19 de junho de 2019| ,

EDUCAÇÃO BÁSICA: DISSÍDIO VAI A JULGAMENTO

Campanha salarial na educação básica em dissidio, agora vai a julgamento Em audiência realizada na terça-feira, 18/06, no Tribunal Regional do Trabalho em São Paulo, os representantes patronais recusaram qualquer acordo com os professores na Educação Básica e rejeitaram a proposta formulada semanas antes pelo próprio Tribunal “O lado patronal demonstrou novamente sua intransigência ao recusar uma proposta conciliatória formulada em tribunal’, disse Celso Napolitano, presidente da Fepesp, ao final da sessão. Assista agora como foi a campanha salarial na Educação Básica até agora, por que fomos a dissídio, e a confissão escancarada do lado patronal: o que eles querem, mesmo, é a pejotização de professores.

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio