Federação dos Professores do Estado de São Paulo, 20 de abril de 2024

28 de novembro de 2023

Greve na Van Gogh continua

Professores da Faculdade Van Gogh, em São Paulo, recusaram por unanimidade a proposta apresentada pelos mantenedores, reforçando pagamentos de salários atrasados em parcelas até abril de 2024, e deram continuidade à greve na instituição. A Assembleia de deliberação ocorreu na tarde de segunda (27). A greve teve início no dia 13 de novembro.

[addthis tool="addthis_inline_share_toolbox_whwi"]

Professores da Faculdade Van Gogh, em São Paulo, recusaram por unanimidade a proposta apresentada pelos mantenedores, reforçando pagamentos de salários atrasados em parcelas até abril de 2024, e deram continuidade à greve na instituição. A Assembleia de deliberação ocorreu na tarde de segunda (27). A greve teve início no dia 13 de novembro.

O SinproSP ingressará com dissídio e ação coletiva em nome do corpo docente.

Luta – Os profissionais reivindicam direitos não cumpridos pela empresa. Ausência de salários e benefícios adicionais, como férias, vale transporte, PLR referente ao acordo coletivo, INSS e FGT, tentativas de negociações frustradas e ameaças de demissões a funcionários levou os professores a decretarem greve.

Sindicato – Diretor do Sinpro SP, Ailton Fernandes, afirma que o SinproSP colocará sua estrutura política e jurídica ao lado dos professores nesta luta.

MAIS – Site do SinproSP

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio