Federação dos Professores do Estado de São Paulo, 20 de fevereiro de 2024

20 de outubro de 2022

20/10 – Pesquisa mostra perfil de professores, o manifesto em defesa do Brasil, analista vê vitória apertada de Lula com quatro a seis pontos, Fundação Gates doa 1 bilhão de dólares para ensinar matemática, e mais, artigo: Freud explica comportamento de multidões em época de campanha

.

[addthis tool="addthis_inline_share_toolbox_whwi"]

Nesta véspera de segundo turno das eleições, vale conhecer o pensamento do pai da psicologia moderna sobre o comportamento de multidões em época de campanha. Freud explica:  “A massa é extraordinariamente influenciável e crédula, é acrítica, o improvável não existe para ela”. Leia artigo completo no site da Fepesp, aqui:  https://bit.ly/3DdGr0X

 

POLÍTICA EDUCACIONAL

Maioria dos jovens vê perdas irreparáveis de aprendizado devido à pandemia, diz Datafolha   A maior parte dos jovens no Brasil (61%) concorda que a pandemia da Covid-19 causou perdas irreparáveis de aprendizado, aponta pesquisa Datafolha. A percepção muda de acordo com o gênero: mais mulheres reportam perda (65%) na educação que homens (57%). O instituto realizou mil entrevistas com jovens, na faixa de 15 a 29 anos, nos dias 20 e 21 de julho. Folha de S. Paulo, 19/10   https://bit.ly/3s9E09l

 

Pesquisas revelam perfil dos professores no Brasil  o Brasil possui 2,2 milhões de professores na Educação Básica; e 323.376, no Ensino Superior. O Censo Escolar aponta que 595 mil docentes atuaram na Educação Infantil no ano do levantamento. Já o Ensino Fundamental concentrou a maior parte dos profissionais da Educação Básica: 1.373.693 (62,7%), dos 2,2 milhões. E um total de 516.484 atuou no Ensino Médio.

Professoras correspondiam à maioria, em todas as etapas do Básico, conforme a pesquisa: 96,3%, na Educação Infantil; 88,1%, nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental; e 66,5%, nos Anos Finais do Fundamental. Já no Ensino Médio, 57,7% dos docentes eram mulheres.

Quanto à docência em cursos de graduação, especificamente relativo ao grau de formação, o Censo da Educação Superior 2020 mostrou que 35,2% (113.740), dos 323.376 professores possuem mestrado; e 48,9% (158.225), doutorado. Os doutores são mais frequentes na rede pública, enquanto, na rede privada, a maior parte é de mestres, no ano da pesquisa. Homens são maioria nas duas redes de ensino. E o perfil médio do corpo docente expôs, ainda, que 39 anos é a idade mais frequente entre os atuantes em instituições públicas; e 40 anos, entre os professores de instituições privadas. Correio do Povo, 18/10   https://bit.ly/3CS0Yad

 

Fepesp: Professores de SP lançam manifesto por Lula e Haddad – O programa TUTAMÉIA entrevista Celso Napolitano, presidente da Fepesp – Federação dos Professores do Estado de São Paulo e um dos subscritores do Manifesto de Apoio à Volta do Brasil aos Brasileiros, lançado por educadores de São Paulo. O programa está aqui, conheça a íntegra do texto clicando aqui. Contee, 19/10  https://bit.ly/3gc8btN

 

Sinpro ABC: manifesto em defesa do Brasil – ”O caminho que queremos voltar a trilhar é o que prioriza investimentos na Educação, Ciência e Pesquisa porque acredita no potencial que essas áreas têm para o desenvolvimento da Nação; que cria oportunidades para viabilizar o acesso ao Ensino Superior público a todos; que não segrega; que respeita as instituições democráticas; que está a serviço do povo; que professa o respeito ao próximo e que valoriza a família brasileira, e não apenas a própria família e seus privilégios”. Sinpro ABC, 19/10  https://bit.ly/3VHhRgc

 

 

ELEIÇÕES 2022

Tendência é Lula vencer com quatro a seis pontos, diz analista  O cientista político Alberto Carlos Almeida acredita que o cenário das urnas na votação de 30 de outubro deve mostrar uma realidade muito próxima do que foi o primeiro turno. Ou seja, a liderança do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Em 2 de outubro, Lula teve vantagem de 5,2 pontos percentuais (48,4% a 43,2%). “Independentemente da vantagem, se é de 11 milhões de votos, ou 8 milhões, é difícil mudar o voto”, diz o analista. Rede Brasil Atual, 19/10  https://bit.ly/3SfSNtF

 

Pesquisa Datafolha: Lula tem 49% das intenções de voto contra 45% de Bolsonaro –  A terceira pesquisa Datafolha do segundo turno da eleição presidencial, concluída e divulgada nesta quarta-feira, mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com 49% das intenções totais de voto contra 45% para o presidente Jair Bolsonaro (PL). Eleitores que afirmam estar dispostos a votar em branco ou anular o voto no dia 30 são 4%. E 1% não soube responder, grupo contabilizado como de indecisos. Na conta que descarta intenções de voto nulo e em branco e também eleitores indecisos, o placar da atual pesquisa é de 52% a 48% a favor do petista. Valor Econômico, 19/10  http://glo.bo/3ghXCW9

 

Ex-ministros do STF assinam manifesto em favor de Lula e Alckmin  Os ex-ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) Carlos Ayres Britto e Sepúlveda Pertence estão entre os signatários de um manifesto em favor da eleição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e seu vice, Geraldo Alckmin (PSB). Além dos ex-ministros, também assinam os ex-presidentes da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) César Britto e Felipe Santa Cruz, a procuradora Débora Duprat, e o ex-reitor da UnB (Universidade de Brasília) José Geraldo. Painel FSP, 19/10  https://bit.ly/3CS8L7X

 

Programa de Bolsonaro na TV é interrompido com aviso de infração eleitoral  O programa televisivo veiculado na tarde desta quarta-feira (19) pelo presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL), foi interrompido por oito segundos com um aviso de infração eleitoral. A apresentadora da propaganda bolsonarista dizia que “Lula não foi inocentado” quando uma imagem da Justiça Eleitoral apareceu na tela. No aviso, lia-se a frase “Exibido para substituir programa suspenso por infração eleitoral”. Também havia um QR Code que direcionava para o canal de WhatsApp por meio do qual o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tira dúvidas dos eleitores. Valor Econômico, 19/10  http://glo.bo/3ERWumu

 

Tarcísio quer adotar modelo do Rio e acabar com a Secretaria da Segurança em São Paulo  O candidato ao governo de São Paulo Tarcísio de Freitas (Republicanos) quer extinguir a Secretaria de Segurança Pública do estado e dar ao chefe da Polícia Civil e ao comandante da Polícia Militar status de secretário. A proposta foi confirmada por ele ao jornal Folha de S.Paulo, em reportagem publicada nesta quarta-feira (19). Para especialistas em segurança pública, modelo é um retrocesso ao esforço de integração das forças de segurança estaduais. Já Fernando Haddad (PT) defende trabalho conjunto das policiais, sem separação em pastas. Rede Brasil Atual, 19/10  https://bit.ly/3DaTDUs

 

 

LIVROS

Editora da USP publica “Introdução à Filosofia da Educação”   Escrita por dois professores da Faculdade de Educação da USP, obra será lançada nesta quinta-feira, dia 20, na Cidade Universitária. Com 568 páginas, Introdução à Filosofia da Educação aborda as teorias filosóficas sobre a formação humana elaboradas ao longo da história. “Tendo em vista nossos propósitos, faremos uso de um modo de compreender a filosofia e a educação capaz de nos dar tanto referências suficientemente sólidas como limites bem claros dentro dos quais trabalhar”, informam os autores.  Jornal da USP, 19/10   https://bit.ly/3s9z6Jp

 

O NEGÓCIO DA EDUCAÇÃO

Por que ação da Yduqs, de educação, pode valorizar até mais de 160%?   Quando uma ação sobe de repente e se mantém em alta – o mercado gosta de dizer que está acontecendo um “rally”. É isso que vem ocorrendo recentemente com ações de educação, principalmente com Yduqs (YDUQ3), a dona das faculdades Estácio, Ibmec, UniToledo, da Wyden Educacional e da Damásio Educacional. Nos últimos 40 dias, o papel chegou a acumular ganhos de mais de 15% e chegou a disparar 10% em um único dia. Mas o papel também teve dias de queda. Agora, os ganhos do último mês somam 3,74%. UOL, 19/10   https://bit.ly/3EXlFUP

 

Fundação Gates doa US$ 1 bilhão para priorizar o ensino de matemática   A Fundação Bill & Melinda Gates anunciou na quarta-feira que está fazendo doações de mais de US$ 1 bilhão como parte de um amplo plano para melhorar a educação matemática nos próximos quatro anos. A fundação, que há muito gera controvérsia sobre seu trabalho educacional, disse que, para investir mais dinheiro em matemática, cortará verbas para outras disciplinas, como leitura, escrita e artes. Valor Econômico, 19/10   http://glo.bo/3EXgsMs

 

 

Mostra Internacional de Cinema de São Paulo: veja 30 filmes imperdíveis da programação
GuiaFolha, 19/10
https://bit.ly/3Ddy7yj

Os projetores serão ligados e as salas de cinema da capital paulista voltarão a abrir as portas para receber a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo a partir desta quinta, dia 20.

Depois de uma edição totalmente online, em 2020, e de uma híbrida, em 2021, quando sessões presenciais tiveram apenas 50% da lotação das salas, o maior festival audiovisual do país faz a sua 46ª edição neste ano com exibições majoritariamente presenciais, que ocupam cinemas e espaços culturais da cidade até o dia 2 de novembro.

Majoritariamente porque, mesmo com o fim das restrições causadas pela pandemia de Covid-19 aos cinemas, os filmes exibidos online foram mantidos. Mas, desta vez, saem de cena as exibições feitas na plataforma própria da Mostra, que eram pagas —as sessões digitais são agora gratuitas, nos serviços Sesc Digital e Spcine Play.

Na hora de assistir, há duas opções para obter ingressos —clique aqui para saber como comprar as entradas. Uma delas é online, pelo aplicativo Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e pelo site Velox Tickets. Caso sobrem ingressos, eles estarão disponíveis para venda nas bilheterias físicas dos cinemas no dia da sessão.

As entradas individuais custam de R$ 24 a R$ 30, a depender do dia e horário, e há um combo de 40 tíquetes por R$ 410, além de dois pacotes com exibições ilimitadas por R$ 150 e R$ 600 –assinantes da Folha têm 15% de desconto nessas duas últimas opções. Mas há também sessões presenciais gratuitas.

Para ajudar os cinéfilos na hora de montar a lista, selecionamos abaixo 30 filmes imperdíveis da programação. Como eles terão mais de uma exibição em dias e locais diferentes, indicamos a primeira apresentação de cada título nos cinemas.

Veja a lista dos 30 indicados aqui.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio