Fepesp - Federação dos Professores do Estado de São Paulo

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Por Beth Gaspar em 18 de fevereiro de 2019

Mobilização para a Assembleia do dia 28 | Custeio da Educação será 13% maior no ano | Centrais preparam defesa da Previdência pública | Filme sobre ocupação de escolas paulistas ganha prêmio em Berlim | Kroton e Estácio caem mais de 5% na Bolsa após Bolsonaro anunciar 'Lava Jato da Educação'| Ministro quer 'Lava Jato da Educação' | No Brasil de 2019, o grande vilão – depois de Lula – é Paulo Freire | E mais.

Na Educação Básica, a hora é agora


A Como todos sabem, no próximo dia 28 de fevereiro será realizadaassembleia da Educação Básica com falta abonada, isto é: professores e auxiliares não irão à escola, mas à assembleia do sindicato. No dia 28 não haverá aulas na rede de ensino privada do Estado de São Paulo. Esse direito é garantido em convenção coletiva, assinada pelos sindicatos da Fepesp e pelos representantes dos donos de escola.

Saiba mais em: https://fepesp.org.br/noticia/campanha-salarial-2019-ja-comecou/

 

 

Confira no facebook da Federação esta e outras: http://twixar.me/BQQ3

 

 

Encontro no SinproSP amplia a mobilização para o dia 28
SinproSP; 16/02
http://bit.ly/2T0UWiy

Demos mais um importante passo na organização da jornada de luta com assembleia e falta abonada no dia 28 de fevereiro. O encontro de professoras e professores no SinproSP, realizado na chuvosa manhã de sábado (16), foi um momento de construção coletiva de propostas, com uma pauta ampla: da dificuldade dos professores nas escolas às negociações com o Sieeesp; das estratégias de mobilização nas duas próximas semanas às atividades que serão realizadas no próprio dia 28. Além da assembleia marcada para as 10h no SinproSP, o Dia Estadual de Luta terá uma agenda cheia: aulas públicas e atividades em portas de escolas a partir das 7h, concentração e grupos de trabalho no Sindicato às 14h e um grande ato às 17h, para o qual serão chamados outros Sinpros que integram a Fepesp.

 


Edição #04 do informativo Chão de Escola
Sinpro Guarulhos; 15/02
http://bit.ly/2X4iFxv

Nesta edição trazemos as questões debatidas durante a segunda rodada de negociação da Campanha Salarial 2019. Destacamos nesta edição a convocação para nossa Assembleia do dia 28 de fevereiro com falta abonada!

 

O PIB de 2019 já começou a subir no telhado, diz José Paulo Kupfer
Pode 360; 15/02
http://bit.ly/2tt9id7

As expectativas otimistas de retomada do crescimento da economia em 2019 sofreram reveses nos últimos dias. Uma parte dos problemas vem direto das perspectivas para a atividade econômica, em processo de rebaixamento, à medida em que vão sendo conhecidos os números finais de 2018. Outra parte deriva das recorrentes crises no seio do bolsonarismo. Essas crises, que envolvem filhos do presidente e ministros de seu governo, têm a capacidade de lançar dúvidas sobre a capacidade de Bolsonaro conseguir fazer passar no Congresso, em tempo hábil e sem diluições excessivas, a reforma da Previdência apresentada a ele na tarde desta 5ª feira (14.fev.2019).

 

Em defesa da sua Aposentadoria
Fepesp; 15/02
http://bit.ly/2T5eX7K

Todos convocados para a manifestação unitária deste Dia Nacional de Luta em defesa da Previdência - na quarta-feira, dia 20, às 10 horas na Praça da Sé de São Paulo!

 

Centrais preparam assembleia forte quarta,
em defesa da Previdência pública

Repórter Sindical; 18/02
http://bit.ly/2SXF6F9

As Centrais Sindicais se reúnem nesta segunda (18), às 15 horas, para ultimar a reta de chegada ao Dia Nacional de Luta em Defesa da Aposentadoria, quarta (20), às 10 horas. A Assembleia Nacional será na Praça da Sé, Centro de SP. A reunião dos dirigentes acontecerá no Dieese,na Capital paulista.


Artigo | Resistência de Bolsonaro à reforma da Previdência
pode contaminar Congresso

Folha de S. Paulo; 15/02
http://bit.ly/2SFNk5u

Por Bruno Boghossian: resistência demonstrada pelo presidente em relação a um ajuste rigoroso deve ter reflexos no Congresso. Durante a elaboração do texto, o próprio Bolsonaro expôs publicamente sua relutância em relação a diversos pontos da reforma. A atitude pode contaminar a visão dos parlamentares sobre o tema. Um dia antes de definir a idade mínima de 65 anos para homens e 62 para mulheres, o presidente disse numa entrevista que esses números poderiam ficar em 62 e 57. Ao expor a hipótese, Bolsonaro deu guarida a deputados e senadores que gostariam de pleitear a redução.

 

 

Custeio da Educação será 13% maior no ano
DCI; 18/02
http://bit.ly/2SH3eg1

O orçamento de investimentos do Ministério da Educação (MEC) será 15% menor em relação ao que foi executado em 2018. Em todo o ano passado, o governo federal direcionou o valor de R$ 5 bilhões para obras e novos projetos educacionais, enquanto o previsto para 2019 é de R$ 4,2 bilhões. Em relação a 2014, quando a União investiu R$ 12 bilhões, o corte chega a 66%. Por outro lado, a previsão para os gastos de custeio do sistema educacional (administração, manutenção de programas já existentes, salários e aposentadorias dos servidores) é ascendente.

 

Filme sobre ocupação de escolas paulistas ganha prêmio em Berlim
Carta Capital; 16/02
http://bit.ly/2X7WgPE

Defendendo a educação igualitária, o filme brasileiro Espero tua (re)volta, da diretora Eliza Capai, conquistou neste sábado  16 o Prêmio da Anistia Internacional (AI) e da Paz na Berlinale, Festival Internacional de Cinema de Berlim. O filme, exibido na mostra Generation, fala sobre os protestos de estudantes de 2015, quando meninos e meninas ocuparam escolas de São Paulo para exigir melhores condições de aprendizagem.

 

 

Kroton e Estácio caem mais de 5% na Bolsa
após Bolsonaro anunciar 'Lava Jato da Educação'

Folha de S. Paulo; 15/02
http://bit.ly/2SVM7Xk

As ações de gigantes da educação despencaram nesta sexta-feira (15) após o MEC (Ministério da Educação) anunciar a intenção de investigar indícios de corrupção na pasta. Os papéis da Kroton (-6,2%) e da Estácio (-5,2%) lideraram as quedas do Ibovespa (principal índice brasileiro), que também fechou em baixa de 0,5%, a 97.525,91 pontos. A Ser Educacional e a Ânima Educação, que não compõem o índice, caíram 7,2% e 1,25%, respectivamente.

 

 

A Lava Jato da Educação inaugura o estado policial, 
por Luis Nassif
Jornal GGN; 15/02
http://bit.ly/2DP8Zht

O anúncio da Lava Jato na Educação é a inauguração oficial do estado policial no país. Não há fato definido, não há crime relatado. A própria denominação é o indício mais evidente de que haverá uma movimentação política na área. A estratégia é óbvia. Nos anos de governo PT, os dois setores mais beneficiados foram as empreiteiras, devido à volta das grandes obras, e a educação, devido às políticas implementadas, desde a expansão das universidades federais ao estímulo ao setor privado através do FIES (Fundo de Financiamento Estudantil).

 

Ministro quer 'Lava Jato da Educação', mas não dá detalhes
Terra; 15/02
http://bit.ly/2V4dbB6

O ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, anunciou nesta quinta-feira, 14, que uma investigação interna sobre atos das gestões anteriores encontrou indícios de corrupção e desvios que poderão dar origem à "Lava Jato da Educação". A afirmação foi feita durante a assinatura de um protocolo de intenções com outros órgãos de governo que vão apurar esses supostos desvios. A pasta não deu, porém, detalhes sobre quais suspeitas foram encontradas.

 

No Brasil de 2019, o grande vilão – depois de Lula – é Paulo Freire
Carta Capital; 18/02
http://bit.ly/2GTaMW5

A educação pode reprimir ou libertar. Pode incentivar a busca da verdade ou impor um acervo de dogmas. Pode ensinar-lhe o respeito a opiniões diferentes da sua ou transformar você numa criatura autoritária e insensível. É, a educação inclui o risco de forjar cidadãos e de difundir o vírus da democracia. Por isso é que no Brasil 2019 o grande vilão, depois de Lula, é Paulo Freire. A barbárie tratou de retirar o educador cosmopolita e consagrado de seu nicho pedagógico para expô-lo à execração pública como subliminar porta-voz do comunismo ateu – agora, enfim, como prometem as autoridades, em vias de extinção em terras de Pindorama.

 

Conteúdo Relacionado

crossmenu