10 de junho de 2020

EDUCADOR DEVE DECIDIR COMO SERÁ SEU RETORNO ÀS AULAS

Volta às aulas, quando ainda não chegamos ao auge da pandemia? Isso, agora, será uma decisão irresponsável, certamente induzida por motivação política e não por critérios de saúde. Os profissionais de educação devem ser ouvidos, devem participar na elaboração de protocolos de acolhimento, já que estamos na linha de frente da educação. Não bastam critérios para a recepção de alunos nas escolas. Os seus pais e também os educadores devem ser ouvidos – e iremos ampliar o debate e até levar o caso aos ministério público, se a suspensão de aulas for relaxada antes que se tenha o controle do coronavírus.

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio