Fepesp - Federação dos Professores do Estado de São Paulo, 18 de setembro de 2024

Por Beth Gaspar em 8 de setembro de 2022

08/09 - Sindicato leva Unib – em greve –  à Justiça, hoje é o dia mundial da alfabetização, manifestações ’oficiais’ do 07/09 foram ‘mais do mesmo, e mais: cosmonauta russo filma Brasil lá de cima nos 200 anos da Independência  

.

É hoje: greve dos professores na Unib terá audiência no TRT, por dissídio de greve, nesta quinta, 08/09, às 16 h. Greve completa um mês amanhã, e professores resistem e não desistem! Leia  aqui: https://bit.ly/3RN7BAh

 

Professores da Unib em greve: dissídio de greve em audiência nesta quinta, 8, no TRT; novas denúncias contra a mantenedora -  O SinproSP  ingressou com ação de dissídio de greve junto ao Tribunal Regional do Trabalho no dia 05/09. A audiência de conciliação está marcada para esta quinta-feira, dia 08. “Incluímos essas notificações extrajudiciais no processo porque também estamos denunciando por prática antissindical. A greve é um direito constitucional e os professores estão paralisados porque não recebem salários”, afirmou o professor Celso Napolitano, presidente da Fepesp e diretor do SinproSP.

Para Napolitano, o que está acontecendo na Unib não é novo: “É o velho problema da escola particular de ensino superior que transfere todo o dinheiro para a pessoa física e quebra a pessoa jurídica. São famílias que se locupletaram dos recursos do Fies e quebram a mantida.”

Professoras e professores encontram-se em greve desde o dia 09 de agosto e reivindicam o pagamento dos salários atrasados, recolhimento da contribuição previdenciária e depósito do FGTS.. Fepesp, 08/09    https://bit.ly/3RN7BAh


Abaixo assinado: ‘Paguem os professores. Queremos ter aula!’ -  Não há educação de qualidade sem respeito aos alunos(as) e professores de uma instituição de ensino. Qual de vocês, alunos(as), nos últimos tempos não se sentiu desrespeitado pela UNIB ? Quer seja pela falta de comunicação e transparência, quer seja pela imposição de novas regras e alterações de deveres no meio do curso, o fato dos nossos professores  e professoras não receberem os seus salários também afeta nós alunos, por esse motivo precisamos apoiar. Extra, 01/09   http://glo.bo/3cXZO3S

 

São Gonçalo, RJ: Justiça nega pedido de suspensão de greve de profissionais de Educação’ -  A Justiça do Rio negou o pedido da Prefeitura de São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, para que seja suspensa a greve dos profissionais de Educação do município. A categoria está de braços cruzados desde segunda-feira (dia 5). Extra, 07/09   https://bit.ly/3qa5j2o

 

POLÍTICA EDUCACIONAL

No Dia Mundial da Alfabetização – hoje, 08/09 - Brasil ainda tem 11 milhões de pessoas que não sabem ler e escrever - Segundo a última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, 11,3 milhões de pessoas na idade de 15 anos ou mais são analfabetas no Brasil. O número representa 6,6% da população nessa faixa etária. Números da Unesco apontam que 773 milhões de adultos não alfabetizados no mundo. Em 2018, o número de pessoas que não sabiam ler e escrever era 6,8% tendo uma redução no ano seguinte - 6,6%, ficando em cerca de 200 mil pessoas não alfabetizadas.  Mesmo com a redução, o país não  alcançou a meta do Plano Nacional de Educação de 2015, que era baixar o índice para 6,5%, a fim de erradicar o analfabetismo até 2024.O Diário, 06/09 https://bit.ly/3D51DGU


Governo federal corta R$ 1 bi para orçamento da Educação Básica para 2023 - O orçamento geral do Ministério da Educação (MEC) deve ganhar 7% a mais de verbas em 2023 em comparação com 2022, mas a educação básica, que contempla Educação Infantil, Ensino Fundamental, Médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA), pode perder R$ 1 bilhão, segundo proposta de orçamento para o ano que vem enviada pelo governo Jair Bolsonaro ao Congresso Nacional na última quarta-feira (31). Gazeta Zero Hora, 05/09   https://bit.ly/3wXXkt8

 

SINDICATOS

Em defesa dos professores Gracinete, Raphael e Vinícius da Escola Estadual Prof. Nelson Pizzotti Mendes - Delegados e delegadas reunidos no 10º Congresso “Educação e Democracia” do Sindicato dos Professores do ABC (SINPRO ABC), realizado no dia 27 de agosto de 2022, na Rua Xavier de Toledo, 268, Centro, Santo André, REPUDIAM condutas de dois supervisores de ensino do Estado, que, segundo relatos, estariam perseguindo e coagindo professores da Escola Estadual Prof. Nelson Pizzotti Mendes, em Santo André. Sinpro ABC, 06/09  https://bit.ly/3qpfSPj

 

Opinião, por Clemente Ganz Lucio: ‘O desafio de fortalecer a negociação coletiva’ - Projetar o futuro e fazer novas escolhas que apostem no desenvolvimento sustentável inclui fortalecer o diálogo social capaz de tratar as relações de trabalho como componente estruturante do modelo de crescimento econômico e de distribuição dos resultados do trabalho de todos, de inclusão pelo emprego, de crescimento dos salários e da demanda na economia. Cabe projetar sindicatos fortes com capacidade de representação da diversidade de formas de ocupação e de relações de trabalho, com negociação coletiva capaz de tratar dessa diversidade ocupacional e gerar proteção laboral para todos, no contexto de um mundo do trabalho em transformação. Agência Sindical, 06/09  https://bit.ly/3RJhOxJ

 

ELEIÇÕES 2022

Ipec em São Paulo: Haddad sobe para 36%, Tarcísio vai a 21% e Rodrigo, 14% -  Pesquisa Ipec (ex-Ibope) para o governo de São Paulo divulgada na noite desta terça-feira (6) mantém o ex-ministro e ex-prefeito Fernando Haddad (PT) na liderança. Ele marcou 36%, quatro pontos a mais do que no levantamento anterior, na semana passada. Em segundo lugar, o ex-ministro Tarcísio de Freitas (Republicanos) também subiu quatro pontos, de 17% para 21%. O atual governador, Rodrigo Garcia (PSDB), cresceu na mesma medida, subindo de 10% para 14%. Brancos e nulos somam 10% (antes eram 15%) e não souberam, 12% (antes, 20%). Rede Brasil Atual, 06/09  https://bit.ly/3RuTWyb


A reedição da ‘ideologia de gênero’ na campanha de 2022 - A pauta da “ideologia de gênero”, que mobiliza o presidente Jair Bolsonaro (PL), seus apoiadores e eleitores há décadas está de volta e reeditada na reta final da campanha de 2022. Em 2018, quando Bolsonaro foi eleito para o primeiro mandato, esse tema teve a eficiência testada por sua campanha e núcleos bolsonaristas, com a disseminação de fake news e fatos deturpados. Nexo, 06/09  https://bit.ly/3TVZ3ZV

 

Campanhas presidenciais repetem mantra de priorizar educação, mas falta substância - No único debate presidencial realizado até agora, em 29 de agosto por iniciativa da Folha, UOL e TVs Bandeirantes e Cultura, a palavra educação foi mais repetida (56) do que termos como corrupção (41), economia (32) e saúde (14). Mas isso não significa que o tema seja uma genuína preocupação política. Folha de S. Paulo, 06/09  https://bit.ly/3B35D7Y

 

 

 

7 de setembro: manifestações foram mais do mesmo e não ‘Dia D’
Valor Econômico, 08/09
http://glo.bo/3D9amI1

O presidente Jair Bolsonaro nada fez para as comemorações do bicentenário da Independência do Brasil que não fosse em proveito próprio, eleitoral.

Institucionalmente, para os festejos não moveram uma palha os ministérios da Educação e a rebaixada secretaria da Cultura, sucessivamente ocupados por ideólogos incompetentes. Nada se poderia esperar de uma pasta que teve um ministro que disse que os brasileiros eram “canibais”, quando queria dizer que eram cleptomaníacos (o que não melhora as coisas), e um secretário que imita o nazista Goebbels.

 

Conheça as exposições que você vai encontrar na reabertura do Museu do Ipiranga
Jornal da USP, 05/09
https://bit.ly/3eBNbw1

A partir desta quinta-feira, dia 8 de setembro, o museu reabre suas portas para o público, comemorando o bicentenário da Independência com 12 exposições, que reúnem cerca de 3,7 mil peças, sendo 353 delas multissensoriais; novo projeto curatorial quer construir um perfil menos elitizado para a instituição

Depois de ficar nove anos fechado para uma grande reforma, que começou em 2019, o Museu do Ipiranga reabre para o público no dia 8 de setembro, em comemoração do bicentenário da Independência do Brasil –  no feriado do dia 7 de setembro, haverá uma inauguração simbólica para estudantes de escolas públicas e municipais e os trabalhadores envolvidos no projeto de recuperação. Serão inauguradas 11 exposições permanentes – e uma outra temporária, prevista para abrir em novembro -, em que os visitantes encontrarão um acervo diferente daquele exposto antes do fechamento.

No total são 3.700 itens, a maioria inédita, sendo que 353 deles receberam tratamento multissensorial, facilitando as interações táteis e olfativas – há salas com cheiros -, além de material em braile. Os objetos datam dos séculos 19 e 20, mas há itens mais antigos, que remontam ao Brasil colonial. São pinturas, esculturas, moedas, documentos textuais, fotografias, objetos em tecido e madeira e duas maquetes de grande porte.

Como visitar o Novo Museu do Ipiranga - O Museu do Ipiranga será reaberto ao público de terça a domingo a partir do dia 8 de setembro de 2022. De 8 a 11 de setembro, das 11h às 16h; depois, das 12h às 18h. As visitas podem ser feitas gratuitamente (até o dia 6 de novembro), após agendamento prévio no site http://www.museudoipiranga.org.br Endereço: Rua dos Patriotas, 100, Parque da Independência – São Paulo/SP

 

Em comemoração aos 200 anos da independência, cosmonauta russo filma Brasil visto do espaço
G1; 07/09
http://glo.bo/3cXHp7j

O cosmonauta russo Oleg Artemiev filmou do espaço, nesta quarta-feira (07), o Brasil e, ao fundo, colocou para tocar a música "Chorando se foi", do grupo Kaoma. O vídeo foi publicado na rede social dele e chamou a atenção dos brasileiros (veja o vídeo aqui ).

Na publicação, mandou um "olá" ao Brasil, exibindo a bandeira do país. Apesar de não indicar sua localização, ele possivelmente está sobre a região Norte do país.

Em agosto, Oleg compartilhou um vídeo sobrevoando a Amazônia e, ao fundo, colocou para tocar a música "Mas que nada", de Jorge Ben Jor.

Na publicação, escreveu sobre a mistura de cores do Brasil vista a bordo da Estação Espacial Internacional: o azul do oceano, as águas turvas do Rio Amazonas e até o verde das áreas florestadas. Seguidores agradeceram e chegaram a comentar que esperavam muito por este momento.

Conteúdo Relacionado

crossmenu