Federação dos Professores do Estado de São Paulo, 28 de fevereiro de 2024

25 de fevereiro de 2022

25/02 – Os microdados do Enem, Sinpro abraça museu em Osasco, sua declaração do IR pode vir já preenchida, e mais: como Russia X Ucrania pode afetar economia no Brasil

.

[addthis tool="addthis_inline_share_toolbox_whwi"]

 

 

A quem interessa impedir o acesso aos microdados do Inep?
Folha de S. Paulo; 24/02
https://bit.ly/3M2JCLi

O levantamento de informações confiáveis para a produção de diagnósticos e a elaboração de indicadores é uma medida estratégica para guiar o planejamento e a tomada de decisões e, por isso, tem sido uma preocupação constante de administradores e cientistas, e mesmo por parte da população em geral. Na sociedade contemporânea, em qualquer atividade, é praticamente impossível planejar e tomar boas e acertadas decisões sem o acesso a informações relevantes, precisas, atualizadas e que permitam a compreensão histórica de um fenômeno que se quer conhecer e/ou intervir.

 

POLÍTICA EDUCACIONAL

Projeto oferece bolsa de estudos em colégios particulares de SP para jovens de baixa renda
R7; 24/02
https://bit.ly/3BOIUN7

Para participar é necessário ter nota média acima de sete, renda de até um salário mínimo e meio por membro da família. Inscrições até 31 de março, aqui.

Os inscritos aprovados têm acesso a um cursinho preparatório com aulas de português, matemática e redação durante cinco meses, no contraturno escolar. Ao final desse período, eles estão preparados para os exames de ingresso para cursar o ensino médio no Colégio Bandeirantes ou Colégio Santa Cruz, localizados na capital paulista.

 

Observatório compartilha conteúdos sobre equidade racial na educação no Brasil
Estadão; 24/02
https://bit.ly/3IeUMdH

O Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades (CEERT) colocou no ar o hotsite do ANANSI – Observatório da Equidade Racial na Educação Básica. Confira neste link. A iniciativa tem o objetivo de contribuir no monitoramento e controle social da equidade racial na educação no Brasil, a partir da produção, troca e compartilhamento de conteúdos, além da incidência em políticas públicas.

 

Artigo: ‘Investimento em Educação é urgente para frear efeitos devastadores sobre mercado de trabalho’
Diário do Nordeste; 24/02
https://bit.ly/3t0eN1e

Por Bruna Damasceno: ‘A crise educacional é um duro golpe para a economia brasileira, conforme discutido no primeiro episódio desta reportagem. Economistas frisam que, se nada for feito agora para combater esses problemas, os efeitos serão devastadores sobre os trabalhadores futuros.

Entretanto, não basta reabrir as escolas, é necessário fornecer ensino de qualidade, investir em inclusão digital e aprimorar a gestão para uma aplicação eficiente destas verbas. Mas cabe a quem resolver esses desníveis sociais e o que tem sido feito?’

 

SEU DINHEIRO

Prazo para declarar o Imposto de Renda começa em 7 de março
Folha de S. Paulo; 24/02
https://bit.ly/3M3G3EA

O prazo para enviar a declaração do Imposto de Renda 2022 começará às 8h do dia 7 de março e vai até as 23h59 de 29 de abril, informou a Receita Federal nesta quinta (24). Quem é obrigado a declarar e atrasa paga multa mínima de R$ 165,74, que pode chegar a 20% do imposto devido no ano.

Em 2022, os contribuintes terão menos tempo para prestar contas ao fisco do que em anos anteriores. Em geral, a entrega da declaração começava no dia 1º de março. Segundo a Receita, o cronograma foi afetado devido à paralisação de auditores, ocorrida na última semana do ano. Até mesmo o programa do IR, que era disponibilizado antes, só estará liberado em 7 de março.

 

Imposto de Renda 2022 terá declaração pré-preenchida e restituição via Pix
Valor Econômico; 24/02
https://glo.bo/3vxlhrt

Cerca de 10 milhões de contribuintes terão acesso este ano a uma versão pré-preenchida da declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF), informou a Receita Federal nesta quinta-feira. A facilidade, que esteve disponível em caráter piloto no ano passado, agora poderá ser utilizada nas três formas de preencher declaração: no computador, no celular ou de virtual no serviço de atendimento ao contribuinte e-cac.

A massificação da declaração pré-preenchida é a principal novidade do IR, que completa 100 anos em 2022. Poderá ser acessada por pessoas que têm conta na plataforma gov.br nos níveis prata e ouro. Têm nível prata as pessoas cuja conta no gov.br é validada por alguma outra base de dados do governo (conta na Caixa, no Banco do Brasil, no Tribunal Superior Eleitoral, por exemplo). O nível ouro é para quem tem biometria registrada em bases do governo.

 

SINDICATO

SINPROSASCO apoia movimento pela restauração do Museu de Osasco
Sinpro Osasco; 24/02
https://bit.ly/3HhVGEX

Moradores, diversos movimentos sociais, sindicatos e políticos estiveram presentes ao abraço simbólico ao Museu de Osasco. O ato aconteceu no sábado, 19, das 10h às 12h, data em que a cidade completou 60 anos. O protesto foi pacífico e a polícia militar acompanhou a manifestação.

Os organizadores pedem o restauro do local, a retirada das grades e a abertura do Museu à população.

A casa histórica foi construída no século XIX e dali partiu, em 1910, o primeiro voo da América Latina projetado, inteiramente, em solo brasileiro pelo engenheiro Dimitri Sensaud de Lavaud que dá nome ao museu.

“O ato de abraçar o Museu é emblemático e demonstra a preocupação dos munícipes com a memória da cidade, com suas origens e, principalmente, com a preservação de seu patrimônio. Acredito ser apenas um início do processo de recuperação e conservação da memória da cidade, visto que temos outros marcos importantes que estão abandonados e em estado igual ou pior que o do Museus. O SINPROSASCO está ao lado do MODEPHAC e apoiando todas as ações deste movimento pela preservação do Patrimônio Histórico e Artístico do município”, disse Salomão de Castro, presidente do Sinprosasco.

 

CORONAVÍRUS

Vacinas, máscara e isolamento salvaram ao menos 66 mil vidas apenas no Rio
Rede Brasil Atual; 24/02
https://bit.ly/3pfyXU1

Desde que o Brasil iniciou, atrasado, a imunização da população contra a covid-19, a eficácia das vacinas para prevenir mortes já está comprovada pelos números. Embora o número de vítimas siga elevado, o cenário seria muito pior sem elas. É o que atesta novo levantamento da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Apenas no Rio de Janeiro, segundo o estudo, vacinas e isolamento social evitaram ao menos 66 mil mortes a mais.

A entidade conclui também que, além das vidas salvas, foram evitados ao menos 380 mil hospitalizações. As vacinas, além de preservarem vidas, resultam em economia de recursos para o sistema de Saúde. Segundo o estudo, a vacinação sozinha teria evitado cerca de 230 mil hospitalizações e de 43 mil mortes. Já as medidas não farmacológicas, como uso de máscaras e isolamento, foram responsáveis por aliviar o sistema de saúde em 150 mil hospitalizações e as famílias, em 23 mil mortes causadas pela doença.

 

 

 

 

Rússia tenta negociar rendição da Ucrânia. Operação militar pretende evitar 3ª Guerra, diz Moscou
Rede Brasil Atual; 24/02
https://bit.ly/356n2AM

A Rússia estaria disposta a negociar os termos de rendição da Ucrânia ante a ofensiva militar desencadeada por Moscou na madrugada desta quinta-feira (24). A informação é do secretário de imprensa do Kremlin, Dmitry Peskov, segundo a rede estatal Russia Today (RT). Putin teria transmitido sua disposição de discutir essa possibilidade com o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky. Os termos russos estão baseados na “desmilitarização e desnazificação” da Ucrânia, disse Peskov.

 

Para Celso Amorim, expansão da Otan sobre a Ucrânia ‘é absurda’, mas Rússia erra com ação militar
Rede Brasil Atual; 24/02
https://bit.ly/3t74I2H

O ex-ministro (Defesa e das Relações Exteriores) Celso Amorim classificou como um “erro” e um “ato ilícito” a operação militar anunciada na madrugada desta quinta-feira (24) pelo presidente da Rússia, Vladimir Putin, em Donbass, na Ucrânia. O ex-chanceler pondera que há legitimidade nas preocupações russas e considera um “absurdo” a expansão da Otan, a aliança militar entre Estados Unidos e Europa ocidental.

Desse modo, Amorim admite que a tentativa da Otan de absorver países no Leste Europeu coloca a Rússia em posição de insegurança. Mas, por outro lado, defende que Moscou deveria agir de outra maneira, pelas vias diplomáticas.

 

Gestão da economia torna Brasil mais exposto a efeitos do conflito entre Rússia e Ucrânia
Rede Brasil Atual; 24/02
https://bit.ly/35qVZjJ

Os efeitos das crises externas na economia do Brasil tendem a ser maiores quanto maior for a subordinação do país ao mercado global. Tal como ocorre com a política de preços dos combustíveis e com a prioridade às exportações de commodities. Além disso, o desemprego elevado há pelo menos seis anos e a renda média do brasileiro em patamar muito baixo fragilizam o mercado interno. Assim, esse modelo é incapaz de assegurar ao país maior autonomia econômica em relação a crises globais. Esse cenário, desenhado pelo golpe de 2016, se agravou com a gestão do ministro da Economia de Bolsonaro, Paulo Guedes.

Por isso, a decisão da Rússia de realizar operação militar na Ucrânia, na madrugada desta quinta-feira (24), pode render efeitos à economia do Brasil. Especialmente em razão da repercussão do conflito na Europa, pois países do Ocidente prometem sanções econômicas contra os russos. Desse modo, especialistas alertam que elas devem respingar além das fronteiras do Leste Europeu, afetando o setor de petróleo e gás, por exemplo.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio