Federação dos Professores do Estado de São Paulo, 13 de agosto de 2022

27 de novembro de 2019

27/11 – Professores de SP decidem paralisação, greve da educação no RS, ‘reforma’ sindical já tem parecer, e mais.

.

Na palma da sua mão – Veja aqui onde baixar e como usar o seu aplicativohttp://fepesp.org.br/noticia/6525/.

 

 


Greve na Educação tem forte adesão no Rio Grande do Sul
Blog do Esmael; 26/11
http://bit.ly/2KYjQKm

A Greve do magistério estadual no Rio Grande do Sul tem adesão de 65% da rede pública e cresce a cada dia, já são mais de 1500 escolas públicas paradas em todo estado. A ameaça do governador Eduardo Leite (PSDB) de cortar o ponto dos professores grevistas a partir de segunda-feira surtiu efeito contrário. Comando de greve já registra adesão de 65% da rede pública.

 

Professores em greve fazem ato contra pacote
do governo Leite em frente ao Piratini
Gaúcha ZH; 26/11
http://bit.ly/2ORNimf

Professores estaduais que atuam em Porto Alegre e no interior do Estado ocupam a Praça da Matriz, em frente ao Palácio Piratini, na tarde desta quarta-feira (26), em novo protesto contra o pacote do governo enviado ao parlamento que altera o plano de carreira do magistério. A categoria está em greve desde o começo da semana passada. A assembleia foi convocada para avaliar os primeiros dias de paralisação e, segundo o Cpers-Sindicato, entidade que representa os professores estaduais, a greve continuará até que o governo retire a pauta encaminhada aos deputados.

 


Comando de greve do Cpers é agredido pela BM
em tentativa de audiência na Casa Civil
Extra Classe; 26/11
http://bit.ly/37Iaigf

A assembleia geral dos professores, que reuniu mais de 20 mil pessoas na Praça da Matriz na tarde desta terça-feira, 26,  terminou em agressão a dirigentes sindicais por parte da Brigada Militar e com um saldo de oito pessoas feridas, entre elas a presidente do Cpers/Sindicato, Helenir Schürer.  A dirigente precisou ser atendida no Hospital de Pronto Socorro (HPS) com um ferimento no lado direito da cabeça, provocado provavelmente por um objeto contundente. Outros professores do Comando também tiveram de ser atendidos no Pronto Socorro devido a problemas respiratórios causados pelo gás de pimenta.

 

Professores de SP aprovam paralisação contra
Previdência e novo plano de carreira docente de Doria
Estadão; 26/11
http://bit.ly/2KYjdjY

Os professores da rede estadual de São Paulo aprovaram nesta terça-feira, 26, fazer paralisações nas próximas semanas contra as propostas do governador João Doria (PSDB) de Reforma da Previdência e um novo plano de carreira docente. A decisão foi aprovada em assembleia da Apeoesp, principal sindicato da categoria.

 

Ladrões de merenda: Operação para desarticular
fraude em merenda escolar prende 20 em SP
Folha de S. Paulo; 26/11
http://bit.ly/2shYpxf

Ao menos 20 pessoas foram presas nesta terça-feira (26) na segunda fase da operação Cadeia Alimentar, deflagrada pela PF (Polícia Federal) para desarticular irregularidades em licitações e desvios de verbas da merenda escolar em cerca de 50 municípios paulistas. Três ex-prefeitos, uma vereadora em exercício do cargo, cinco ex-secretários de prefeituras, dois atuais secretários, um procurador, quatro funcionários públicos em atividade, quatro lobistas, três empresários, gabinetes de três prefeituras e uma Câmara estão entre os alvos da operação.

 

Ex-dono de colégio em Rio Preto é preso pela PF
em operação contra fraude em merenda
Fepesp; 27/11
http://bit.ly/35yyIqC

A prisão de Edmilson, dentro da Operação Cadeia Alimentar II, foi realizada na manhã desta terça-feira (26) na sua casa, na Quinta do Golfe em Rio Preto. Ele está sendo ouvido neste momento na sede da PF e já havia sido investigado anteriormente por fraude no fornecimento de uniformes com a Prefeitura de Barretos. De acordo com o advogado de Edmilson, o caso já foi arquivado, mas ele foi preso, segundo a PF, por ter sido citado novamente no esquema. De acordo com a direção do Invictus, Edmilson vendeu o colégio em agosto deste ano.

 

 

Câmara aprova revalidação em medicina por
universidades privadas e MP que cria novo Mais Médicos

Folha de S. Paulo; 26/11
http://bit.ly/33vzoMg

A Câmara aprovou nesta terça-feira (26) o projeto que altera as regras de revalidação de diploma para médicos estrangeiros e formados no exterior e a medida provisória que cria o novo Mais Médicos. Os textos têm que passar pelo Senado. No caso da MP, a votação precisa ocorrer até quinta-feira (28), para que a medida não perca validade. O projeto de lei votado estabelece que universidades públicas e privadas com notas 4 e 5 (as mais altas) no Sinaes (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior) possam aplicar o exame.

 

 

Centrais pedem devolução da MP 905,
que recebeu quase 2 mil emendas
RPB; 26/11
http://bit.ly/2DnUUHT

As seis centrais sindicais formalmente reconhecidas (CSB, CTB, CUT, Força Sindical, Nova Central e UGT) encaminharam ofício ao presidente do Senado e do Congresso, Davi Alcolumbe (DEM-AP), pedindo que o Legislativo devolva ao governo a Medida Provisória (MP) 905, que criou o “programa verde e amarelo”, voltado para o primeiro emprego de jovens de 18 a 29 anos. Segundo as entidades, além de não ter a urgência e relevância requeridas para uma MP, a proposta reapresenta temas que já haviam sido rejeitados pelo parlamento. Apresentada no dia 12, a MP 905 aguarda instalação de comissão mista no Congresso. O prazo para apresentação de emendas terminou na última quarta-feira (20) – foram apresentadas 1.930.

 

PEC da Reforma Sindical já tem parecer na CCJ da Câmara
Diap; 26/11
http://bit.ly/2qTx3NN

O relator da Reforma Sindical (PEC 196/19), deputado Fábio Trad (PSD-MS) já apresentou seu parecer pela admissibilidade da proposta na Comissão de Constituição e Justiça. Isto quer dizer que a proposta já pode ser votada no colegiado.

 


Rio Preto: por dívida trabalhista, Justiça
determina penhora de bens da UNORP
Fepesp; 26/11
http://bit.ly/2ORKYM3

Justiça manda penhorar bens da Unorp, em São José do Rio Preto, para quitar dívidas trabalhistas. Em julho deste ano, o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 15ª região negou pedido de liminar da faculdade e manteve decisão da Justiça do Trabalho que afastou os sócios do grupo e nomeou administrador judicial até o pagamento de R$ 11 milhões em dívidas trabalhistas com 70 ex-funcionários. A Unorp está sob intervenção judicial, e terá 21 bens leiloados nos dias 4 e 5 de dezembro.

 

Sinpro Bauru: assembleia para previsão
orçamentária e Campanha Salarial 2020
Sinpro Bauru; 26/11
http://bit.ly/2QXizqG

As assembleias acontecerão nesta quarta-feira, dia 27/11/19, na sede do Sinpro Bauru. Entre as pautas estão: previsão orçamentária para 2020; elaboração de pauta de reivindicações dos professores para a data-base 01/03/2020. Contamos com a presença de todos.

 

Recesso no SinproABC: de 18/12/2019 ao dia 16/01/2020
SinproABC; 26/11
http://bit.ly/35OBrfZ

O SinproABC estará em recesso do dia 19/12/2019 ao dia 16/01/2020.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio