Federação dos Professores do Estado de São Paulo, 20 de abril de 2024

10 de fevereiro de 2023

10/02 – Superior tem duas assembleias hoje e cinco neste sábado, Justiça de MG obriga crianças em homeschooling a ir para a escola, um simpósio com as ideias de Milton Santos, e mais: livraria Cultura, falida, deu calote em funcionários

.

[addthis tool="addthis_inline_share_toolbox_whwi"]

Ensino Superior: nós não desistimos de 2022 e exigimos nossos direitos em 2023! Hoje a assembleia é no Sinpro ABC e Campinas e, amanhã, sábado, a rodada de assembleias continua em Bauru, Jacareí, Sorocaba, São Carlos e no Sinprovales de Indaiatuba, Salto e Itú! Participe: https://bit.ly/3HJf0OZ

 

Ensino superior: hoje a assembleia é no ABC e em Campinas  A mobilização nesta Campanha Salarial Ensino Superior 2023 segue nesta semana com uma rodada de assembleias. As de hoje:

ABC –  10/02, às 16h30 Solicite o link de acesso em assembleia@sinpro-abc.org.br
Campinas – 10/02, sexta-feira, 17h, via link https://us02web.zoom.us/j/87154929640

E amanhã, sábado, tem mais!

Bauru – 11/02 às 10hs em primeira e 10:30 em segunda – presencial na sede do sindicato
Jacareí – 11/02 as 9h. Solicitar link para participação via email: sinprojacarei@hotmail.com ou watts 12 98841 9375.
São Carlos – 11/02, sábado, 10 h – assembleia on line – link será enviado após a sua inscrição
Sinprovales – 11/02, sábado, 11h – via zoom, inscrições pelo email sinprovales@uol.com.br
Sorocaba – 11/02 – sábado 9h30 – 1ª chamada 10h – 2ª chamada Solicitação do link via WhatsApp (15) 99175-3963

 

ENSINO

MEC anuncia liberação de R$ 250 milhões para obras paradas de escolas – O Brasil tem 4 mil obras paradas apenas entre escolas e creches. Em todos os setores, o governo Lula herdou 14 mil. “O presidente já quer retomar, andar, inaugurar obras no país, inaugurar creches, escolas, enfim, nós estamos fazendo tudo numa programação para que em breve ele possa percorrer estados brasileiros, municípios brasileiros, entregando obras importantes para a população na área da educação ainda em janeiro”, disse o ministro Camilo Santana. Rede Brasil Atual  09/02  https://bit.ly/3x8I7VT

 

MG: pais são obrigados a levar filhos educados em casa a escolas – A Justiça de Minas Gerais determinou que os pais de duas crianças, de 7 e 8 anos, deverão matricular os filhos na escola para cursar o ano letivo de 2023. A família, que mora no interior do estado, é adepta do ensino domiciliar, o chamado homeschooling.

Segundo a determinação, eles devem comprovar a matrícula, nas redes pública ou particular, anexando o documento ao processo judicial. O caso foi analisado pela 1ª Instância da cidade onde a família mora e, apesar de os pais terem recorrido, a decisão foi mantida. Determina o STF que o homeschooling não pode ser praticada no país por ausência de regulamentação UOL  09/02  https://bit.ly/3YqVeh1

 

Os grandes desafios educacionais do Brasil, a partir do Censo Escolar da Educação Básica 2022 – Aprendizagem na idade certa, combate à exclusão escolar e ampliação da oferta de ensino em tempo integral estão entre as políticas-chave do governo Lula para a educação básica. Carta Capital  09/02  https://bit.ly/3IfMy7I

 

Simpósio discute educação a partir das ideias de Milton Santos-  O Simpósio Milton Santos e a Educação acontece nesta segunda-feira, dia 13, às 8h30 Com participação de professores e pesquisadores da USP e de outras universidades públicas brasileiras, o evento tem curadoria de Menezes, Naomar Almeida Filho, titular da cátedra e professor da Universidade Federal da Bahia (UFBA), e Ana Fernandes, também docente da UFBA. As atividades acontecerão no auditório do IEA, com transmissão ao vivo pelo Youtube (aqui). Jornal da USP  09/02  https://bit.ly/3S3XHMd

 

SINDICATOS

Sinpro ABC conquista vitória e recupera mais de R$ 1 mi a professores do Jean Piaget – Vitória da categoria! O SINPRO ABC conquistou valores relacionados ao descumprimento de direitos trabalhistas a professores do Colégio Jean Piaget, em São Bernardo do Campo, totalizando mais de R$ 1 milhão. Nesta quarta-feira (8/2), docentes aprovaram, em assembleia virtual, a proposta de pagamento parcelado em cinco vezes, a começar no dia 28 de fevereiro (até 28 de junho). Sinpro ABC 08/02  https://bit.ly/3Ym4SBE


Professores da rede estadual de educação em Minas fazem paralisação por reajuste salarial –
Professores da rede estadual de ensino em Minas Gerais decidiram paralisar as atividades nesta quarta-feira (8). A categoria cobra do governo do estado cumprimento de reajuste salarial de quase 15% anunciado pelo MEC, em janeiro deste ano.

Segundo o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG), a decisão ocorreu após o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) retirar da pauta o julgamento em busca de uma mediação entre as partes.G1 09/02  http://glo.bo/3Yj97Or

 

ARTIGO

Como as crianças vivenciam novidades do primeiro dia de aula – O primeiro dia de aula de uma criança inaugura uma experiência que a acompanhará durante toda a sua vida escolar. Tem quem lembra desse dia como um momento de curiosidade, em que correu para brincar com outras crianças. Tem quem só lembra das sensações de ansiedade, como frio na barriga e medo de rejeição. Esse dia é cheio de novidades, para as crianças, mas também para os responsáveis. Por Michele Bravos em Nexo 09/02  https://bit.ly/3IaWWwj

 

 

Sem final feliz: Livraria Cultura tem falência decretada pela Justiça de SP
Seu Dinheiro  09/02
https://bit.ly/3Xm76zt

A histórica Livraria Cultura, fundada em 1947, não cumpriu com os acordos firmados na recuperação judicial e teve a falência decretada

Nem todo livro termina numa nota positiva — e, ao que tudo indica, a história da Livraria Cultura não terminará com todos felizes para sempre. Há pouco, a Justiça de São Paulo decretou a falência da histórica rede de lojas; o grupo estava em recuperação judicial desde 2018.

Em decisão proferida há pouco, o juiz Ralpho Monteiro Filho, da 2ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais do Tribunal de Justiça de São Paulo, recapitula os problemas recentes da companhia e adota um tom quase literário em sua argumentação — até chegar à trágica conclusão.

“É notório o papel da Livraria Cultura, de todos conhecida”, diz o juiz. “Notória a sua (até então) importância, e não apenas para a economia, mas para as pessoas, para a sociedade, para a comunidade não apenas de leitores, mas de consumidores em geral”.

 

Lembrando: Livraria Cultura é acusada de demissões irregulares e ‘calote’ geral a funcionários – A rede de lojas de livros Livraria Cultura, uma das mais conhecidas do país, por suas lojas enormes e suntuosas em grandes centros comerciais, está sendo acusada por funcionários de “calotes” trabalhistas generalizados e demissões irregulares. Segundo reportagem do portal de notícias UOL, 50 funcionários de três unidades da Livraria Cultura em São Paulo acusam a rede de tê-los demitido fora das regras estabelecidas pelo governo federal para a pandemia do novo coronavírus. Os funcionários demitidos contam que a empresa sequer pagou-lhes os valores rescisórios, nem vinha depositando o FGTS nos últimos meses. Yahoo! 20/01/21  https://bit.ly/3HT738u

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio