será processado por estimular fim do isolamento social contra coronavírus
Rede Brasil Atual; 30/03

https://bit.ly/3augqd7

Partidos reagem a passeio do presidente pelo DF, neste domingo, incentivando a população a romper cuidados para conter a disseminação da Covid-19

Em nota conjunta, onze diretórios de partidos políticos, entre eles o PT e o PC do B, repudiaram, na tarde deste domingo (29), a postura do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que descumpriu as orientações de quarentena de seu próprio Ministério da Saúde, e também da Organização Mundial da Saúde (OMS), e visitou comerciantes, incentivando a aglomeração e o contato físico entre seus apoiadores.

PSB, PT, PSOL, PCdoB, Rede Sustentabilidade, Unidade Popular, Consulta Popular, PCB, PRC, PDT e PV declaram que estão estudando ações judiciais contra Bolsonaro e sua postura diante do combate ao Coronavírus, com o “intuito de salvaguardar vidas em nossa cidade, bem como mobilizando-nos em diversas ações de natureza política.”

 

Proteste!

Devemos repudiar a MP 927– escrever para os deputados exigindo sua rejeição – mobilizar os colegas (todo mundo tem o Zap de cada um…) – formar uma corrente em nossa defesa!  #naoqueroessaMP

Veja aqui:  https://bit.ly/2QLInoY

 


Como governadores e Congresso tentam isolar Bolsonaro na crise
Nexo; 29/03

https://bit.ly/39ucpnE

Governadores de parlamentares do Congresso têm imposto um isolamento político a Jair Bolsonaro em meio à crise do novo coronavírus. Deputados e senadores tentam assumir a pauta econômica a fim de reduzir os impactos da pandemia. Já chefes de Executivos estaduais, na sua maioria, ignoram as declarações presidenciais pedindo o afrouxamento das quarentenas e mantêm a estratégia de distanciamento social para tentar evitar o aumento de contaminações.

 


Twitter apaga publicações de Jair Bolsonaro por violarem regras da rede
G1; 30/03

https://glo.bo/3bCBkHc

O Twitter apagou duas publicações da conta oficial do presidente Jair Bolsonaro na noite deste domingo (29). No lugar das publicações, feitas na tarde de domingo, aparece a mensagem: “Este tweet não está mais disponível porque violou as regras do Twitter”.

O G1 entrou em contato com o Twitter e com a Secretaria de Comunicação do Palácio do Planalto para comentar o assunto. O Planalto diz que não vai comentar. O Twitter respondeu o seguinte:

“O Twitter anunciou recentemente em todo o mundo a expansão de suas regras para abranger conteúdos que forem eventualmente contra informações de saúde pública orientadas por fontes oficiais e possam colocar as pessoas em maior risco de transmitir COVID-19”.

 

Fiocruz diz que isolamento retarda disseminação do vírus pelo país
Folha de S. Paulo; 30/03

https://bit.ly/39sFM9O

A Fiocruz fez um estudo sobre a vulnerabilidade das diversas microrregiões brasileiras à chegada do novo coronavírus. E concluiu que, quanto maior a adesão a políticas de isolamento social nas cidades onde ele já circula, mais tempo as demais ganham para se preparar para a Covid-19. O intervalo varia de dez a 75 dias.

Quando a adesão é baixa, com circulação de transporte intermunicipal e sem redução de contato social, o vírus demora dez dias para migrar para outras cidades. Quando ela é mais ​alta, com 80% de interrupção de um município a outro e até 32% de isolamento dos moradores em suas casas, o prazo sobe para 75 dias.



Universidades públicas suspendem aulas virtuais em meio ao coronavírus; particulares se mobilizam contra redução de mensalidades
G1; 28/03

https://glo.bo/2UQWXfU

Falta de acesso igualitário à internet de qualidade é desafio para a educação brasileira; instituições privadas dizem aumentar gastos para implementar softwares que permitam a transmissão de aulas.


Quarentena: devo continuar pagando a mensalidade escolar? Procon-SP responde
Procon; 28/03

https://bit.ly/2xCsuuo

Se a escola tiver condições de continuar com as aulas, ou seus cursos, por meio virtual, eletrônico, à distância, o contrato tem que permanecer. O aluno, ou consumidor, deve continuar pagando a mensalidade e a escola ofertando o serviço adaptado à situação em que vivemos. Recomenda-​se a não interrupção dos contratos. Estamos aplicando um princípio jurídico chamado razoabilidade, que, em linguagem coloquial, chama-​se bom senso.

 

Artigo: Oportunismo do governo, ganância das escolas: a morte das férias – por Luiz Antonio Barbagli
Fepesp; 28/03

https://bit.ly/33NvoZa

O ano de 2020 está sendo marcado pela morte do direito às férias. Assinada na calada da noite de domingo, a medida provisória 927 criou uma nova modalidade para ser adotada durante o “estado de calamidade pública”.

Na prática, os dias de afastamento decorrente da quarentena poderão ser considerados como “férias”, basta que o patrão avise com 48 horas de antecedência. Acaba o pagamento antecipado: os trabalhadores vão receber as férias no quinto dia útil do mês subsequente e o adicional de 1/3, junto com o 13º Salário, no final do ano.

Em bom português, o trabalhador vai pagar com as suas férias os dias em que foi forçado a permanecer em casa, por uma questão de saúde pública. Ele não vai descansar, não poderá deslocar-se e nem terá dinheiro para isso.

 

Motoristas de van escolar de SP passam a ajudar equipes de saúde no combate ao coronavírus
Folha de S. Paulo; 29/03

https://bit.ly/3as2PDa

Com a interrupção do calendário letivo, motoristas do transporte escolar se voluntariaram para levar equipes de saúde e insumos médicos para os hospitais da cidade. A Secretaria Municipal de Educação (SME) decidiu também antecipar o recesso escolar desses profissionais, ou seja, o valor que recebem mensalmente continua a ser pago sem alteração até o próximo dia 9 de abril.


Bauru: Antecipação de férias gera polêmica
JC Net; 27/03
https://bit.ly/2WPdJPk

Presidente do Sindicato dos Professores das Escolas Particulares de Bauru e Região, Sebastião Clementino da Silva se mostra contrário à antecipação das férias. “Quando chegarem ao final do ano letivo, os docentes estarão exaustos, porque obtiveram o benefício fora do período determinado pela nossa convenção coletiva”, acrescenta.

 

 

Quarentena: Sesi libera acesso gratuito à plataforma com 700 jogos de matemática
Extra; 25/03

https://glo.bo/3axkvgK

Para contribuir com os brasileiros em isolamento voluntário, medida necessária para frear o avanço do coronavírus no país, a Escola Firjan Sesi resolveu liberar o acesso a sua plataforma com jogos de Matemática, Mangahigh. Nos próximos 60 dias, o acesso será gratuito para crianças e jovens, de 6 a 17 anos, dos ensinos fundamental e médio das redes pública e privada. Antes, a gratuidade era restrita aos alnos da instituição mencionada.

 

12 dicas úteis para fazer melhores reuniões remotas
HobSpot; 25/03

https://glo.bo/3axkvgK

Aqui está uma lista de algumas das melhores plataformas para reuniões remotas. Se você procura ainda mais ferramentas, aqui está a nossa lista completa.

Zoom: Um robusto e confiável programa de reuniões on-line, com compartilhamento de tela e excelente qualidade de chamada.

Google Hangouts: É com frequência uma das opções mais conveniente, graças à ubiquidade do Google, especialmente se você estiver usando o Google Agenda para gerenciar o seu cronograma.

Join.me: Ótimo para reuniões de compartilhamento de tela rápidas e fáceis.

Kato: Permite que você use o bate-papo, vídeo, áudio para colaborar com seus colegas de trabalho – de graça. Bônus: todas as suas conversas são pesquisáveis.

Uber Conference: Nenhum número PIN de reunião, entre outros recursos, significa uma experiência de chamada em conferência muito menos dolorosa. Ele também permite o compartilhamento de tela e possui um aplicativo móvel.

Skype: Uma opção decente para conversar com pessoas de todo o mundo – mesmo que às vezes seja um pouco exigente.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio