Fepesp - Federação dos Professores do Estado de São Paulo

quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

Por Beth Gaspar em 4 de dezembro de 2019

04/12 - escolas privadas seguram nota do Brasil no Pisa, 3 entre 10 alunos sofrem bullying com frequência, greve de professores no Paraná , e mais.


Poder do Voto: aplicativo para vigiar e pressionar deputados federais e senadores vem com analises do DIAP.
Saiba mais: https://fepesp.org.br/noticia/7185/

 

 

Escolas privadas de elite do Brasil superam Finlândia no Pisa; rede pública vai pior do que Peru
Estadão; 04/12
http://bit.ly/2rR4elc

A nota das escolas particulares de elite do Brasil colocaria o País na 5ª posição do ranking mundial de leitura do Pisa, ao lado da Estônia, que tem o melhor desempenho da Europa. Já o resultado isolado das escolas públicas estaria 60 posições abaixo, na 65ª, entre 79 países. A tabulação foi feita a pedido do Estado pelo Interdisciplinaridade e Evidências no Debate Educacional (Iede), instituto que pesquisa dados de educação.

 

Escolas privadas ajudam a segurar nota brasileira
Valor Econômico; 04/12
https://glo.bo/34UQzYP

As escolas particulares do Brasil tiveram desempenho melhor na edição de 2018 do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa, na sigla em inglês), o que ajudou a segurar a nota média do Brasil, mostra um levantamento da consultoria iDados elaborado para o Valor.

Entre 2015 e 2018, a pontuação das instituições privadas subiu de 461 para 476 em matemática; de 492 para 513 em leitura; e de 486 para 498 em ciências.


Opinião: Pisa 2018: muita lamentação e pouca ação
Estadão; 03/12
http://bit.ly/362Q6nO

Por Ana Maria Diniz: O resultado não poderia ter sido diferente deste, já que fizemos coisa nenhuma para mudar o estado lastimável da Educação brasileira. Na minha opinião, há somente duas coisas imprescindíveis a serem feitas para transformar essa realidade: colocar a Educação no centro da estratégia para o desenvolvimento do país; adotar soluções cientificamente comprovadas para agregar qualidade ao nosso ensino.

3 em 10 alunos brasileiros dizem sofrer bullying ‘algumas vezes ao mês’, mostra Pisa
Fepesp; 03/12
http://bit.ly/2Pbuui3

Os jovens brasileiros são alvos desse tipo de violência com mais frequência e em mais formas do que a média dos países membros da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Veja evolução no Pisa desde 2000
Folha de S. Paulo; 03/12
http://bit.ly/35XvE7y

Os resultados do Pisa (Programa Internacional de Avaliação de Aluno) foram divulgados nesta terça-feira e mostraram o Brasil na 57ª colocação em leitura. Aqui, veja a evolução do Brasil e dos outros países na avaliação, considerada a mais importante do mundo sobre aprendizagem.

Daniel Cara sobre Pisa: a escola pública tira leite de pedra, mas não dá para fazer milagre
Brasil247; 03/12
http://bit.ly/2RiLohr

O coordenador geral da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Daniel Cara, aponta que o Brasil encontra-se estagnado no Pisa há dez anos pois “não tem apresentado capacidade de desenvolver políticas educacionais e reorientar as políticas educacionais que já existem”.


Apae-SP muda e agora é Instituto Jô Clemente
Folha de S. Paulo; 03/12
http://bit.ly/34JRTxL

Nesta terça-feira (3), data em que se celebra o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, uma das mais tradicionais associações de apoio a esse grupo social muda definitivamente de nome e de visual e abre caminhos para crescer nacionalmente e deixar para trás ranços assistencialistas. A Apae-SP passa a ser Instituto Jô Clemente.


Greve paralisa 60% das escolas e universidades estaduais no Paraná
Plural; 03/12
http://bit.ly/2RiD9C1

Nesta segunda-feira (2), foi dia de protesto contra o governo de Ratinho Jr. (PSD). Professores e educadores realizaram mobilização no Centro Cívico, que recebe hoje (3) ato unificado, envolvendo outros setores do funcionalismo, docentes universitários e agentes da segurança pública. Cerca de 60% das escolas e das universidades estaduais estão sem aulas.

Direitos de professores: resistência nos Estados
Fepesp; 02/12
http://bit.ly/33rchSV

Assim como na rede privada, onde instituições tentam se valer das reformas trabalhistas para turbinar seus lucros com a precarização do ensino e das condições de trabalho de docentes e pessoal administrativo, nos Estados há resistência contra cortes de direitos por tentativas de implantar extensões da ‘reforma’ da Previdência nas condições locais.

SinproABC: Boletim O PROFESSOR número 425, edição de Novembro/dezembro 2019
SinproABC; 03/12
http://bit.ly/2Lhk13F

Clique no link para baixar a edição deste mês do boletim O Professor, do Sinpro ABC.

SinproSP chama assembleia dos professores da Universidade Mogi das Cruzes
SinproSP; 03/12
http://bit.ly/389UG5F

Professoras e professores da Universidade Mogi das Cruzes estão convocados para assembleia a ser realizada no dia 04 de dezembro, quarta-feira, às 18h, no Campus Villa Lobos, prédio 3, na Av. Imperatriz Leopoldina 550.  Na pauta, discussão e deliberação sobre o atraso de salários dos professores.

Artigo: ‘Sou professora de crianças: realizei o meu sonho’
Folha de S. Paulo; 03/12
http://bit.ly/2r1wMZj

Por Débora Araújo : Tenho síndrome de Down e 38 anos. Moro em Natal, sou professora e atuo como auxiliar de desenvolvimento infantil na educação infantil em uma escola particular.O que acho mais importante no meu trabalho com crianças é que elas serão adultos sem preconceito. Tenho certeza que saberão respeitar e aceitar as diferenças de cada um, sem discriminar, sabendo que todos têm direito de participar de tudo, porque ninguém pode ficar para trás.

Conteúdo Relacionado

crossmenu