Fepesp - Federação dos Professores do Estado de São Paulo, 17 de outubro de 2024

Por Beth Gaspar em 24 de outubro de 2018

Adicional por Trabalho em Outro Município

.

O trabalho realizado em município diferente de onde o professor é contratado e presta serviços normalmente deve ser remunerado com acréscimo de 25%.

O adicional pode deixar de ser pago se ocorrer a transferência definitiva para outra cidade. Nesse caso, o professor tem garantia de emprego por seis meses. No ensino superior, ele recebe uma indenização correspondente a um salário.

Importante! No ensino superior, o adicional de 25% poderá deixar de ser pago quando se tratar de trabalho em municípios conurbanos, desde que a Mantenedora seja autorizada pelo Foro Conciliatório de Conflitos Coletivos.

crossmenu