Federação dos Professores do Estado de São Paulo, 28 de fevereiro de 2024

2 de setembro de 2022

02/09 – O avanço na campanha do Ensino Superior, nova data para a volta ao TRT, Unib falta em respeito ao Tribunal, e mais: Museu do Ipiranga reabre depois de 9 anos com  mostras interativas

.

[addthis tool="addthis_inline_share_toolbox_whwi"]


Ensino Superior em estado de greve: ‘Tiramos os patrões da sua zona de conforto!’ Mobilização continua!
Saiba mais: https://bit.ly/3KGNNMO

 

Ensino superior, decisão de assembleias: estado de greve, acordo ou julgamento –  Professoras, professores e pessoal administrativo do Ensino Superior privado voltaram às assembleias nesta quarta-feira, 31/08, e decidiram por ampla maioria aceitar a proposta do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de suspender temporariamente a greve marcada para o dia 5 desde que as mantenedoras apresentem um acordo satisfatório com os sindicatos integrantes e a Fepesp.

A decisão foi a mesma nas assembleias realizadas de forma simultânea em todo o Estado. Estado de greve quer dizer que nos mantemos alertas e mobilizados. Queremos um acordo junto, com reposição da defasagem provocadas nos salários pela inflação. Queremos discutir as novas condições de trabalho geradas pela expansão desenfreada do ensino remoto. Queremos também defender nossa data base de 1º de março e todas as cláusulas já conquistadas em nossa convenção coletiva de trabalho em campanhas salariais anteriores. Rádio Peão Brasil, 01/09    https://bit.ly/3q6y4x6


Ensino Superior privado obtém avanços na campanha –  Nada está definido, ainda. Mas os professores do Ensino superior privado do Estado de São Paulo, nas palavras do professor Celso Napolitano, presidente da Federação da categoria (Fepesp), “tiraram os patrões da zona de conforto”. O professor Napolitano avalia como forte a mobilização nas bases. Ele resume a situação atual: “Avançamos duas casas no tabuleiro”. Agência Sindical, 01/09    https://bit.ly/3RfA55S

 

A volta ao Tribunal, nova data –  Na tarde desta quinta-feira, 01/09, o Tribunal Regional do Trabalho divulgou nova data para o retorno dos sindicatos e do patronal à nova sessão da audiência de conciliação: será no dia 16 de setembro, uma sexta-feira, às 14h30, também por videoconferência. A data anteriormente planejada pelo TRT seria 15/09. Fepesp, 01/09    https://bit.ly/3KGNNMO

 

Greve de professores na UNIB: mantenedora falta com respeito ao Tribunal, nova assembleia nesta sexta –  Os professores da Unib, em greve por pagamento de salários e direitos, terão nova assembleia nesta sexta-feira, 02/09, para discutir o andamento de sua paralização após a audiência realizada no Tribunal Regional do Trabalho na manhã da quinta-feira, dia 1º. Na ocasião, o patronal apenas demonstrou seu desprezo pela Justiça e a falta de caráter de seus proprietários, pois compareceram à audiência sem qualquer proposta de solução de suas graves pendências.

A representante da Unib na reunião apenas apresentou um calhamaço que disse conter recibos de depósitos de pagamentos e copias de holerites, que estão sendo verificados e analisados pelo Departamento Jurídico do Sinpro SP, para apresentação de nossa réplica ao Tribunal. Fepesp, 02/09 https://bit.ly/3cIptxs


ESCOLAS

Covid-19 fez pais procurarem escolas particulares mais baratas – Custo de vida faz rede de colégios apresentar mudança em perfil de alunos e atrair estudantes oriundos de instituições mais caras. Com menos recursos, pais optam inclusive por repensar a educação dos filhos. O efeito é descrito pela rede de escolas Luminova, voltada às classes B e C. Veja, 31/08  https://bit.ly/3TBnQSC


Tribunais apontam fraude e anulam contratos de trabalho intermitente – A Justiça tem anulado contratos de trabalho intermitente por não seguirem os requisitos previstos na Lei da Reforma Trabalhista (Lei nº 13.467, de 2017) – que instituiu a modalidade. A professora da PUC-SP e advogada trabalhista Fabíola Marques, do Abud Marques Sociedade de Advogadas, concorda que, por meio do contrato intermitente, não há garantia mínima de salário ou quantidade de horas trabalhadas por mês. Valor Econômico, 02/09  https://bit.ly/3Q8TCnx

 

Polícia abre novo inquérito para apurar mais denúncias de maus-tratos em escola de São Paulo A escola infantil Colmeia Mágica, na Zona Leste da capital paulista, é investigada por maus-tratos e tortura contra crianças. O novo inquérito foi aberto em junho e apura agressão a mais 34 crianças. CBN, 01/09   http://glo.bo/3q7YRZC

 

POLÍTICA EDUCACIONAL

Governo corta mais de R$ 1 bilhão de programa da educação básica no orçamento de 2023 – O governo federal propôs para 2023 um corte de R$ 1,096 bilhão no programa “Educação básica de qualidade” em comparação com o projeto de lei orçamentária anual deste ano. Os dados estão no Projeto de Lei Orçamentária (PLOA) enviado pelo Executivo ao Congresso na quarta-feira. Enquanto a proposta para orçamento do Ministério da Educação (MEC) para 2022 previa R$ 10,849 bilhões para o programa, a proposta para o próximo ano indicou R$ 9,753 bilhões para ele. O Globo, 01/09   http://glo.bo/3RxCPLy


Educação: um balanço da trágica gestão bolsonarista – Cortes brutais no orçamento. Falta de diálogo com governos locais. Dança de cadeiras no MEC. Ataque às universidades. Escândalos de corrupção. Novo governo terá grande desafio: o desmonte da Ciência e gigantesca evasão escolar no pós-covid. Outras Palavras, 01/09  https://bit.ly/3AGuxug

Entenda os avanços atribuídos à Lei de Cotas após dez anos de sanção-  Especialistas avaliam a política como um sucesso. Relatório do governo diz que lei aumentou inclusão e preservou qualidade de ensino. Mas ainda não houve uma convocatória do Estado para debater a questão. Folha de S. Paulo, 01/09  https://bit.ly/3xe2amj

 

ELEIÇÕES 2022

Datafolha: Lula lidera com 45%, seguido por Bolsonaro (32%), Ciro (9%) e Tebet (5%)  O desenho da corrida pelo Palácio do Planalto se manteve estável após o início do horário eleitoral de rádio e TV e sob o impacto do primeiro debate entre os presidenciáveis, aliado à repercussão das entrevistas concedidas pelos principais deles ao Jornal Nacional, na semana passada.Mas há movimentações importantes em alguns setores, e a oscilação positiva de dois candidatos na parte inferior da tabela indica que Luiz Inácio Lula da Silva (PT) terá dificuldades de matar a fatura no primeiro turno. Folha de S. Paulo 01/09   https://bit.ly/3edNDQK

 

Datafolha em São Paulo: Haddad tem 35%, Tarcísio vai a 21% e Rodrigo, a 15% –  Pesquisa do Instituto Datafolha divulgada na noite desta quinta-feira (1º), mostra que o candidato da coligação Juntos por São Paulo, Fernando Haddad (PT), mantém a liderança das intenções de voto para governador, com 35%. No entanto, na disputa pelo primeiro turno sua distância para os adversários caiu, na comparação com a pesquisa anterior, em 18 de agosto, quando teve 38%. Tarcísio de Freitas (Republicanos) segue em segundo lugar, mas subiu cinco pontos percentuais, de 16% para 21%. Também o governador Rodrigo Garcia (PSDB), que disputa a reeleição, cresceu, de 11% para 15%, e aparece em terceiro. Rede Brasil Atual, 01/09   https://bit.ly/3CPxBXB

 

TSE: se não entregar celular, eleitor será impedido de votar  O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou nesta quinta-feira (1º), por unanimidade, as alterações na Resolução nº 23.669, incluindo trechos para disciplinar a entrega do celular aos mesários e a proibição do porte de arma nos locais de votação. As normas constam dos Atos Gerais do processo eleitoral para Eleições. Na questão das armas, a norma prevê que qualquer “força armada” deverá ficar a 100 metros da seção eleitoral, não poderá se aproximar do local da votação ou entrar sem ordem judicial ou do presidente da mesa receptora. Rede Brasil Atual 01/09  https://bit.ly/3Bi4xqF

 

Saiba como votam os deputados e senadores no Congresso Nacional  Lançada em agosto pelo DIAP, a plataforma “Quem Foi Quem”, que apresenta os votos dos parlamentares em relação aos temas de interesse dos trabalhadores(as), ultrapassou os 40 mil acessos de usuários únicos, além de ter alcançado mais de 200 mil visualizações em apenas 20 dias no ar. Acesse, compartilhe e ajude mais pessoas a saberem como votam os deputados e senadores no Congresso Nacional. DIAP 01/09   http://quemfoiquem.org.br

 



Museu do Ipiranga terá exposições interativas a partir do dia 8
Estadão; 01/09
https://bit.ly/3TzW6Ol

Entre as principais novidades, estão a presença de 70 peças audiovisuais, salas imersivas, espaços interativos e acessibilidade. São cerca de 333 recursos multissensoriais disponíveis para todos os públicos, como telas táteis, maquetes e réplicas ampliadas de diversos itens do acervo.

Após nove anos de espera, o Museu do Ipiranga, na zona sul da capital paulista, será finalmente reaberto para o público geral a partir do próximo dia 8, logo após o aniversário de 200 anos da Independência. Os visitantes que forem até o local terão acesso a um total de 11 exposições distribuídas por 49 salas morte. As entradas irão ocorrer mediante agendamento prévio e serão gratuitas até 6 de novembro. Depois, será cobrada uma taxa de entrada, mas não foi especificado o valor.

A reportagem do Estadão participou de um tour pelo museu para conhecer parte das exposições. Por lá, encontrou uma série de instalações com foco em acessibilidade e em experiências sensoriais, uma das novas marcas do museu. Além de obras já consagradas, como o quadro Independência ou Morte, de Pedro Américo, e uma maquete de cinco metros de largura do próprio edifício. A obra foi feita nos anos 1880 por uma equipe liderada pelo arquiteto Tommaso Gaudenzio Bezzi.

No Salão Nobre, por exemplo, em que se tem o quadro Independência ou Morte, a curadoria organizou uma réplica da obra em alto relevo para permitir que pessoas com deficiência visual “experimentem” o que está na obra. Há ainda um painel interativo destrinchando alguns dos principais elementos do quadro, que foi concluído em 1888 e tem 7,6 metros de comprimento por 4,15 metros de altura.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio