Federação dos Professores do Estado de São Paulo, 27 de fevereiro de 2024

10 de dezembro de 2019

10/12 – Dez anos de estagnação na educação, MEC terá programa de direita, sai a lista da FUVEST e mais.

.

[addthis tool="addthis_inline_share_toolbox_whwi"]

Hoje, 10 de dezembro: Dez anos de estagnação na educação, MEC terá programa de direita, sai a lista da FUVEST e mais.

 

Educação completa dez anos de estagnação no Brasil
Valor; 10/12
https://glo.bo/2E5LUaJ

Novo levantamento do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa, na sigla em inglês) mostra que a educação está estagnada no Brasil há pelo menos dez anos. Na defensiva, o governo de Jair Bolsonaro apressou-se em dizer que nada tem a ver com o desempenho ruim dos estudantes, uma vez que as notas referem-se a 2018. O ministro da Educação, Abraham Weintraub garantiu que “2019 será o ponto de inflexão” e que assumirá “integralmente a responsabilidade” se os números não melhorarem nas próximas avaliações.

 

A educação básica deve representar uma escada de ascensão social
Estadão; 06/12
https://bit.ly/2Pv9Md9

O último resultado do Pisa-2018 constatou, mais uma vez, um diagnóstico ruim da qualidade da educação básica no Brasil. Contudo, pelos padrões da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico – OCDE, fica evidente que a rede privada brasileira constitui um núcleo de excelência, com nível de desempenho equiparável ao de países desenvolvidos. Com isso, comprova-se que o setor privado proporciona aos seus alunos um ensino com padrão de primeiro mundo.


TV ligada ao MEC vai exibir série sobre história com visão de direita
Estadão; 09/12
https://bit.ly/2PwYF3t

A TV Escola, ligada ao MEC (Ministério da Educação), vai iniciar nesta segunda-feira (9) a exibição de uma série sobre a história do Brasil com visão ideológica de direita e conservadora, com entrevistas do escritor Olavo de Carvalho e religiosos. A série “Brasil: A Última Cruzada” foi realizada pelo grupo Brasil Paralelo e o primeiro episódio está disponível no YouTube desde 2017. Criado em 2016, a produtora se propõe a uma revisão histórica em seus materiais.


Por uma avaliação qualitativa e humanista da educação básica
Folha de S. Paulo; 10/12
https://bit.ly/2Yy5xSk

Por José Ruy Lozano: “A avaliação de uma escola ou de um sistema de ensino deve considerar, além do desempenho em provas objetivas, a importância e o peso do trabalho com valores, competências e habilidades diversas em seu projeto pedagógico. A formação e a titulação de seus professores, o salário que lhes é pago, a qualidade de suas estruturas são outros elementos fundamentais.

Somente uma avaliação qualitativa dessa natureza poderá superar o ranqueamento unidimensional e limitador.”

 

Fuvest divulga lista de aprovados para a segunda fase do vestibular 2020
Estadão; 09/12
https://bit.ly/2PuuWbn

A Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest), responsável pelo processo seletivo da Universidade de São Paulo (USP), divulgou a lista de convocados para a segunda fase do vestibular 2020. As provas acontecem nos dias 5 e 6 de janeiro. Os endereços dos locais de prova também já estão disponíveis. O local específico em que cada candidato realizará a prova pode ser obtido na Área do Candidato.

Ministro da Educação tenta asfixiar o movimento estudantil do Brasil
Carta Educação; 09/12
https://bit.ly/2LVbBiT

Por Ana Luiza Basilio: “O ministro Abraham Weintraub é o símbolo do estilo Bolsonaro de governar: muita bravata, pouca ação. Sua patente dificuldade em gerenciar a educação contrasta com a capacidade de xingar os desafetos e perseguir quem é considerado persona non grata em Brasília. A grande medida de Weintraub até o momento foi o lançamento das carteiras digitais de estudantes, uma tentativa de asfixiar financeiramente a UNE e a Ubes, responsáveis por organizar os mais relevantes protestos do País nos últimos cinco anos e até então únicas administradoras da emissão dos documentos.”

PEC da Reforma Sindical pode ser admitida na CCJ nesta semana
Diap; 09/12
https://bit.ly/2sYEGDa

A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados agendou reunião de segunda a quinta-feira (12) e pode pautar a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 196/19, que trata da Reforma Sindical. A PEC dá “nova redação ao artigo 8°da Constituição Federal e altera o Ato das Disposições Constitucionais Transitórias.”

Sindicalistas vão às ruas para denunciar efeitos nocivos da MP 905 e da política econômica
Rede Brasil Atual; 09/12
https://bit.ly/2LGOPuH

Até sexta-feira (13), representantes das centrais irão às ruas para mostrar à população os efeitos negativos da MP 905 e da política econômica do governo. Ao mesmo tempo, querem apresentar propostas alternativas. Estão previstas atividades – como caminhadas e panfletagens – na região do ABC (Santo André, São Bernardo, Diadema e Ribeirão Pires), na região central e nas zonas leste e sul da capital paulista, em Osasco e Carapicuíba, na Grande São Paulo, e em Campinas, no interior.



Coral do Sinpro encerra o ano com apresentação natalina
Sinpro Campinas; 09/12
https://bit.ly/2s9HuNA

No último sábado, dia 07, o Coral do Sinpro fez uma apresentação especial de final de ano na Sede do Sindicato. No repertório, músicas natalinas e populares.

Segunda parcela do 13º salário deve ser paga até dia 20 de dezembro
Sinpro SP; 09/12
https://bit.ly/2rwTbOi

As escolas e IES têm até 20 de dezembro, sexta-feira, para pagar a segunda parcela do 13º salário, porém é necessário prestar atenção pois a maneira de calcular o valor e os descontos mudam em relação à primeira parcela, paga em 30/11.

Raio X do IPCA de novembro de 2019: o aumento dos gastos com Educação e Saúde, por Luis Nassif
GGN; 09/12
https://bit.ly/2E2kOBB

Percebe que, entre novembro de 2015 e novembro de 2019, gastos com Saúde e Cuidados Pessoais e Educação aumentaram significativamente, em detrimento de despesas menos essenciais, como Artigos de Residência, Vestuário e Comunicação.

Câmara aprova projeto que libera recurso para ampliar banda larga nas escolas
Estadão; 09/12
https://bit.ly/2PuuMkh

Deputados aprovaram na noite desta segunda-feira, 9, projeto que autoriza o uso de recursos do Fundo de Universalização das Telecomunicações (Fust) para ampliação da banda larga nas escolas. Foi aprovado o substituto do deputado Vinicius Poit (Novo-SP). O projeto tem sua origem no Senado e segue agora para sanção presidencial

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio