Fepesp - Federação dos Professores do Estado de São Paulo

terça-feira, 6 de abril de 2021

Por Beth Gaspar em 6 de abril de 2021

06/04 - escolas particulares recebem alunos sem autorização para aulas presenciais, Justiça suspende retorno às aulas no Rio, a crítica ao homeshooling, e mais: a história oral da vida de Gabriel García Márquez

.
Ainda há o que negociar com o patronal da Educação Básica: insistimos na manutenção do que foi estabelecido na sentença normativa, nos direitos afirmados no dissídio.
Leia aqui: https://bit.ly/3rDkaAA   

 

DEFESA DA VIDA

Cem mil profissionais da educação já fizeram cadastro obrigatório para vacinação contra Covid-19
G1; 06/04
https://glo.bo/3dwnpEU

Cem mil profissionais da educação já fizeram o cadastro obrigatório para serem vacinados contra a Covid a partir do dia 12 de abril no estado de São Paulo. Para conseguir fazer o cadastro, é necessário ter pelo menos dois meses de trabalho e apresentar os dois últimos holerites.

“Nós acabamos optando por essa situação do holerite porque nós temos, obviamente, uma apreensão muito grande com possibilidade de fraudes. Vacina é algo muito importante, nós precisamos ter um respeito muito grande com o formato, por isso, fazer o cadastro e obedecer as regras neste momento é fundamental”, afirmou Rossieli Soares, secretário estadual da Educação. Os profissionais que ainda não tiverem completado dois meses de trabalho serão imunizados na próxima fase de vacinação, que ainda não tem data prevista.

Segundo a Secretaria Estadual de Educação, os funcionários só poderão receber a primeira dose da vacina após o sistema validar o registro e gerar um código, que deverá ser apresentado nas unidades de saúde dos municípios.

Na primeira etapa, serão vacinados 350 mil profissionais com 47 anos ou mais que atuam desde creches ao ensino médio, nas redes estadual, federal, municipais e particulares do estado, o equivalente a cerca de 40% do total dos funcionários que atuam na área da Educação.

Como se cadastrar - Professores, diretores, merendeiras, faxineiras, cuidadores e demais profissionais que trabalham na área da educação, no estado de São Paulo, podem preencher um cadastro para tomar a vacina contra covid-19. O cadastro deve ser preenchido no site https://vacinaja.sp.gov.br/educacao


Escolas particulares em SP recebem alunos mesmo sem autorização para aulas presenciais
Folha de S. Paulo; 06/04
https://bit.ly/2Q1w4r7

Escolas particulares de São Paulo voltaram a receber alunos nesta segunda (5) mesmo sem a autorização do prefeito Bruno Covas (PSDB) para a retomada das atividades letivas presenciais.

Assim como o restante do estado, São Paulo está na fase emergencial até 11 de abril. Covas publicou decreto em que autoriza as atividades letivas presenciais apenas a partir do dia 12, se a fase mais restritiva não for prorrogada na cidade.

O prefeito autorizou a reabertura das escolas nesta segunda apenas para "receberem os alunos que necessitarem de alimentação escolar”. Foi neste argumento que colégios privados se embasaram para receber os alunos, já que o decreto não restringe o atendimento exclusivamente para a merenda a unidades da rede pública ou a famílias em situação de vulnerabilidade social.

 

Na fila da Covid: Governo Covas promove testagem desorganizada e aglomera milhares de professores
Rede Brasil Atual; 05/04
https://bit.ly/3sYpBf1

Convocados para uma nova testagem de covid-19, milhares de professores da rede municipal de educação de São Paulo ficaram horas em filas e aglomerados na manhã de hoje (5), por falta de organização do governo do prefeito Bruno Covas (PSDB), que realiza um novo inquérito sorológico para estimar o potencial de contaminação pelo novo coronavírus entre os trabalhadores da educação. Com apenas dois dias para testar 100 mil trabalhadores e com apenas algumas unidades de ensino realizando a testagem, filas imensas se formaram e os professores reclamaram da falta de organização e do risco a que acabaram expostos pela gestão municipal.

 

Justiça suspende retorno de aulas presenciais em escolas do Rio
Contee; 05/04
https://bit.ly/3cQRCj8

A Justiça do Rio de Janeiro determinou a suspensão do retorno das aulas presenciais nas escolas públicas e privadas que funcionam no município do Rio. Creches e outros estabelecimentos de ensino estavam autorizados a abrir a partir de hoje (5), por um decreto municipal, depois do feriado de dez dias no estado.

A decisão, em caráter liminar, foi tomada pelo Plantão Judiciário ontem (4), a pedido de um grupo de vereadores e deputados estaduais. O Ministério Público do Rio (MPRJ) se opôs à suspensão.


Volta às aulas no Rio: continua a guerra entre Paes e os professores
RBA; 05/04
https://bit.ly/31OE4y2

Prefeito quer volta às aulas no Rio de Janeiro, no momento em que a cidade e o estado apresentam alta preocupante nos números da pandemia de covid. Professores ampliam resistência. “O prefeito está sendo negacionista.”

 

Minuto Fepesp: no pior da pandemia a tentativa de melar as regras democráticas
Fepesp; 06/04
https://youtu.be/7m88KT5Rt3I

Celso Napolitano: “Temos que ficar alertas na questão da saúde pública e – também – na questão da política nacional, para evitar que o Estado Democrático de Direito seja golpeado de morte. Nunca mais seremos subjugados por uma ditadura!”

 

CORONAVÍRUS

Após ‘março mortal’, Brasil inicia abril com média de mortes por covid acima de 3 mil por dia
Rede Brasil Atual; 04/04
https://bit.ly/2OpLSDr

O Brasil ultrapassou neste primeiro dia de abril, e pela primeira vez desde o início da pandemia, a média de mais de 3 mil mortes diárias por complicações da covid. O cálculo é feito em sete dias. Morreram, no período, 3.117 pessoas em média a cada dia.

A curva epidemiológica de vítimas do coronavírus apresenta uma alta apenas vista apenas no Brasil. Desde o dia 9 de março o país é o epicentro da pandemia mundial, data em que ultrapassou os Estados Unidos. Hoje, morrem mais brasileiros por dia do que a soma dos 10 países seguintes mais afetados. Mais de um terço das mortes no planeta ocorrem no Brasil. Apenas nas últimas 24 horas morreram 3.769 brasileiros, número apenas superado por ontem, quando foram mais de 3.800 mortes. No país já morreram 325.284 pessoas desde o início da pandemia.

 

 

 

POLÍTICA EDUCACIONAL

Ministro da Educação defende homeschooling em audiência e diz que socialização da criança pode ser na igreja
G1; 05/04
https://glo.bo/3dCyTqL

Os ministros Milton Ribeiro (Educação) e Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos) participaram de uma audiência nesta segunda (5) promovida pela Câmara sobre o projeto de educação domiciliar ou homeschooling. O tema é uma frente do governo Bolsonaro, que quer a regulamentação da prática no Congresso até julho deste ano.

Educadores criticam a prioridade dada ao tema neste momento, em face das dificuldades que a área vem sofrendo durante a pandemia do coronavírus, e dizem que o modelo deve ser questionado por possíveis prejuízos em questões pedagógicas e de socialização da criança.


Prioridade do governo, ensino domiciliar recebe críticas de entidades da área de Educação
Agência Câmara; 05/04
https://bit.ly/3sU8fjj

Presidente do Conselho Nacional de Educação (CNE), Maria Helena Guimarães de Castro disse que a entidade ainda não se manifestou coletivamente sobre o tema, mas pessoalmente, criticou o homeschooling. Segundo ela, o modelo domiciliar compromete a socialização, impede o contato do aluno com diferentes ideias e pensamentos, e desconsidera a importância da formação pedagógica e técnico-cientifica dos professores.

“Na minha visão, a regulamentação do ensino domiciliar compromete a convivência com diferentes grupos sociais, parte essencial do processo educativo e de humanização, pelos quais se estabelece relações de empatia, de solidariedade e de cidadania, essenciais para o desenvolvimento social, afetivo, psíquico e cognitivo de crianças e jovens”, disse Castro.

 

Olimpíada de Matemática da Unicamp será totalmente online
Agência Brasil; 04/04
https://bit.ly/3sZychy

​As inscrições para a Olimpíada de Matemática da Unicamp 2021 ficam abertas até o dia 9 e podem ser feitas no site da competição (aqui). Este ano, a OMU traz um formato inédito. Em vez da tradicional prova escrita e presencial com quatro horas de duração, os estudantes terão uma semana para resolver cada etapa da competição.

Os participantes poderão formar grupos de até três pessoas para debater as questões. Tudo de forma online. O objetivo é facilitar a participação de alunos de todo o Brasil durante a pandemia.

 

 

 

A história oral da vida de Gabriel García Márquez

Nexo; 06/04
https://bit.ly/39Jtw84

Com “Cem Anos de Solidão”, o colombiano Gabriel García Márquez foi consagrado como grande escritor. Lançado em 1967, o romance foi aclamado no mundo literário e rendeu ao autor inúmeros prêmios, entre os quais o Nobel de Literatura em 1982. García Márquez foi o primeiro e único escritor da Colômbia a conquistar a honraria.

No livro "Solidão e Companhia”, biografia a ser lançada em abril pela editora Planeta, é possível vislumbrar o lado prosaico do processo de criação da obra-prima. Em uma pequena casa sem luxos na Cidade do México, Gabo, como era conhecido, ficou oito meses “freneticamente dedicado” a seu trabalho.

“Deixou todos os seus empregos, pediu dinheiro emprestado, vendeu coisas e se trancou em casa”, afirma Emmanuel Carballo, escritor mexicano e amigo de García Márquez. “Sua família inteira, sua esposa, seus filhos, seus amigos, todos nós lhe demos espaço”.

Organizado pela jornalista colombiana Silvana Pasternostro, “Solidão e Companhia” reúne dezenas de depoimentos de familiares, amigos, conhecidos e colegas de Gabo. Construída inteiramente em cima das falas, a narrativa atravessa toda a vida do escritor, da infância aos últimos anos.

 

Canal Futura lança nova programação infantil com conteúdo educativo e gratuito
G1; 05/04
https://glo.bo/3dCxY9x

O Canal Futura lançou, nesta segunda-feira (5), uma nova programação infantil, com animações e séries educativas produzidas para crianças de 3 a 12 anos.

As produções vão ao ar em todos os dias da semana, das 7h às 9h; e de segunda a sexta, das 17h às 18h. Para acompanhar as novidades, é só entrar no Futura pelos Canais Globo ou pelo Globoplay. O acesso é gratuito.

Todo o conteúdo exibido está alinhado às diretrizes da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), documento que estabelece o que deve ser ensinado nas escolas brasileiras. Serão abordados temas de ciência, matemática, linguagens e socialização.

Conteúdo Relacionado

crossmenu