4 de novembro de 2019

S J do RIO PRETO: Sinpro pressiona e Colégio Invictus cede

Após a emissão de nota de repúdio do Sinpro São José do Rio Preto em relação ao descumprimento dos prazos […]

Após a emissão de nota de repúdio do Sinpro São José do Rio Preto em relação ao descumprimento dos prazos acordados por parte dos mantenedores do Colégio Invictus, a instituição resolveu sentar novamente na mesa para negociar saídas. Através de carta, o corpo docente do colégio, conjuntamente com a diretoria do sindicato, denunciou os abusos e ameaças de demissão, caracterizando-os como prática antissindical, além de violações de direitos trabalhistas estabelecidos na Convenção Coletiva de Trabalho de seus professores.

“Depois de nossa publicação o colégio reagiu, atestando o alcance das mensagens do Sindicato. Então marcamos uma reunião para compromissar novos prazos para pagamento das dívidas do colégio aos professores”, disse a professora Letícia, diretora do Sinpro Rio Preto.

O Sinpro Rio Preto reafirma a disposição de continuar lutando até que toda situação seja regularizada e as dívidas quitadas. O Colégio Invictus deve regularizar os prazos de pagamentos, já que se mostraram dispostos a dialogar e firmar compromisso.

Confira, na íntegra, a nota emitida pelo Sindicato na sexta-feira, 02/11:

Nós do sindicato queríamos informar a todos que os novos mantenedores do Colégio Invictus nos procuraram solícitos e nos propuseram novos prazos para o pagamento de tudo o que estava atrasado. Em assembleia com os professores do colégio, vimos que tanto professores quanto mantenedores querem que os trâmites sejam realizados de forma justa.

 

 

E leia mais sobre o caso em:

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO: Sinpro na luta contra o Colégio Invictus

 

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio