Fepesp - Federação dos Professores do Estado de São Paulo

Por agencia sindical em 17 de agosto de 2023

Margaridas mostram força e ampliam conquistas

As margaridas percorreram cerca de seis quilômetros. Parte do trajeto teve participação de Janja Lula da Silva; da ministra das Mulheres, Cida Gonçalves; ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco; de deputadas e outras lideranças feministas.

Diálogo - Vários ministros e ministras receberam as trabalhadoras e debateram a pauta entregue por mulheres de todas as Regiões. No encerramento do evento, Lula falou: “Que bom estar de mãos dadas com tantas Margaridas na reconstrução do Brasil”.

Palco - Na Esplanada dos Ministérios, de onde o Presidente e titulares de várias Pastas deram respostas à Pauta da Marcha das Margaridas, entregue ao governo em 21 de junho. O nome da inspiradora do movimento, a sindicalista rural Margarida Maria Alves, passa a constar do Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria.

Várias resoluções:
- Reinstalação do Fórum Nacional de Políticas para as Mulheres Agricultoras do Campo, da Floresta e das Águas.
- Fórum de Discussão para questões das mulheres Pescadoras, Marisqueiras e das Águas por uma política nacional ao setor.
- 270 unidades móveis - carros, vans e outros - que possam chegar a qualquer lugar, com profissionais de saúde, delegacias e outras áreas necessárias.
- Ouvidoria Itinerante.
- Criação de 90 mil quintais produtivos.
- R$ 25 milhões para a prática agroecológica.
- Programa Cidadania e Bem Viver, com os Ministérios do Trabalho, Mulheres e da Previdência, pra retomar o Programa Nacional de Documentação da Mulher Trabalhadora Rural.
- Programa emergencial de Reforma Agrária - assentar 7.200 famílias, sendo 5.700 com novos assentamentos e 1.500 com crédito fundiário.
- Regularizar 40 mil famílias em assentamentos.
- R$ 300 milhões em crédito de instalação para as famílias da reforma agrária.
- Plano Nacional de Juventude e Sucessão Rural.
- Comissão Nacional de Enfrentamento à Violência no Campo.
- R$ 100 milhões para compra de leite, bem como aumentar a produtividade da cadeia de leite.

LULA - Assinou vários decretos (entre outros):
- Instituição do Programa Quintais Produtivos.Comissão de Enfrentamento à Violência no Campo. GT Interministerial para o Plano Nacional de Juventude e Sucessão Rural.Programa Nacional de Cidadania e Bem Viver para as Rurais.Pacto Nacional de prevenção ao feminicídio. Retomada do Bolsa Verde, de apoio à conservação ambiental.

Emoção - Mazé Morais, secretária de Mulheres da Contag e coordenadora-geral da Marcha das Margaridas, emocionou o presidente com sua fala. Disse: “Querido Lula. Essa Marcha tem um significado muito grande pra nós. Foram quatro anos de muitas reuniões, conversas nos roçados e beiras de rios, pra hoje estarmos aqui. Agradecemos muito ao seu governo por ser atencioso com todas nós ao receber a nossa pauta. Estamos com muita esperança”.E concluiu: “Lula, estamos contigo e queremos ajudar a reconstruir o Brasil”.

Lula estava feliz. Sua fala: “É uma alegria enorme estar aqui mais uma vez. A felicidade é ainda maior por poder assinar atos que convergem para a autonomia e inclusão produtiva das mulheres rurais. A retomada da reforma agrária, os quintais produtivos, o estímulo à agroecologia. O acesso à terra, à titulação, ao crédito, equipamentos e todo apoio necessário pra plantar e produzir cada vez mais. Prioridades definidas por vocês, demandas que temos o prazer de atender, pra que as mulheres do campo, floresta e águas possam viver com dignidade e direitos”.

O Presidente Lula relembrou sua condição em 2019. “Quando vocês andavam sob o sol da Esplanada, eu estava preso em Curitiba. Estava distante, mas ouvi o grito por justiça. Ouvi quando vocês clamaram por Lula Livre. Aqui, em Brasília, o companheiro Haddad leu uma resposta à carta de vocês. Nela eu reafirmo, e reafirmo agora, outra vez, nosso compromisso de construir um País mais justo, mais carinhoso com as mulheres e generoso com as mais pobres. Um País feito pelas mãos das mulheres, como vocês Margaridas. Mulheres que saíram de tantos cantos, que viajaram quilômetros e longas horas, e somaram sua voz a esse grito de esperança”.

MAIS - Site da Contag e das Centrais Sindicais

crossmenu