Federação dos Professores do Estado de São Paulo, 25 de outubro de 2021

2 de junho de 2021|

O manual que mostra como criar imagens táteis

Livro que orienta a produção de material para pessoas com deficiência visual está disponível gratuitamente

A USP (Universidade de São Paulo) lançou agora em maio um livro gratuito e disponível apenas online que ensina a construir desenhos táteis. O “Manual de imagens para deficientes visuais” explica e apresenta o recurso utilizado por pessoas cegas ou com baixa visão que só conseguem ler por meio dos dedos das mãos.

 

Baixe o manual clicando na imagem ou aqui

O projeto é do Julio Cesar Suzuki, da USP, com pesquisadores do IFPA (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará). Suzuki afirma que as instituições que fazem mapas, tabelas e livros com imagens táteis e legendas em braile não estão sendo capazes de suprir a demanda por esses materiais físicos.

O manual, que é feito para qualquer pessoa que queira ter contato com esse tipo de produção, mostra como essas imagens podem ser produzidas de diversas formas, como colagem de materiais como papel ou tecido ou até por meio de impressoras 3D.

“Os materiais em relevo tátil são recursos valiosos para pessoas com deficiência na visão, pois possibilitam ampliar os conhecimentos e dar mais autonomia a quem não tem como acessar informações visuais”, afirmam os autores na introdução do livro, que está disponível por meio deste link.

 

Como a obra compartilha conhecimento – O livro contém uma linha do tempo que apresenta uma visão histórica e social da cegueira. Há também um capítulo dedicado ao braile – sistema de escrita com letras, números e pontuações representados com pontos em alto relevo, dispostos de modo diverso em uma “grade” de três linhas e duas colunas.

A obra também mostra os métodos de criação de imagens táteis, abordando diferentes maneiras de se construir imagens em relevo com legendas em braile. Mostra como são os materiais e equipamentos empregados em cada um desses métodos e como funcionam, ressaltando suas vantagens e desvantagens.

 

Pessoa com deficiência visual explora imagem tátil

Existem diversos níveis de dificuldade para a produção dessas imagens, desde as que podem ser feitas à mão até as que demandam tecnologias caras, como máquina a vácuo e plástico thermoform, uma máquina de aquecimento para produzir a elevação em relevo sobre um plástico especial.

Há também exemplos de desenhos táteis adaptados, como gráficos, mapas, tabelas, entre outros. São discutidas as regras estabelecidas por organismos internacionais para a criação das representações para as pessoas que só conseguem realizar uma leitura utilizando os dedos das mãos.

 

 

Veja aqui todos os tópicos que preparamos para sua aula

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio