Federação dos Professores do Estado de São Paulo, 14 de abril de 2024

22 de janeiro de 2020

22/01 – Os erros do Enem, Sisu com falhas, uberização de professores e mais.

.

[addthis tool="addthis_inline_share_toolbox_whwi"]

MPF recebe queixas em série contra nota do Enem, e governo teme processos
Folha de S.Paulo; 22/01
http://bit.ly/37hI1fLA ameaça de uma onda de ações judiciais com questionamentos ao Enem 2019 preocupa a alta cúpula do MEC (Ministério da Educação). O motivo é a insatisfação de estudantes com a correção das provas.O governo Jair Bolsonaro até correu para dar respostas aos erros encontrados nas notas na avaliação deste ano. O problema, diz a gestão, está solucionado.

Os erros do Enem
Sinpro ABC; 21/01
http://bit.ly/2RHpoLM

Durante todo o mês de novembro, Weintraub repetiu em falas públicas e nas redes sociais que o primeiro Enem sob sua gestão à frente do Ministério da Educação (MEC) seria o melhor exame da história do país.

Especialistas em educação e professores ouvidos pela BBC News Brasil, no entanto, dizem que uma série de imprevistos — alguns com consequências graves, como a atribuição de notas erradas a milhares de candidatos, segundo admitiu o próprio MEC — mostram que a propaganda feita pelo ministro não se confirmou.

Bolsonaro chama livros didáticos de “lixo” e propõe que material seja suavizado em 2021
Folha de S.Paulo; 07/01
http://bit.ly/38vSDrU

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chamou os atuais livros didáticos de lixo e disse que seu governo deve modificar o material distribuído nas escolas a partir de 2021 para “suavizar o conteúdo”.

Desde que era deputado federal, Bolsonaro dirige críticas ao sistema educacional brasileiro e culpa a esquerda pelos índices de educação insatisfatórios do país. Sem apresentar provas, o presidente costuma dizer que as escolas formam militantes em vez de apresentar conteúdos para os estudantes.

Ensino médio privado no país encolhe: são 27% menos alunos de 2014 a 2018
O Globo; 30/12
https://glo.bo/36noppC

Escolas privadas no Brasil perderam quase um terço (27%) de seus alunos de ensino médio comparando 2014 a 2018. Isso corresponde a 351 mil estudantes a menos. A avaliação de representantes do setor é que existe um conjunto de fatores que causa essa queda. Eles passam por crise econômica agravada em 2015, abertura de institutos federais de educação a partir de 2013, Prouni e o salto no valor da mensalidade.



Abertura de inscrições do Sisu tem lentidão e falhas; MEC analisa problema

Folha de S.Paulo; 21/01
http://bit.ly/37fM4cM

As inscrições no Sisu (Sistema de Seleção Unificada) foram abertas nesta terça-feira (21) com lentidão e falhas. No início da noite desta terça, a pasta confirmou que o sistema passou por instabilidade ao longo do dia e afirmou que a situação havia sido normalizada.

O sistema concentra as vagas de instituições públicas de ensino superior oferecidas a participantes do Enem. Neste semestre, 237.128 vagas estão disponíveis em 128 instituições de todo o país.

Deputado do PSL propõe que universidades públicas cobrem mensalidades
Eu quero investir; 20/01
http://bit.ly/2RICf06

O deputado General Peternelli (PSL/SP, foto) é o autor da proposta de emenda à Constituição (PEC) 206/2019, que dispõe sobre a cobrança de mensalidade pelas universidades públicas. O texto foi apresentado dia 28 de novembro e ainda tramita na Câmara dos Deputados.

Veja orientações para professores que vão ingressar em uma nova escola
Sinpro Campinas; 08/01
http://bit.ly/37tMImM

Os começos de semestres são as épocas de maior número de contratação de professores.  Para os docentes que estão sendo admitidos em uma nova escola, o Sindicato preparou um guia com orientações para que as contratações sejam feitas de acordo com a legalidade e os professores tenham seus direitos garantidos.

Leciona em duas escolas? Fique atento ao desconto do INSS!
Sinpro Osasco; 21/01
http://bit.ly/2TNbI4s

Quem trabalha em duas ou mais escolas não pode esquecer de informar aos departamentos de recursos humanos os salários em cada instituição. Caso contrário, corre o risco de contribuir a mais do que exige a legislação. Em 2020, a tabela de contribuição mensal estabeleceu como teto o valor de R$ 671,12.

SinproSP realiza 4ª oficina de preparo vocal para professores
Sinpro SP; 21/12
http://bit.ly/2REV9VJ


11 DINÂMICAS DIVERTIDAS PARA O PRIMEIRO DIA DE AULA
Blog: Ensinar História; 19/01
http://bit.ly/2TNQTWE

Para amenizar a ansiedade e a angústia do primeiro dia de aula, planeje a primeira aula do ano com cuidado. Decida o que vai fazer e falar aos alunos. Ensaie suas palavras. Organize o material que usará. Seja profissional: esqueça os problemas pessoais e concentre-se em seu trabalho. Apresentamos abaixo, sugestões de atividades que proporcionam uma carinhosa acolhida aos alunos estabelecendo a empatia e renovando o entusiasmo em aprender.

Contratação uberizada de professores por aplicativo já é realidade
Extraclasse; 07/01
http://bit.ly/2NLrlFS

Sistema similar ao Uber está cadastrando docentes para atuarem como substitutos na rede privada e pública.  O uber-docente abriu cadastro no site do aplicativo Prof-e, com inscrição para professores. Na página da empresa diz o seguinte, “será um Processo Seletivo Simplificado Nacional para Formação de Cadastro de Professores.

Qual o perfil dos gestores de educação no Brasil
Nexo; 20/01
http://bit.ly/3axCdRB

O gestor da educação é o responsável pelo ensino básico do município e é indicado pelo prefeito.

Em mais de 3.000 municípios do Brasil esse cargo é ocupado pelo secretário da Educação. Em outras cidades, essa secretaria pode acumular funções como Educação, Cultura e Esportes, ou ainda pode ser um setor subordinado a outro órgão ou ao próprio prefeito

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio