Fepesp - Federação dos Professores do Estado de São Paulo

terça-feira, 15 de junho de 2021

Por Beth Gaspar em 15 de junho de 2021

15/06 - escola de elite cobra $10 mil mensais por ensino remoto, avaliação à distância é falha diz pesquisa, os 41 contaminados na Copa América, e mais: o prêmio Vladimir Herzog de direitos humanos faz 43 anos

.
Professores do Senac – ensino médio e Superior -  aprovam proposta para renovação do acordo coletivo de trabalho em assembleias de 10 a 12 de junho
 

Avaliação a distância é falha, dizem professores municipais
Agora; 14/06
https://bit.ly/2TsPoPE

Pesquisa mostra que 42% dos docentes não conseguem avaliar estudantes durante ensino remoto.

A distância tornou ainda mais difícil uma tarefa já normalmente complicada na relação entre professores e alunos. Com a pandemia e o ensino remoto, as avaliações agora são realizadas online, se. Pesquisa da Rede Conectando Saberes, organização apoiada pela Fundação Lemann, apontou que 42% dos educadores não conseguem fazê-las.

O levantamento foi realizado com 8.700 professores das redes municipais de ensino de 87 cidades brasileiras, entre elas, a capital paulista. Entre as dificuldades citadas por eles para realizar as avaliações estão o fato de que não é possível saber se, de fato, são os próprios alunos que estão respondendo os testes. Além disso, afirmam que a distância e as aulas por vídeo impedem uma percepção apurada sobre o desenvolvimento dos estudantes.

 

Alagoas: professor que lutava por educação de qualidade para todos morre de Covid
G1; 14/06
https://glo.bo/3gplS6o

Alagoas perdeu um grande profissional da área de educação por conta da Covid-19. O professor Edvaldo Albuquerque dos Santos morreu aos 56 anos nesse domingo (13) em Arapiraca, após dias de internação para tratar a doença e suas complicações.

Professor Edvaldo era descrito pelos amigos, ex-alunos e alunos como gente boa, sorridente, gentil, amigo, professor brilhante e grande defensor da educação de qualidade para todos. Edvaldo, também conhecido como Ed, tinha prazer em demonstrar carinho pelos amigos por meio de cartas.

 

CORONAVÍRUS

Além de Bolsonaro, Doria multou outras 321 pessoas por transitarem sem máscara no ano
Folha de S. Paulo, 14/06
https://bit.ly/3cIF0Kd

As multas aplicadas pelo governo Doria a Bolsonaro e seu filho Eduardo —além de três ministros e outros deputados— por falta de máscara na motociata de sábado (12) se somam a outras 321 multas recebidas por transeuntes sem máscara e 1.603 em estabelecimentos desde julho de 2020.

No total, foram 7.340 autuações por todos os tipo de infrações às normas do estado contra a Covid-19 no período, enquanto a Vigilância Sanitária Estadual fez mais de 300 mil inspeções, conforme os dados do governo.

Segundo a Secretaria de Saúde, a multa para quem é flagrado em espaços coletivos sem máscara é de R$ 552,71. Já os estabelecimentos pagam R$ 5.294,38 por infrator que descumprir a regra.

 

Copa América já registra 41 casos de Covid-19 confirmados, diz Ministério da Saúde
Folha de S. Paulo, 14/06
https://bit.ly/3cEEX28

O Ministério da Saúde informou nesta segunda-feira (14) que já foram confirmados 41 casos de Covid-19 entre jogadores, membros das delegações e prestadores de serviços que atuam na Copa América.

Segundo a pasta, do total, 31 casos foram entre jogadores e membros de delegações e 10 entre prestadores de serviços de Brasília, contratados para o evento.

Até a tarde de sábado (12), de acordo com dados divulgados pela Conmebol e pela Saúde, eram ao menos 13 casos de Covid confirmados, todos em membros da delegação da seleção de futebol venezuelana.

 


POLÍTICA EDUCACIONAL


Universidades federais só têm recursos para cerca de três meses
Rede Brasil Atual; 14/06
https://bit.ly/35oT0oo

As universidades federais brasileiras podem ter que paralisar as atividades em cerca de três meses se não houver uma suplementação orçamentária que recomponha os recursos pelo menos ao patamar de 2020. A avaliação é da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino (Andifes). Este ano, a rede federal de educação superior possui R$ 4,3 bilhões previstos para gastos discricionários, como água, luz, segurança, investimentos e pagamentos de bolsas a estudantes vulneráveis. O valor, no entanto, é 18% menor do que o orçamento de 2020, o que corresponde a cerca de R$ 1 bilhão.

“Muitos contratos não serão honrados e a gente corre risco de interrupção de serviços essenciais. Com esse orçamento de 2021, admitindo que ele seja liberado integralmente, a nossa projeção é que as universidades conseguem sobreviver, no máximo, até setembro. É uma situação mais ou menos generalizada entre todas as instituições”, afirmou Edward Maduereira Brasil, reitor da Universidade Federal de Goiás (UFG) e presidente da Andifes, em conversa com o Brasil de Fato. Ao todo, a rede federal de ensino possui 69 universidades federais, que reúnem 1,3 milhão de estudantes.


Supercomputador do Inpe deverá ser desligado por falta de recursos
Rede Brasil Atual; 14/06
https://bit.ly/2RYUPWc

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) deverá desligar o supercomputador Tupã até agosto, por falta de recursos. O orçamento recebido pelo Inpe em 2021 é o menor da história. Dos R$ 76 milhões previstos, apenas R$ 44,7 milhões foram liberados. O restante foi contingenciado e ainda não se sabe quando será liberado. O Tupã consome cerca de R$ 5 milhões por ano em energia elétrica.

O equipamento é responsável por coletar e tratar dados meteorológicos, emitir alertas climáticos e subsidiar pesquisas científicas em uma área tão sensível. O Tupã tem sido amplamente utilizado pelo Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC/Inpe) durante os últimos anos.

Embora a previsão da diretoria do instituto seja de desligamento parcial do Tupã, a expectativa é que a medida causará prejuízos a pesquisas em andamento e ao fornecimento de dados meteorológicos. Como consequências, entre outras, dificultar o monitoramento de queimadas no Brasil, assim como estiagens e mudanças climáticas que têm impacto direto sobre a situação hídrica, a agricultura etc.


Enem: aberto prazo para quem teve isenção de taxa de inscrição negada
Agência Brasil; 14/06
https://bit.ly/3zsDFkF

Os candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 que tiveram o pedido de isenção da taxa de inscrição indeferido podem entrar com recurso de hoje (14) até o dia 18 de junho. Os resultados dos recursos estão previstos para serem divulgados no próximo dia 25 .

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), a aprovação da justificativa ou da solicitação de isenção não garante a inscrição no Enem 2021. As inscrições deverão ser realizadas normalmente, entre 30 de junho e 14 de julho, por meio da Página do Participante.

 

O NEGÓCIO DA EDUCAÇÃO

Com mensalidade de R$ 10 mil, Avenues SP lançará ensino 100% online mesmo sem pandemia
Folha de S. Paulo;  14/06
https://bit.ly/3wxIGXq

A Avenues, escola de Nova York que tem sede em São Paulo, lançará no Brasil, em agosto, um programa de ensino 100% online para alunos desde o 4º ano do fundamental até o 3º do médio. Sem relação com o ensino híbrido, que mistura aulas presenciais e remotas, imposto pela Covid-19, a Avenues On-Line foi criada para funcionar mesmo quando a pandemia acabar.

O custo mensal será de cerca de R$ 10 mil, enquanto o do ensino presencial passa de R$ 12.700.

A ideia é que estudantes de qualquer parte do Brasil possam se matricular na Avenues On-Line, que terá grande parte do currículo em comum com os 500 alunos de 35 países já integrantes do curso remoto, como África do Sul, Espanha, França, México, Quênia e Uruguai, além dos EUA..


Ações de shoppings e de educação são destaque de alta no Ibovespa
Valor Econômico;  14/06
https://bit.ly/3vlK7qp

O movimento de rotação entre setores segue a pleno vapor na bolsa brasileira, com os investidores reduzindo exposição em ações cíclicas globais, como Vale e siderúrgicas, ao passo que aproveitam para ampliar o chamado “trade de reabertura”, comprando ações dos setores educacional e de shoppings centers.

Às 11h06, a ação da Cogna liderava as altas do Ibovespa, com avanço de 6,68%, seguida por B2W (+5,11%), Yduqs (+3,77%) e Via (+ 3,63). Ainda na lista dos destaques positivos, apareciam Multiplan (+3,26%) e Iguatemi (+2,82%), recuperando-se das perdas registradas na semana passada.

 

TRABALHO

Ex-alunos da USP oferecem educação como novo caminho para quem saiu da prisão
Jornal da USP; 14/06
https://bit.ly/3iIr2fe

O projeto surgiu de um desejo dos advogados Leandro Félix e Vitor Jardim Barbosa de mudar a realidade de ex-presidiários. Eles eram colegas na Faculdade de Direito (FD) da USP, em São Paulo, quando perceberam que viviam em um país com oportunidades escassas para pessoas egressas do sistema carcerário. E vislumbraram no Nova Rota a chance de fazer algo, que nasceu no final de 2019 e se concretizou no início de 2020.

A organização não governamental de apoio à educação, além das bolsas de estudo, oferece também mentoria, acompanhamento psicológico e apoio multidisciplinar. Entre as bolsas de estudos financiadas, existem oportunidades para cursos profissionalizantes, técnicos, de idiomas, de graduação e até preparatórios para o vestibular.

 


O prêmio para a defesa dos direitos humanos na mídia
Agência Sindical; 14/06
https://bit.ly/3cICXpy

Estão abertas até dia 30 as inscrições para a 43ª edição do Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos. Organizado por uma comissão de entidades, o evento terá como novidade a categoria ‘livro-reportagem’. Ela se soma às tradicionais ‘arte’, ‘fotografia’, ‘produção jornalística em texto’, ‘em áudio’, ‘em vídeo’ e ‘em multimídia’.

Jornalistas, repórteres fotográficos e ilustradores podem inscrever trabalhos realizados entre 1º de agosto de 2020 e 30 de junho de 2021. Para ‘livro-reportagem’ serão aceitas inscrições de obras editadas entre 1º de janeiro de 2019 e 31 de dezembro de 2020.

A comissão fará o julgamento público remoto, dia 16 de outubro, com transmissão ao vivo, para divulgar os vencedores. Devido à pandemia de Covid-19, a solenidade de premiação, sempre em 25 de outubro, será também virtual.

A premiação voltada à democracia e aos direitos humanos celebra a memória de Vladimir Herzog, jornalista assassinado no Dops em outubro de 1975. O prêmio foi criado pela família de Herzog, em parceria com o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de SP e outras entidades.

Inscrições – Para conferir o regulamento da premiação, fazer sua inscrição e mais informações, acesse o site www.premiovladimirherzog.org.

Conteúdo Relacionado

crossmenu