27 de outubro de 2020|

Atualize seus alunos: Nasa diz que encontrou moléculas de água na superfície da Lua

Estudos foram publicados na segunda-feira, 26/10. Se a água encontrada é suficiente para futuros exploradores ainda não se sabe.




Nasa diz que encontrou moléculas de água na superfície da Lua
G1, Ciência e Saúde; 26/10
https://glo.bo/3kwVbwk

Moléculas estavam presas em grãos minerais. Indícios já eram investigados, mas estudo foi apresentado como a primeira ‘prova química’ de água na Lua.

Veja o vídeo aqui: https://g1.globo.com/ciencia-e-saude/video/cientistas-descobrem-agua-na-superficie-da-lua-8971357.ghtml

Dois estudos publicados nesta segunda-feira (26) na revista científica “Nature Astronomy” tratam da existência de água na superfície lunar. O mais relevante deles, conduzido pela Nasa, a agência espacial dos Estados Unidos, relata ter localizado moléculas de H2O presa em grãos minerais.Na visão de cientistas, o anúncio da agência espacial americana é a primeira confirmação de indícios já levantados por pesquisadores desde a década passada.

O que apontam os estudos:

  • Nasa diz que moléculas de água foram achadas presas em grãos de minerais
  • As moléculas foram encontradas na face iluminada da Lua
  • Estudo da Nasa é apontado como primeira “prova química” da existência de água
  • Em outra pesquisa, a Universidade do Colorado analisou microcrateras nos polos da superfície lunar e diz que elas têm potencial para abrigar pequenas porções de água congelada
  • A área das microcrateras tem 40 mil km², está em sombra permanente e a temperatura no local é de -163ºC
  • Chegada da água à Lua tem entre as hipóteses: cometas, asteróides, poeira interplanetária e até gases de erupções vulcânicas

 


Como descoberta de água na Lua pode acelerar planos da Nasa para montar base no satélite

BBC Brasil; 26/10
https://bbc.in/34xCyTq

Embora já tenha havido sinais de água na superfície lunar, essas novas descobertas sugerem que ela é mais abundante do que se pensava anteriormente. “Isso nos dá mais opções para fontes potenciais de água na Lua”, diz Hannah Sargeant, cientista espacial da Open University, na Inglaterra, à BBC News.

“A quantidade de água é aproximadamente equivalente a uma garrafa de 350 ml de água em um metro cúbico de solo lunar”, disse um dos autores do estudo, o pesquisador Casey Honniball, do Centro Goddard de Voo Espacial, da Nasa, durante uma teleconferência virtual.

Jacob Bleacher, da diretoria de exploração espacial pelos humanos da Nasa, disse que os pesquisadores ainda precisam entender a natureza dos depósitos de água. Isso os ajudaria a determinar o quão acessíveis eles são para os futuros exploradores lunares usarem.

O local para colocar uma base lunar será escolhido tendo em mente onde a água está, explica Hannah Sargeant. Segundo a pesquisadora, o objetivo é desenvolver “uma maneira mais sustentável de fazer a exploração espacial”. E para isso é necessário o uso de recursos locais, especialmente a água, explica ela à BBC News.

A agência espacial dos EUA disse que enviará a primeira mulher e o próximo homem à superfície lunar em 2024 para se preparar para o “próximo salto gigante” — a exploração humana de Marte em 2030.

 

Os destaques que podem enriquecer a sua aula

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio