7 de janeiro de 2021| ,

VOLTA ÀS AULAS NA FASE VERMELHA DA PANDEMIA?

Dória quer volta às aulas, presença obrigatória – mas vírus continua à solta e fazendo mais vítimas. Escolas estão preparadas?

Mesmo com os indicadores mostrando alta no número de pessoas contaminadas e nas internações por Covid-19 no Estado de São Paulo, o governador Dória defende a volta às aulas em 1º de fevereiro – com a obrigatoriedade de comparecimento dos alunos matriculados. Faz sentido?

“Sempre defendemos o retorno seguro às aulas, com o cumprimento de todas as condições sanitárias”, declara Celso Napolitano, presidente da Federação dos Professores do Estado de São Paulo nesta entrevista à TVT. “Uma ínfima minoria de escolas terá condições de oferecer todos os equipamentos de proteção individual aos educadores”.

 

Assista o vídeo com a entrevista aqui:

 

A Fepesp entende que as condições de retorno às escolas devem contemplar a possibilidade de testagem de todos os profissionais de educação, e com um programa de vacinação em andamento e em estágio avançado de imunização, que possa atender grande parte da população.

 

São Paulo: secretário diz que professor não pode ser vacinado antes de duvidosos ‘prioritários’

Pandemia agravou condições e transtornou vida dos trabalhadores na Educação

 

 

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio