Fepesp - Federação dos Professores do Estado de São Paulo, 19 de dezembro de 2024

Por Beth Gaspar em 19 de dezembro de 2019

19/12 - Violência contra professores, caos no ensino privado no Brasil, recesso e mais.

.

Na TV Fepesp: 2019 – A DURA BATALHA DA EDUCAÇÃO
Ataques à Educação, cortes de verbas, precarização de ensino, assédio, protestos – na TV Fepesp, cobrimos cada ação de resistência de educadores neste ano cheio de desafios e lições. Nesta retrospectiva 2019, boas imagens, bons registros de um ano em que saímos mais fortes como profissionais da educação, com tantas demonstrações de solidariedade e união de professoras, professores e auxiliares de administração escolar. Assista agora, aqui: https://youtu.be/xhnfbhOkKW4

Metade dos professores relata ter sofrido violência na rede estadual de SP, diz pesquisa
Estadão; 18/12
http://bit.ly/2EzZ0NK

Uma pesquisa divulgada nesta quarta-feira, 18, pelo Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp) mostra que mais da metade (54%) dos professores da rede estadual disse já ter sofrido algum tipo de violência nas escolas. A porcentagem vem crescendo: em 2014, era de 44%, passando para 51% em 2017. Entre os alunos, a proporção é de 37%.  Em nota, a Secretaria Estadual da Educação disse que a pesquisa tem "viés político" e criticou a limitação da amostragem de entrevistados.

Artigo: Ensino privado no Brasil: um completo caos
Fepesp; 16/12
http://bit.ly/38Tjkrt

Por: Jorge Alexandre Neves . Como ocorre quase sempre, a liberação de novos dados do Pisa leva a um importante, porém muito mal informado, debate sobre a baixa qualidade da educação pública, no Brasil. Algo que tende a ser bem menos ressaltado, contudo, é a baixíssima qualidade média da educação privada.

Proposta destina 10% das emendas de parlamentares para educação
Câmara dos Deputados; 17/12
http://bit.ly/2r6Wlbe

A Câmara dos Deputados analisa a Proposta de Emenda à Constituição 227/19, que destina 10% das emendas individuais dos parlamentares ao projeto de lei orçamentária para o financiamento das ações e serviços públicos de manutenção e desenvolvimento do ensino.

Cyberbullying: o que a escola pode fazer para evitá-lo?
Folha de S.Paulo; 19/12
http://bit.ly/2s1PDnp

Os dados mostram que vivemos uma epidemia global de cyberbullying. Segundo o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), mais de um terço dos jovens afirmam ser vítimas dessa prática. O levantamento, que considera 30 países, ainda mostra que um em cada cinco desses estudantes deixou de ir à escola onde estudava justamente por sofrer violência virtual dos colegas.

Bolsonaro veta previsão para que universidades privadas apliquem Revalida
Folha de S.Paulo; 18/12
http://bit.ly/2PDl802

O presidente Jair Bolsonaro vetou nesta quarta-feira (18) a autorização para que universidades privadas apliquem o Revalida, exame para revalidar o diploma de médicos estrangeiros e de formados no exterior.

Por que cai o interesse nos cursos de ciências sociais e filosofia?
UOL; 17/12
http://bit.ly/34Bot3W

Há cada vez menos vestibulandos com interesse em cursar ciências sociais e filosofia no Brasil. É o que revela o último Ranking Universitário da Folha (RUF). O total de ingressantes nesses dois cursos cai desde o ranking de 2014. A queda percentual no número de ingressantes da edição do RUF de 2014 para a de 2019 foi de 47% em ciências sociais (de 9.826 para 5.169 alunos) e 20% em filosofia (de 6.469 para 5.174 estudantes).

Sindicalização atinge a menor taxa no Brasil em 2018, aponta IBGE
G1; 18/12
https://glo.bo/2PYHnfS

Materia distorcida do G1 - mistura sindicalização de trabalhadores com sindicatos patronais. Os patronais foram os que tiveram maior queda em 2018. Sindicatos de trabalhadores - pessoal com carteira assinada.. - permaneceu no nivel histórico de 16%. É nivel relativamente alto, diante de tanta pancada que vem levando os sindicatos (nos estados unidos, por exemplo, a sindicalização no setor privado mal chega a 7%).

Professora Mara Kitamura é a primeira mulher eleita presidente do Sinpro-Sorocaba
Sinpro Sorocaba; 18/12
http://bit.ly/2EvkX0y

Em um ano político onde houve diversos ataques no âmbito feminino, ao direito das mulheres e ao respeito que merecem todas as mulheres do Brasil, o Sinpro-Sorocaba teve a honra de eleger a primeira mulher presidente de sua categoria, a professora Mara Kitamura.


SinproSP garante benefícios extras para professores demitidos na Laureate
Sinpro SP; 18/12
http://bit.ly/38WyMmr

O SinproSP já garantiu oficialmente e por meio de acordo que, além de todos os direitos previstos na CLT e na Convenção Coletiva de Trabalho, quem for demitido receberá também um conjunto extra de benefícios, que em outras ocasiões precisaram ser discutidos no Tribunal Regional do Trabalho (TRT). Agora, por conta da ação política do Sindicato, o transtorno da disputa jurídica não será necessário.


Estudo da USP diz que classificação 'Centro e periferia' é ultrapassada e identifica 8 novos padrões urbanísticos em SP
G1; 18/12
https://glo.bo/2sI4p2C

A divisão de São Paulo entre Centro e periferia é ultrapassada e insuficiente para dar conta da grande complexidade do município, já que a megalópole tem ao menos oito padrões urbanísticos diferentes. Eles vão de áreas predominantemente comerciais da região central a localidades com setores rurais de zonas afastadas

Conteúdo Relacionado

crossmenu