Federação dos Professores do Estado de São Paulo, 13 de agosto de 2022

9 de março de 2022

09/03 – Sem máscaras nas escolas ainda em dúvida, greves na Educação, uma live sobre a guerra, e mais: como evitar erros na sua declaração do IR

.

Voltamos ao Minuto Fepesp e, nesta série de quatro episódios, iremos comentar nossas conquistas da campanha salarial 2022 na Educação Básica – e não foram poucas! Assista agora, aqui.

 

 

 

SP desobrigará uso de máscara em área aberta; liberação em escola é dúvida
UOL; 08/03
https://bit.ly/35Ncdnw

O governo de São Paulo decidiu desobrigar o uso de máscaras de proteção contra a covid-19 em ambientes abertos no estado, mas ainda estuda se essa a medida valerá ou não para áreas livres de escolas neste momento, segundo o UOL apurou. A obrigatoriedade do item de proteção deve continuar valendo em ambientes fechados.

A preocupação da gestão em relação às escolas é que os índices de vacinação nas crianças não estão adequados para a flexibilização. A plataforma VacinaJá, do governo paulista, aponta que 70,3% das crianças receberam uma dose, quando o patamar ideal seria de 80%. As crianças vacinadas com duas doses correspondem a 19,2% do total.

 

Entenda os dilemas da flexibilização de máscaras em escolas
Folha de São Paulo; 08/03
https://bit.ly/35GnCWl

Estudos já mostraram que máscaras são essenciais para barrar a transmissão do coronavírus tanto em ambientes abertos quanto em fechados, e isso não é diferente para os pequenos.

“O uso da máscara sempre traz proteção tanto contra a infecção quanto para a transmissão”, afirma Leonardo Bastos, pesquisador em modelagem de epidemias e membro do Observatório Covid-19 BR.

Para as crianças, no entanto, existe uma certa confusão porque elas tendem a ser menos infectadas, além de terem quadros mais leves comparados aos adultos. Mesmo assim, isso não indica que o equipamento seja dispensável para os pequenos, já que seria bom “tanto para evitar pegar quanto para transmitir”, reforça Bastos.

 

Pais de alunos da rede privada do Rio estão divididos sobre uso de máscara
Folha de S. Paulo; 09/03
https://bit.ly/3MBriJx

Pais de alunos da rede privada de ensino da cidade do Rio de Janeiro estão divididos quanto ao uso de máscara. O item deixou de ser obrigatório nesta segunda-feira (7), quando o prefeito Eduardo Paes (PSD) assinou um decreto retirando a obrigatoriedade da proteção contra Covid em ambientes fechados.

Com isso, a cidade se tornou a primeira capital do Brasil a abolir totalmente a utilização das máscaras.

Consultadas pela Folha, sete escolas particulares disseram que o uso do item será facultativo. Trata-se dos colégios Elite, PH, Franco-brasileiro, Santo Inácio, CEL (Intercultural School) e Mopi. Já a Escola Parque orientou o uso de máscara por mais um período de duas semanas. No Colégio Santo Agostinho, a utilização do item não é mais obrigatória, mas alguns pais ainda preferem que os filhos usem a proteção.

 

CORONAVÍRUS

Brasil tem 518 mortes por Covid-19 em 24 horas; média móvel fica abaixo de 500 pelo sexto dia seguido
G1; 09/03
https://glo.bo/35GULRK

O Brasil registrou nesta terça-feira (8) 518 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 652.936 óbitos desde o início da pandemia. Amapá e Roraima não registraram mortes. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias é de 460 — abaixo da marca de 500 pelo sexto dia seguido. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de -43%, indicando tendência de queda nos óbitos decorrentes da doença.

 

 

POLÍTICA EDUCACIONAL

Fies 2022: inscrições abertas nesta terça
G1; 08/03
Começou na terça-feira (8) o prazo de inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) 2022 do primeiro semestre. Os candidatos devem se inscrever no portal do Fies. Os interessados terão até sexta-feira (11) para se inscrever em até três opções de curso em instituições privadas.

O Fies é o programa pelo qual o governo federal paga as mensalidades de estudantes de graduação em instituições privadas de ensino superior enquanto eles cursam a faculdade.

 

GREVES NA EDUCAÇÃO

Presidente Prudente: Conselho Municipal de Educação sai em defesa de greve de professores e ataca Prefeitura e Ministério Público
G1; 08/03
https://bit.ly/3MDo9sT

O Conselho Municipal de Educação de Presidente Prudente (SP) saiu em defesa da greve dos professores contratados pela Prefeitura.

Em uma moção de apoio à paralisação divulgada na tarde desta terça-feira (8), o Comed-PP atacou a postura tanto do Poder Executivo local quanto do Ministério Público do Estado de São Paulo (MPE-SP) em relação ao tema.

“É preciso respeitar os profissionais de educação do município e toda a comunidade escolar, que sofre com o descaso do Executivo e com a seletividade de pautas por parte do Ministério Público, que deveria fiscalizar e exigir da administração pública municipal o respeito à dignidade dos estudantes e o cumprimento do que diz respeito à proteção de seu melhor interesse”, diz o manifesto que leva a assinatura do presidente do Comed-PP, Rogério José da Silva.

 

Servidores da Educação de Minas entram em greve por tempo indeterminado
O Tempo; 08/03
https://bit.ly/3MDo9sT

A principal reivindicação da categoria é o cumprimento do piso salarial profissional nacional em Minas. A coordenadora-geral do Sind-UTE/MG, Denise Romano, afirma que o cumprimento do piso é garantido tanto pela Lei 21.710/2015 quanto pelo artigo 202-A da Constituição Estadual. “Em nenhum dos anos do governo Zema, nós tivemos praticado o reajuste do piso salarial profissional nacional. A educação tem recursos próprios vinculados que nos garantem o piso salarial profissional nacional”, ressaltou Denise.

 

SC: 1,2 mil servidores da Educação cruzam os braços em Itajaí
nd+; 08/03
https://bit.ly/3HXDikW

1,2 mil profissionais iniciaram a greve nesta segunda-feira (7), em movimentação que acontece em frente ao paço municipal da cidade.

Centenas de profissionais vestindo preto estão concentrados no paço da prefeitura de Itajaí como forma de pressionar o início das negociações.

 

Roubos na porta de colégios assustam pais e fazem escolas reforçar segurança em SP
Terra; 07/03
https://bit.ly/3tGGBrQ

A onda de roubos nas portas de escolas tem assustado famílias e feito colégios particulares reforçarem medidas de segurança em São Paulo. No dia 17 de fevereiro, o pai de dois alunos foi baleado após deixar os filhos na aula no Morumbi, na zona sul, e morreu depois de duas semanas. Moradores da região organizaram abaixo-assinado online, com quase 5 mil participantes, e fazem protesto neste domingo para cobrar soluções. Escolas de outras regiões também relatam alta da violência.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, a cidade teve 11.563 roubos em janeiro, excluindo ocorrências que envolvem veículos, carga e bancos. É o número mais alto desde março de 2020. Com o início do ano escolar e a volta das aulas presenciais, crimes nas portas de colégios têm chamado a atenção.

 

SINDICATO

 

Live: Operação de desmilitarização da Ucrânia
Sinpro; 08/03
https://www.youtube.com/SINPROSP

O SinproSP convidou o professor de Geopolítica na FGV-SP, Antonio Gelis Filho, para falar da guerra na Ucrânia e os impactos no Sistema Internacional, nesta quinta, 10/03. 19h00. Não perca!

 

Veja os principais erros ao declarar o IR e saiba como não cometê-los
Estadão; 08/03
https://bit.ly/362tLvM

Segundo calendário divulgado pela Receita Federal, a declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) começou na segunda na segunda-feira (7) e pode ser realizada até 29 de abril. Para grande parte dos brasileiros, o processo pode ser longo e confuso, porém, com organização é possível concluir a declaração com sucesso.

É importante salientar que o gasto com educação e saúde pode ser deduzido da declaração. Dessa forma, custos com creche, ensino infantil, fundamental, médio, ensino superior e cursos de ensino profissional com habilitação devem ser incluídos nos documentos.

Murillo Torelli, professor de Contabilidade Financeira e Tributária da Universidade Mackenzie, indica que o primeiro passo é ter a declaração anterior (IRPF 2021) em mãos, seja de forma on-line ou física. “Quanto antes começar a organização, mais fácil ficará”, aconselha.

O docente sugere que o segundo passo é identificar variações patrimoniais, como compras ou vendas de veículos ou imóveis. Em seguida, reunir recibos de despesas médicas e educacionais ocorridas em 2021. Além disso, para os contribuintes investidores em renda variável, é necessário compilar as informações de ganhos ou perdas com as operações e tributos pagos. Principais erros de conteúdo ao declarar o IR

  1. Deixar para última hora
    2. Não saber como declarar investimentos
    3. Não apurar resultados mensalmente
    4. Não declarar criptoativos
    5. Não declarar investimentos no exterior

 

Como declarar valores gastos com testes de covid-19
Estadão; 08/03
https://bit.ly/3604IJN

Os testes – que chegaram a custar mais de R$ 400 durante o novo pico de casos de covid-19 causados pela variante Ômicron no início de 2022 – poderão ser incluídos na declaração do Imposto de Renda.

A entrega da documentação deve começar em março. De acordo com a Receita Federal, porém, apenas os exames realizados em laboratórios, hospitais e clínicas podem ser deduzidos para a restituição tributária. Os testes feitos em farmácias não são dedutíveis mesmo com nota fiscal.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio