Federação dos Professores do Estado de São Paulo, 25 de outubro de 2021

25 de junho de 2021|

Dez dicas de estudo para você ir bem no Enem

Quem está se preparando para o Enem precisa estudar muito, afinal esse exame cobra conhecimentos aprendidos ao longo de todo o Ensino Médio, o que quer dizer que estamos falando de muito conteúdo.

Para que seu estudo seja o mais eficiente possível, o ideal é se organizar e seguir um planejamento.


1. Monte um cronograma de estudos

Faça uma lista de todos os temas que precisa estudar e distribua-os por dias diferentes. Desta forma, você certamente otimizará os seus dias.

Imprima o seu cronograma de estudo e coloque-o em um local visível. Se preferir, pode, por exemplo, fixá-lo em um quadro. Isso o ajudará a manter o foco e a voltar a se concentrar toda vez que olhar o seu plano de estudos.

Procure o local ideal para poder se concentrar nos seus estudos. Dê preferência a um local tranquilo e confortável, e que não o distraia.

Se o local escolhido por você for um local público (como, por exemplo, uma biblioteca), não esqueça de imprimir seu plano de estudos e deixá-lo em um local visível.

Faça uma lista de todas as atividades que você tem durante cada dia da semana, tendo em conta também um intervalo de tempo entre cada uma delas. Estipule o período de tempo durante o qual planeja estudar e respeite-o.

Não faça outras atividades nesse horário para não interromper a sua linha de raciocínio e, consequentemente, não comprometer o seu aprendizado. Não esqueça de respeitar os intervalos definidos entre atividades; estudar muitas horas seguidas não é sinal de estudar eficientemente.

Ao fazer seu plano de estudos, não é preciso estipular o mesmo período de tempo para todas as disciplinas.

Se você sabe que tem muito mais facilidade em determinado tema, é válido que você reserve um tempo inferior para ele, deixando assim mais tempo disponível para algum assunto que lhe dê mais dor de cabeça.

A melhor forma de aprender é praticando. Leia bastante, pois isso é fundamental para a redação de um bom texto e tente, por exemplo, escrever sobre o assunto lido.

Não se esqueça que, quanto mais você praticar, melhor. Afinal, como já diz o ditado, “a prática faz a perfeição”.

Separe duas horas em cada semana para testar seus conhecimentos fazendo provas antigas.

Essa é uma ótima forma de se ambientar ao tipo de questão cobrada no exame, além do que é uma forma eficiente de estudo.

Ao fim de cada semana, após fazer provas antigas, reavalie o seu plano de estudos para verificar se é necessário algum tipo de ajuste.

Nessa altura, você pode chegar à conclusão de que é preciso reduzir o tempo definido para determinados temas e aumentar o tempo de outros, consoante as suas necessidades.

Veja também: Atualidades que podem cair no Enem e no Vestibular

8. Faça simulados

Pelo menos uma vez por mês, separe um tempo para fazer um simulado.

Dessa forma, você poderá facilmente identificar qual tema está causando mais problemas e quais assuntos você já domina e, assim, reorganizar o seu cronograma.

Separe o sábado para rever os conteúdos principais que você estudou durante a semana.

A revisão é essencial para o aprendizado, por isso, não confie tanto na sua memória, reveja o que for possível.

Pratique uma atividade física, passeie, bata um papo com amigos, participe de um convívio em família, veja televisão, … resumindo: faça qualquer coisa que deixe você bem, descontraído e relaxado.

Tire esse dia para se desligar totalmente dos estudos e limpar a mente.

 

 

Como são as questões do Enem?

As questões são compostas, em sua maioria, por enunciados longos e contextualizados que exigem concentração.

No momento da prova é importante estar focado para identificar as informações relevantes para o questionamento final. Veja a seguir algumas dicas para a leitura das questões:

  • As questões exigem análise profunda das informações e fazer uma relação com ações do cotidiano pode ajudar na interpretação;
  • Faça uma primeira leitura para identificar o contexto. Na segunda leitura já é possível identificar e destacar os pontos mais importantes para resolução da questão;
  • Se a pergunta apresentar um nível avançado, passe para a próxima. Procure sempre resolver primeiro as questões que considera mais fácil.

Saiba como fazer o melhor cronograma de estudos

 

 

Veja aqui todos os tópicos que preparamos para sua aula

 

.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio