27 de novembro de 2019

RIO PRETO: ex-dono de colégio devedor é preso pela PF

.

Um dos presos na operação Cadeia Alimentar II da Policia Federal – que investiga fraudes no fornecimento de merenda escolar no Estado de São Paulo – foi Edmilson do Carmo, que até agosto era dono do colégio Invictus em Rio Preto (mais informações aqui).

O Colégio Invictus tem uma pesada série de pendências trabalhistas contra seus docentes e pessoal administrativo, que incluem atrasos salariais. O colégio firmou um compromisso com o Sinpro Rio Preto de superar este atraso no mês de dezembro, bem como pagar o decimo terceiro em dia e apresentar um parcelamento de débitos do FGTS.

A Operação Cadeia Alimentar II, deflagrada nesta terça (26), cumpriu 55 mandados de busca e apreensão e 27 mandados de prisão expedidos pela 4ª Vara da Justiça Federal de Ribeirão Preto/SP.

As medidas executadas hoje visam coletar elementos que complementem as informações obtidas em colaboração premiada formalizada por dois investigados junto a Polícia Federal e Ministério Público Federal, após terem sido alvos na primeira fase da investigação (Operação Cadeia Alimentar – maio/2018).

A investigação apura irregularidades em procedimentos licitatórios e desvio de verbas relacionados à compra de merenda escolar de aproximadamente 50 municípios do Estado de São Paulo/SP.

Participam da ação mais de 240 policiais federais, os quais cumprem ordens judiciais (mandados de prisão temporária e busca/apreensão) em 27 cidades do Estado de São Paulo.

 

S J do RIO PRETO: Sinpro pressiona e Colégio Invictus cede

Recomendadas para você

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio