Federação dos Professores do Estado de São Paulo, 27 de fevereiro de 2024

26 de maio de 2020

26/05 – o impasse no ensino superior, lockdown ou abertura em SP, cai a ficha de Weintraub – e mais.

.

[addthis tool="addthis_inline_share_toolbox_whwi"]

Ensino Superior: negociações programadas para mais quatro reuniões até o início de junho, alternadas entre segundas e quintas feiras, nos dias 28 de maio e 1, 4 e 8 de junho. Em discussão, as questões que geram impasse para a renovação da convenção coletiva de trabalho – para professores, férias coletivas, recesso, irredutibilidade salarial, garantia semestral de salários; para auxiliares de administração escolar, banco de horas; e para ambos o reajuste salarial e as implicações das MPs 927 e 936 emitidas pelo governo federal, que regulam emprego e salários durante a emergência sanitária e estão sendo discutidas no Congresso Nacional. Leia mais aqui:   https://bit.ly/2TzXcft


Em São Paulo, decisão sobre ‘lockdown’ ou abertura deve ser anunciada nesta quarta

Rede Brasil Atual; 25/05
https://bit.ly/2AcSwFS

Prefeitura defende mais restrições para evitar o colapso do sistema de saúde, mas governo Doria tende a anunciar medidas de flexibilização da quarentena

Prefeitos da região metropolitana de São Paulo e o governador João Doria (PSDB) estão reunidos hoje para tentar um acordo sobre a ampliação das restrições de circulação e funcionamento do comércio para combater a pandemia de coronavírus – o chamado lockdown. O prefeito da capital paulista, Bruno Covas (PSDB), já anunciou que a decisão sobre a decretação ou não do lockdown, que ele defende, será apresentada na próxima quarta-feira (27).

 

Volta às aulas deve ser gradual, dizem especialistas da educação
Jovem Pan; 26/05
https://bit.ly/3d78lfy

A pandemia da Covid-19 impactou não só a saúde, mas também a educação, já que as aulas presenciais foram suspensas por causa do risco de contaminação. Agora, especialistas e secretários estaduais discutem como será a reabertura das escolas.

Em um seminário promovido pela Fundação Getúlio Vargas, eles deram algumas sugestões de qual é a melhor forma de retomar as aulas. O presidente da Undime, União dos Dirigentes municipais de Educação, Aléssio Costa Lima, afirma que, antes de mais nada, é preciso que o Ministério da saúde defina as diretrizes. Para o integrante do Conselho Nacional de Educação Eduardo Deschamps, a volta às aulas precisa ser gradativa e de acordo com a realidade de cada cidade ou estado.

 

 

Weintraub: Quarentena foi (está sendo!) atabalhoada, mas não posso impor volta às aulas
UOL; 25/05
https://bit.ly/2zmVibx

Apesar de ser contrário ao distanciamento social na quarentena, Weintraub reconheceu que não tem poder para obrigar a volta às aulas, uma vez que as escolas municipais e estaduais estão sob a tutela de prefeitos e governadores, respectivamente, enquanto reitores têm autonomia sobre as universidades.

 


Opinião: ‘A ficha de Weintraub’
Folha de S. Paulo; 26/05
https://bit.ly/2LYGimH

“Ataque torpe ao Supremo pode ao menos contribuir para encerrar gestão ruinosa. Dadas as dimensões e a relevância da pasta que comanda, Abraham Weintraub talvez seja, entre os muitos ministros ineptos do governo Jair Bolsonaro, o mais potencialmente danoso ao país.

O titular da Educação reúne todos os atributos vis do bolsonarismo instalado no Executivo federal: ignorância arrogante, revanchismo ideológico, rejeição ao diálogo, agressividade doentia e sabujice acima de qualquer noção de respeito à função pública.

A opulência desse prontuário contrasta com o vazio do MEC, onde as raríssimas medidas acertadas, como o adiamento do Enem, resultam das pressões da sociedade que tanto irritam o ministro”.

 

Relator da MP 936 propõe prorrogar desoneração da folha
Valor Econômico; 26/05
https://glo.bo/3c2dQef

Relator da Medida Provisória (MP) 936, que permite a redução da jornada de trabalho e salários em até 70%, o deputado Orlando Silva (PCdoB-SP) negocia com os partidos da Câmara incluir na proposta a prorrogação, por mais dois anos, da desoneração da folha de salários para alguns setores.

Orlando Silva explicou que essa é uma demanda das empresas e que, até o momento, teve a simpatia dos partidos com os quais conversou. Setores intensivos em mão de obra como “call centers”, construção civil, tecnologia da informação, transportes, têxtil, empresas jornalísticas e de radiodifusão, entre outros, são alguns dos segmentos beneficiados pela medida. Juntos, eles empregam cerca de 6 milhões de pessoas. Adiar a decisão de reonerar a folha é uma medida destinada a preservar empregos, sobretudo neste momento em que a pandemia paralisou a economia levando as empresas à situação de grandes dificuldades.

O programa de desoneração foi adotado no governo Dilma Rousseff e chegou a ter mais de 50 setores beneficiados.

 

 


Pagamento do Fies pode ser suspenso por até quatro meses durante pandemia
Estadão; 25/05
https://bit.ly/3gn1CQT

Estudantes em débito com o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) terão direito a suspender o pagamento durante o estado de calamidade pública pelo novo coronavírus, informou nesta segunda-feira, 25, o Ministério da Educação (MEC). O limite é de quatro meses para beneficiários em fase de amortização e de dois meses para quem está em fase de utilização ou de carência.

Para efetivar a suspensão das parcelas, o estudante precisa manifestar interesse, até 31 de dezembro, para seu agente financeiro — Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil.

 

Cursinho da UFMG para o Enem terá aulas on-line e gratuitas durante a quarentena
BHAZ; 25/05
https://bit.ly/2TEKQmu

Estudantes que se preparam para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) não podem perder esta oportunidade. O Face Educa realizará, a partir da próxima segunda-feira, videoaulas e aulas ao vivo.

O curso idealizado pela Faculdade de Ciências Econômicas da UFMG (Universidade Federal de Minas) buscará preparar os alunos durante a quarentena, causada pela pandemia do Covid-19.

Além das aulas, haverá atividades de interação com os participantes. As gravações acontecerão nas casas dos professores que são os mesmo da versão presencial do curso.

 

Sisu vai selecionar candidatos a cursos de ensino à distância em universidades
Estadão; 25/05
https://bit.ly/2TEBOWt

Os cursos de ensino à distância (EAD) oferecidos por universidades públicas terão, pela primeira vez, seleção através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A mudança, que permitirá a alunos utilizarem a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para garantir uma vaga em cursos de EAD, foi publicada em uma portaria publicada nesta segunda-feira, 25, pelo Ministério da Educação (MEC).

Segundo o ministério, as alterações passam a valer já para o processo seletivo do segundo semestre do Sisu. A previsão é que as inscrições dos candidatos ocorram  entre 16 e 19 de junho.

 

Com canos de PVC e tábua de passar, professora ‘improvisa’ cenário e grava aulas de matemática para o Enem
G1; 26/05
https://glo.bo/3c2DCiB

O celular é apoiado em um suporte feito com canos de PVC, localizado em cima de uma caixa, que fica sob a mesa. É assim, com muitas gambiarras e criatividade, que Miriam Ogawa Tohi grava vídeos para o seu canal no YouTube, no qual ensina matemática para quem vai prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

A professora mora em Campo Limpo Paulista (SP) e passou a vida fazendo o que mais ama: ensinar. Já deu aulas em escolas particulares e, atualmente, leciona na rede estadual de ensino. Mas, por causa do avanço da pandemia de coronavírus, está longe das salas de aula.

“Mesmo em casa, não consigo ficar sem fazer o que amo. Por isso, tive a ideia de gravar minhas aulas e colocá-las na internet, como forma de manter a mim mesma e aos alunos animados durante esse período”, explica.

No entanto, nem sempre é fácil e o esforço, muitas vezes, não recebe o retorno esperado. Mas, apesar disso, Miriam sempre recebe o apoio da família, principalmente do filho Guilherme. “Meu filho sempre me fala: ‘mãe, 100 inscritos para um canal de matemática já é muita coisa! É matemática, né [risos]”, conta.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio