18 de agosto de 2017
 
 
Enviar por email
RSS
Imprimir

Sesi/Senai: Assembleias fincam pé em reajuste, acordo de dois anos

22/02/2017
PROFESSORES TAMBÉM REPUDIAM 
REFORMA PERVERSA DA PREVIDÊNCIA
E RESOLVEM ENGROSSAR AS
MANIFESTAÇÕES DE 15 DE MARÇO
 
Os sindicatos de professores de São Paulo ficaram lotados, hoje. Em todos os locais onde os sindicatos integrantes da Fepesp realizaram assembleias com professoras, professores e técnicos de ensino do Sesi/Senai, as votações foram praticamente unanimes: pela rejeição da proposta de reajuste abaixo da inflação, feita pela instituição, pela defesa de nossas cláusulas sociais, e por um acordo coletivo de dois anos de duração.
 
O Sesi/Senai apresentou uma proposta de reajuste de 4% a partir de 1º de março. Mas 4% está abaixo da previsão de inflação anualizada para o período: o índice deve ficar próximo de em 5% em março. A diferença de 1% parece pouco mas não é: esse 1% é 20% dos cinco por cento do que poderá ser a inflação de março e, em um ano, vai dar 13% de diferença nos seus salários mais o décimo terceiro. Por isso, a proposta foi rejeitada, em todo o Estado.
 
Mas um reajuste que recupere o desgaste da inflação, agora, só funciona com um acordo de dois anos – aprovado com entusiasmo nas assembleias. 
 
As assembleias também decidiram por aceitar a proposta de reajuste de benefícios do VA e VR em 7%, e também pela manutenção das cláusulas sociais que temos hoje em acordo.
 
Nas assembleias, os professores entenderam que há mais em jogo, nesta campanha salarial. Com as propostas de reforma trabalhista em discussão no Congresso – que pretendem tirar a força da CLT e instituir regimes de trabalho intermitente, temporário ou terceirizado – além da perversa reforma da previdência proposta pela PEC 287 – que na prática coloca a sua aposentadoria fora de alcance – torna-se ainda mais importante a determinação dos professores em defender o que vem sendo negociado em convenções e acordos há mais de vinte anos. Esse o mote de nossa campanha: pela legitima defesa de nossos direitos.
 
A decisão das assembleias desta campanha unitária será agora apresentada nas próximas  rodadas de negociação dos sindicatos com os representantes do Sesi/Senai. Fique atento aos avisos do Sindicato, para a continuidade da mobilização.
Comentários
0 comentário(s)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
Insira os caracteres abaixo