Federação dos Professores do Estado de São Paulo, 21 de abril de 2024

5 de maio de 2023

05/05 – Esta sexta tem 5 assembleias do Superior, no sábado mais 3. Veja o ‘placar das assembleias’ – até agora, todas rejeitam proposta patronal.  E mais: aqui, todos os 246 nomes no ‘Conselhão’ do governo  

.

[addthis tool="addthis_inline_share_toolbox_whwi"]

Ensino Superior: confira a hora, local ou formato da sua assembleia e conheça a nossa proposta de 9 pontos aqui: https://bit.ly/3V4ylzf

 


Ensino Superior/Campanha Salarial 2023
RODADA DE ASSEMBLEIAS DE HOJE (sexta, dia 5):

     – Campinas: 05/05, sexta-feira, 17h – remota
     – Jau: 05/05, sexta-feira, 16h – no sindicato
     – Jundiai: 05/05, sexta-feira, 16h – remota (www.sinprojun.org.br)
– Saae S J do Rio Preto:
05/05, sexta-feira, 15h – no sindicato
     – Santos: 05/05, sexta-feira, 15hs, remota (assembleia@sinprosantos.org.br)

Assembleias de amanhã, sábado:
Indaiatuba, Salto, Itu: 06/05, sábado, 11h (link em http://www.sinprovales.org.br/)
Jacareí: 06/05, sábado, 9h – remota (sinprojacarei@hormail.com ou zap 12 98841-9375)
São Carlos: 06/05, sábado, 10h (link: meet.google.com/nos-jzkd-mvg)

Ensino superior: patronal não melhora proposta; sindicatos chamam assembleias A contraproposta patronal, que será deliberada nessas assembleias, não reconhece a sentença normativa do Tribunal Regional do Trabalho que, em outubro passado, determinou reajuste salarial de 10.78% a partir de março de 2022, além de garantir por quatro anos direitos inscritos na convenção coletiva de trabalho. O patronal também não repõe as perdas causadas pela inflação nos últimos doze meses, antes da data base da categoria (1º de março). Rádio Peão Brasil  04/05  https://bit.ly/3HDxMGP


PLACAR DAS ASSEMBLEIAS!

O que está em jogo: clipe curto no YouTube, assista A nova proposta patronal não tem nada de nova, não respeita a decisão do Tribunal para o reajuste de 2022 e brinca com números para o reajuste de 2023. Celso Napolitano explica, no vídeo, como nos organizamos para defender direitos consagrados em muitas campanhas salariais e insiste na importância da participação de todos e todas.  Clique na imagem acima ou o link: YouTube  03/05  https://youtu.be/c9fktime5sA

 

ENSINO MÉDIO

Revisores que fazem correção da redação do Enem estão sem pagamento Quase quatro meses após terem concluído a correção das redações do Enem 2022, mais de 3.000 revisores ainda não receberam pelo serviço prestado. Principal porta de entrada para o ensino superior, a prova, aplicada nos dias 13 e 20 de novembro do ano passado, reuniu 2,3 milhões de candidatos no país.

O pagamento aos corretores deveria ter sido feito em março. A remuneração é de responsabilidade da FGV (Fundação Getulio Vargas), que é contratada pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) para avaliar as redações dos candidatos. Folha de S. Paulo 04/05  https://bit.ly/3p6AyOt

 

Escolas de Goiânia passam a usar detectores de metal em mochilas de alunos A medida levanta discussão sobre a eficácia da estratégia de segurança para 110 mil estudantes matriculados na rede de ensino da cidade. O secretário municipal de Educação de Goiânia, Wellington Bessa, o Sintego (Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado de Goiás) e pais de alunos divergem sobre a necessidade do aparelho. Folha de S. Paulo 04/05  https://bit.ly/3nAN6xa

 

PRECARIZAÇÃO DO ENSINO

Especial, revista Cult: precarização do ensino “O problema dessas reformas educacionais é que elas expressam apenas o peso dos lobbies privados e da tecnocracia no interior das deliberações do Estado”, afirma o filósofo Vladimir Safatle.

Ao lado da filósofa Marilena Chaui, dos sociólogos Helena Singer e Jessé Souza e do diretor de políticas e diretrizes da educação integral básica do MEC Alexsandro Santos, Safatle conversou com a Cult sobre a reforma do ensino médio e a educação pública no Brasil. Revista Cult  04/05  https://bit.ly/3LzSLM0

 

Encontros do Cuidadania Desenvolvido em parceria com a LBS Advogados, o Projeto Cuidadania tem como objetivo principal construir um espaço de acolhimento, escuta, cuidados e protagonismos das professoras sindicalizadas. Serão seis encontros ao todo, um por mês  — de maio a novembro de 2023 (exceto julho) —, com uma hora e meia de duração cada. O primeiro está marcado para 30 de maio, às 19 horas, presencialmente, na Rua Borges Lagoa, 170, Vila Clementino.

O tema de estreia será “Ataques nas escolas e condições de trabalho das professoras. O projeto oferece vagas limitadas, para 30 professoras sindicalizadas. A inscrição terá um valor simbólico de R$100,00, que será restituído de forma proporcional, de acordo com as participações nos encontros  SinproSP 03/05  https://bit.ly/3p7hlwd

 

Sesi/Senai-SP: acordos coletivos já no site – Os acordos coletivos conquistados na campanha salarial 2023 das professoras, professores e técnicos de ensino no Sesi e no Senai de São Paulo estão publicados na íntegra no site da Fepesp. Consulte no link ou baixe a versão em PDF. Fepesp  04/05  https://fepesp.org.br/categorias-noticia/acordos-coletivos-sesi-senai-senac/

 

 

Lula recria o ‘Conselhão’ e conselheiros tomam posse
Rádio Peão Brasil  04/05
https://bit.ly/3NHpzFJ

Lula da Silva assinou nesta quinta-feira (4), o decreto que recria o Conselho de Desenvolvimento Econômico Social Sustentável (CDESS), o chamado ‘Conselhão’. O espaço é destinado a debater agendas e temas de interesse dos mais diversos segmentos da sociedade.

Criado em 2003, o Conselhão funcionou por mais de 15 anos, até ser extinto em 2019. Lula destacou que políticas como o Minhas Casa, Minha Vida, o Programa de Aceleração do Crescimento, o crédito consignado e a política de valorização do salário mínimo surgiram de diálogos do colegiado. Para o presidente, o conselho desempenhará um papel importante para vencer desafios como a fome, as desigualdades e as urgências ambientais.

“Não é espaço para as pessoas falarem bem do governo, para só fazer diagnostico, é espaço para vocês ajudarem a governar o país e dizer como vocês querem que as cosias sejam feitas”, disse Lula aos conselheiros, durante a instalação do colegiado, no Palácio do Itamaraty, em Brasília.

 

Quem são os 246 integrantes do ‘Conselhão’

  • Abilio Diniz, membro do Conselho de Administração do grupo Carrefour
  • Adalberto Souza Galvão (Bebeto), vice-prefeito de Ilhéus (BA) e suplente do líder do governo no Senado, Jaques Wagner (PT-BA)
  • Ademir Venturin, diretor da Cacauway
  • Adilson Gonçalves de Araújo, presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB)
  • Adilson Monteiro Alves, ex-dirigente do Corinthians e idealizador da Democracia Corinthiana
  • Adriana Barbosa, fundadora da Feira Preta, maior evento de cultura negra da América Latina
  • Adriana Marcolino, socióloga e técnica do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese)
  • Airton Cano, coordenador da Federação dos Trabalhadores do Ramo Químico (Fetquim-CUT) em São Paulo
  • Alberto Borges, doutor em economia e professor da Universidade de São Paulo (USP)
  • Alcielle dos Santos, presidente da cooperativa de Professores Cipó Educação
  • Alcione Albanesi, idealizadora e presidente da ONG Amigos do Bem
  • Ale Youssef, gestor cultural e ex-Secretário Municipal de Cultura de São Paulo
  • Alessandra França, diretora do Banco Pérola
  • Alessandro de Conceição “Sorriso”, fundador e presidente da associação Entregadores Profissionais Autônomos de Brasília (Amae-DF)
  • Alexandra Segantin, CEO do Grupo Mulheres Brasil e membro do Núcleo de Promoção de Direitos Humanos da OAB-SP
  • Aline Sousa, representante do Movimento Nacional dos Catadores de Recicláveis
  • Ana Carolina Lima Costa, membro da coordenação da Associação Brasileira de Juristas pela Democracia
  • Ana Fontes, fundadora da Rede Mulher Empreendedora
  • Ana Inoue, superintendente do Itaú Educação e Trabalho
  • Ana Karina Bortoni Dias, diretora-presidente do banco BMG até o fim de janeiro
  • Ana Paula Vescovi, economista e ex-secretária do Tesouro Nacional
  • André Junqueira Ayres Villas Boas, indigenista e secretário-executivo do Instituto Socioambiental (ISA)
  • André Passos Cordeiro, diretor da Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim)
  • Antonia Cleide Alves, presidente da União de Núcleos, Associações dos Moradores de Heliópolis e Região (Unas) e educadora popular
  • Lula: Conselhão é fundamental para políticas de redução das desigualdades
  • Antônio Augusto de Queiroz (Toninho), consultor do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap)
  • Antonio Fernandes dos Santos Neto, presidente da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB)
  • Aristides Veras dos Santos, secretário-geral da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag)
  • Atílio Rulli, vice-presidente de Relações Públicas da Huawei na América Latina e Caribe
  • Ayala Ferreira, membro da direção nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST)
  • Bela Gil, culinarista, apresentadora e ativista
  • Benilda Brito, CEO da Múcua Consultoria
  • Braulina Aurora, indígena do povo Baniwa (Amazônia)
  • Bruna Brelaz, presidente da União Nacional dos Estudantes
  • Bruno Queiroga, advogado
  • Bruno Sindona, fundador da desenvolvedora imobiliária Sindona
  • Caio Magri, diretor-presidente do Instituto Ethos
  • Camila Moradia, ativista do Morro do Alemão pelo direito à habitação popular
  • Candido Júnior, vice-presidente comercial da Hapvida
  • Carla Crippa, criadora do projeto Água AMA da Ambev
  • Carlos Antonio Luque, presidente da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe)
  • Carlos Erane de Aguiar, presidente do Sindicato Nacional das Indústrias de Materiais de Defesa (Simde)
  • Chaim Zaher, fundador e CEO do Grupo SEB de educação internacional
  • Chieko Aoki, fundadora e presidente da rede Blue Tree Hotels
  • Claudia Costin, administradora, economista e ex-diretora para Educação no Banco Mundial
  • Claudine Bayma, diretora-geral do Kwai no Brasil
  • Cláudio Loureiro, fundador e CEO da agência de publicidade Heads
  • Claudio Luiz Lottenberg, presidente do Conselho da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein e da Confederação Israelita do Brasil (Conib)
  • Claudio Medeiros, diretor do grupo Novonor (antiga Odebrecht)
  • Clemente Ganz Lúcio, membro do Conselhão original e ex-diretor técnico do Dieese
  • Conrado Leister, diretor da Meta no Brasil
  • Cristiana Menezes Santos, professora da Universidade Federal da Bahia e ex-superintendente do Procon-BA
  • Cristina Assunção, membro fundadora do Coletivo Slam da Guilhermina
  • Cristina Junqueira, cofundadora do Nubank
  • Lula reclama no Conselhão que não se pode falar de juros
  • Cristina Pinho, membro do conselho do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa e da plataforma investidores
  • Davi Kopenawa, escritor, ator e liderança Yanomami
  • Débora Guerra, CEO na Trivento Educação e vice-presidente da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (Abmes)
  • Deh Bastos, diretora de criação na Publicis Brasil e criadora do “Criando Crianças Pretas”
  • Denis Mizne, CEO da Fundação Lemann e fundador do Instituto Sou da Paz
  • Deyvid Souza Bacelar da Silva, coordenador-geral da Federação Única dos Petroleiros (FUP)
  • Dirlene Silva, economista e professora
  • Dora Cavalcanti, advogada criminalista, fundadora do Innocence Project Brasil
  • Douglas Belchior, educador e liderança social conhecido como Negro Belchior
  • Duda Falcão, CEO e fundadora da Eleva Educação
  • Edson Lopes, diretor da multinacional de transportes Flixbus
  • Eduardo Calderari, presidente da Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa (Interfarma)
  • Eduardo Navarro, executivo da Telefónica
  • Eduardo Vassimon, executivo da Votorantim
  • Eduardo Wurzmann, executivo da Focus Energia e investidor de startups de educação
  • Edvaldo Vieira, CEO da Amil
  • Elbia Gannoum, presidente da Associação Brasileira de Energia Eólica
  • Elisa Wandelli, vice-presidente do Conselho de Administração do Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia
  • Emanuel Teles Oliveira, empresário do ramo hoteleiro em Sergipe
  • Emerson Kapaz, empresário, ex-deputado federal e ex-secretário de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo
  • Enilson Simões de Moura, presidente do Sindicato dos Empregados das Ceasas de São Paulo (Sindbast)
  • Ennio Candotti, ex-presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência e atual diretor do Museu da Amazônia
  • Eraí Maggi Scheffer, um dos maiores produtores de soja e algodão do país (e primo do ex-ministro Blairo Maggi)
  • Erasmo Carlos Battistella, empresário ligado ao agronegócio e ao biodiesel
  • Esther Bemerguy, economista, ex-secretária do Conselhão e membro do grupo de Desenvolvimento Regional da transição de governo
  • Não existe governo democrático sem participação popular, diz Sérgio Nobre
  • Eunice Cabral, presidente do Sindicato das Costureiras de São Paulo
  • Fábio Coelho, diretor-executivo da Google no Brasil
  • Fabrício Bloisi, CEO do iFood
  • Felipe Neto, influenciador digital
  • Fernanda Burle, fundadora do Instituto SHE
  • Fernando Augusto Quintella, membro do Conselho de Empreendedores da Amazônia
  • Fernando Guimarães, fundador da plataforma Direitos Já
  • Floriano de Azevedo Marques, professor titular de direito administrativo e diretor da Faculdade de Direito da USP
  • Francisco Dal Chiavon, presidente da União Nacional das Organizações Cooperativistas Solidárias (Unicopas) e membro do MST
  • Francisco Gomes Neto, CEO da Embraer
  • Frank Rogieiri Souza de Almeida, presidente do Fórum Nacional das Atividades de Base Florestal
  • Franklin Félix, coordenador-geral da Associação Brasileira de ONGs
  • Gabriel Chalita, advogado, professor de filosofia e ex-secretário de Educação de São Paulo
  • Germano Rigotto, ex-governador do Rio Grande do Sul
  • Gilberto Tomazoni, CEO da JBS
  • Gilson Finkelsztain, CEO da Bolsa de Valores de São Paulo (B3)
  • Gino Paulucci Jr, presidente do Conselho de Administração da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq)
  • Glauco Arbix, sociólogo especialista em teoria da inovação e sociologia econômica
  • Glauco Humai, presidente da Associação Brasileira de Shopping Centers
  • Glória Caputo, musicista paraense e ex-superintendente da Fundação Carlos Gomes
  • Graça Costa, presidente do Diap
  • Helena Nader, ex-presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e atual presidente da Academia Brasileira de Ciências
  • Heleno Manoel Gomes Araújo Filho, presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação
  • Helio Rotenberg, presidente da Positivo Tecnologia
  • Heloisa Soares, coordenadora-executiva da Frente de Luta pela Moradia
  • Ilona Szabó, especialista em segurança pública e política de drogas e diretora-executiva do Instituto Igarapé
  • Ilson Mateus, controlador da rede de supermercados Grupo Mateus
  • Ingrid Barth, presidente da Associação Brasileira de Startups (Abstartups)
  • ‘Mercado controla’: Banco Central é criticado por manter juros a 13,75%
  • Isaac Sidney Menezes Ferreira, presidente da Federação Brasileira de Bancos (Febraban)
  • Ivone Maria da Silva, presidente do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região
  • Janete Vaz, presidente do Conselho de Administração do Grupo Sabin
  • Jeanine Pires, diretora da CVC Corp
  • Jeovani Salomão, presidente do Conselho do AYO Group e da Memora Processos Inovadores
  • João Carlos Nogueira, diretor da Coordenação Nacional de Entidades Negras (Conen)
  • João Domingos Gomes dos Santos, presidente da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil (CSPB)
  • João Martins da Silva Jr., pecuarista e ex-presidente da Confederação Nacional da Agricultura (CNA)
  • Jorge Furtado, cineasta
  • Jorge Moll Filho, presidente do conselho de administração da Rede D’or São Luiz
  • José Carlos R. Martins, presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC)
  • José Felix, presidente da Claro e da Telebrasil – Associação Brasileira de Telecomunicações
  • José Garcia Netto, presidente da Caruana Financeira
  • José Henrique Cutrale, herdeiro do bilionário José Luis Cutrale, conhecido como “Rei das Laranjas”
  • José Ricardo Montenegro Cavalcante, presidente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec)
  • José Roberto Tadros, presidente da Confederação Nacional do Comércio (CNC)
  • José Seripieri Filho (Junior), fundador da Qualicorp
  • José Vicente, fundador e reitor da Universidade Zumbi dos Palmares
  • Joseph Couri, presidente do Sindicato da Micro e Pequena Indústria do Estado de São Paulo (SIMPI)
  • Josué Gomes, presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp)
  • Josué Rocha, coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST)
  • Juliana Marra, executiva da Unilever
  • Júlio Barbosa, presidente do Conselho Nacional das Populações Extrativistas
  • Júlio Lancellotti, pároco da paróquia de São Miguel Arcanjo na Mooca (SP) e ativista pelos direitos da população em situação de rua
  • Juvandia Moreira Leite, presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT)
  • Katia Maia, diretora-executiva da Oxfam Brasil
  • Para lembrar: Conselhão de Temer muda formato e dispensa nomeados por Dilma
  • Keila Simpson, presidente da Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra)
  • Kleber Karipuna, líder da Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coiab) e da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib)
  • Laércio Cosentino, fundador e presidente do Conselho de Administração do Grupo Totvs
  • Laura Carvalho, economista e escritora
  • Leila Pereira, presidente do Palmeiras
  • Leonildo José Monteiro, coordenador do Movimento Nacional da População de Rua e membro do Conselho Nacional de Direitos Humanos
  • Liel Miranda, CEO da Mondelez no Brasil
  • Lígia Moreiras, doutora em saúde coletiva e criadora do projeto “Cientista que virou mãe”
  • Lilia Schwarcz, historiadora, escritora e professora da USP
  • Luana Genot, fundadora do Instituto Identidades do Brasil
  • Lucas Kallas, presidente do conselho da Cedro Participações
  • Lucas Vargas, CEO do banco digital Nomad
  • Luciano Dias Monteiro, diretor global da Santillana Latinoamérica
  • Ludhmila Hajjar, médica cardiologista e intensivista e membro da transição do atual governo
  • Luis Roberto Pogetti, presidente do conselho de administração da cooperativa de açúcar e etanol Copersucar
  • Luiz Carlos Trabuco Cappi, presidente do Conselho de Administração do Bradesco
  • Luiza Helena Trajano, empresária da rede varejista Magazine Luiza
  • Manoel Monteiro, diretor da Cooperativa dos Extrativistas do Acre (Cooperacre)
  • Marcel Fukayama, administrador, empreendedor social e co-fundador da Din4mo e do sistema B Brasil
  • Marcelo Abritta, cofundador e CEO da Buser
  • Marcelo Kayath, ex-presidente do Crédit Suisse e sócio da QMS Capital
  • Marcelo Moraes, presidente do Fórum de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Setor Elétrico (Fmase)
  • Marcelo Pereira Malta de Araujo, diretor do Grupo Ultra
  • Márcia Caldas Fernandes, presidente do Sindicato dos Comerciários de São Paulo
  • Márcio de Lima Leite, presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea)
  • Marcio Lopes de Freitas, presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras (Sistema OCB)
  • ‘Vamos reabilitar ambiente de relação institucional’, promete Padilha
  • Marco Aurélio Carvalho, fundador da Associação Brasileira de Juristas pela Democracia e do Grupo Prerrogativas
  • Marcos Antonio Molina dos Santos, presidente dos Conselhos de Administração da Marfrig e da BRF
  • Marcos Guerra, ex-presidente da Federação das Indústrias do Espírito Santo
  • Marcos Marinho Lutz, presidente do Grupo Ultra
  • Marcos Stefanini, CEO da Stefanini
  • Marcus Vinicius Furtado Coêlho, presidente da Comissão Nacional de Estudos Constitucionais do Conselho Federal da OAB
  • Margareth Matiko Uemura, urbanista e coordenadora do Instituto Polis
  • Maria Auxiliadora dos Santos, presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras nas Indústrias de Instrumentos Musicais e Brinquedos do Estado de São Paulo (Sindbrinq)
  • Maria Cleide Queiroz, membro do Coletivo dos Trabalhadores e Trabalhadoras com Deficiência da CUT
  • Maria da Glória Guimarães dos Santos, presidente do Ayo Group e ex-executiva dos Correios e do Banco do Brasil
  • Maria Elisa Baptista, presidente do Instituto dos Advogados do Brasil
  • Maria Judite da Silva Ballerio Guajajara, advogada e indígena do povo Tentehar Guajajara (MA)
  • Maria Paula Dallari Bucci, professora da Faculdade de Direito da USP e líder do Grupo de Pesquisa Estado, Direito e Políticas Públicas
  • Marina Grossi, presidente do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS)
  • Marlova Jovchelovitch Noleto, diretora da Unesco no Brasil
  • Martinha Clarete Dutra dos Santos, mestre em educação e ex-diretora de Educação Especial do Ministério da Educação
  • Maysa Benevides Gadelha, vice-presidente da Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários (Unisol)
  • Miguel Torres, presidente da Força Sindical
  • Milton Maluhy Filho, CEO do Itaú Unibanco
  • Moacyr Roberto Tesch Auersvald, 1º vice-presidente da Nova Central
  • Lula no 1º de Maio em São Paulo: ‘Taxa de juros controla o desemprego’
  • Moisés Selerges, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
  • Mônica Veloso, vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco
  • Nalu Faria, coordenadora da Sempreviva Organização Feminista (SOF)
  • Nath Finanças, influenciadora digital
  • Nayana Sampaio, diretora de Políticas Públicas da Amazon Web Services Brasil
  • Neca Setúbal, socióloga, banqueira e acionista do Itaú-Unibanco
  • Nelson Azevedo Jobim, jurista e ex-presidente do Supremo Tribunal Federal
  • Nelson Mussolini, presidente do Sindusfarma
  • Nilza Pereira, secretária-geral da Intersindical
  • Nina da Hora, cientista da computação, pesquisadora e influenciadora
  • Nina Silva, CEO do Movimento Black Money & D’Black Bank
  • Patricia Audi, diretora-executiva do movimento RenovaBR
  • Patricia Villela Marino, presidente do Instituto Humanitas360
  • Patriciana Maria de Queirós Rodrigues, presidente do conselho da rede de farmácias Pague Menos
  • Paulo Sousa, presidente da Cargill no Brasil
  • Pedro Godoy Bueno, CEO do Grupo Dasa
  • Pedro Ivo Moura, executivo do Grupo Moura, do ramo de autopeças
  • Pedro Wongtschowski, presidente do Conselho de Administração do Grupo Ultra
  • Preto Zezé, empreendedor, produtor artístico e musical, escritor, ativista e presidente global da Central Única das Favelas (Cufa)
  • Priscila Cruz, presidente-executiva do Todos pela Educação
  • Priscila Pamela C. Santos, advogada criminalista e presidente da Comissão Política Criminal e Penitenciária da OAB-SP
  • Raimundo Bonfim, coordenador geral da Central dos Movimentos Populares (CMP)
  • Reinaldo Bulgarelli, consultor em diversidade e ex-secretário-executivo do Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+
  • Renata Piazzon, diretora-executiva do Instituto Arapyaú e co-facilitadora da Coalizão Brasil Clima, Florestas e Agricultura
  • Rene Silva dos Santos, fundador e editor-chefe do jornal Voz das Comunidades
  • Ricardo Manuel dos Santos Henrique, superintendente do Instituto Unibanco
  • Ricardo Patah, presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT)
  • Construir um projeto de país com desenvolvimento sustentável. Por Vagner Freitas
  • Roberto Bischoff, presidente da petroquímica Braskem
  • Roberto Kalil Filho, diretor da cardiologia do Hospital Sírio-Libanês e médico de Lula
  • Robson Braga de Andrade, presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI)
  • Rodrigo Dienstmann, presidente da Latam
  • Rodrigo Fernandes Afonso, diretor-executivo da ONG Ação da Cidadania
  • Rodrigo Galindo, diretor da Cogna Educação, que inclui o grupo Kroton
  • Rodrigo Navarro, CEO da Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat)
  • Rodrigo Sabatini, presidente do Instituto Lixo Zero
  • Rosana Onocko Campos, médica, psicanalista e presidente da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco)
  • Rosangela Hilário, professora da Universidade Federal de Rondônia (Unir) e ativista pela igualdade racial
  • Rosângela Lyra, ex-CEO da Dior e fundadora do movimento Política Viva
  • Roseli de Deus Lopes, pesquisadora de tecnologias aplicadas à educação e professora da Universidade de São Paulo
  • Rosilane Jardim Vicente dos Santos, empresária e diretora criativa da rede de loja de roupas KaramelloRio
  • Rosilda Prates, presidente da P&D Brasil
  • Rubens Ometto, presidente do Conselho de Administração da Cosan, Raízen e Comgás
  • Sérgio Bortolozzo, presidente da Sociedade Rural Brasileira
  • Sérgio Butka, presidente da Força Paraná e do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba
  • Sérgio Luiz Leite, presidente da Federação dos Trabalhadores Químicos no Estado de São Paulo e vice-presidente da Força Sindical
  • Sergio Nobre, presidente nacional da Central Única dos Trabalhadores (CUT)
  • Sérgio Zimerman, CEO e fundador da rede Petz
  • Silvia Penna, diretora-geral da Uber no Brasil
  • Silvio Meira, fundador do Porto Digital e pesquisador nas áreas de engenharia de software e inovação
  • ATL 2023: Lula assina demarcação de seis novas Terras Indígenas
  • Sueli Carneiro, filósofa, escritora e ativista antirracismo
  • Tania Bacelar, economista e especialista em desenvolvimento regional
  • Tânia Cosentino, presidente da Microsoft no Brasil
  • Teresa Vendramini, socióloga, pecuarista e ex-presidente da Sociedade Rural Brasileira
  • Vander Costa, presidente da Confederação Nacional do Transporte
  • Venilton Tadini, presidente da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base
  • Vera Lúcia, advogada, ativista e ex-secretária de Igualdade Racial do DF
  • Vercilene Dias, assessora jurídica da Coordenação Nacional de Articulação de Quilombos (Conaq)
  • Vicente Abate, presidente da Associação Brasileira da Indústria Ferroviária (Abifer)
  • Victor Bicca, presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerantes e de Bebidas Não Alcoólicas (Abir)
  • Virgílio Viana, superintendente geral da Fundação Amazônia Sustentável (FAS)
  • Vitor Magnani, presidente do Movimento Inovação Digital (MID)
  • Viviane Sedola, CEO e fundadora da plataforma Dr. Cannabis
  • Walfrido dos Mares Guia, ex-ministro do Turismo e de Relações Institucionais dos primeiros mandatos de Lula
  • Walfrido Warde, presidente do Instituto para Reforma das Relações entre Estado e Empresa (Iree)
  • Wilson Ramos Filho (Xixo), advogado, doutor e professor de Direito do Trabalho na Universidade Federal do Paraná (UFPR)
  • Wolf Kos, presidente do Instituto Olga Kos de Inclusão
  • Zélia Amador de Deus, professora universitária, militante dos direitos da população negra, atriz e diretora de teatro
  • Zienhe Castro, cineasta e produtora cultural

Rede Brasil Atual  04/05  https://bit.ly/3peoOJZ

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio