29 de março de 2021|

A vacina para professores e auxiliares na Educação Básica – faça seu cadastro

O governo do Estado de São Paulo cedeu e, em entrevista coletiva nesta quarta-feira, 24/03, anunciou que irá dar prioridade na vacinação anti-covid aos profissionais de educação.

Desde o inicio, insistimos que a volta às aulas presenciais deveria ser planejada com a participação dos educadores, e de forma que fosse garantida a segurança sanitária da comunidade escolar. No inicio deste ano, o governador achou que a pandemia estava sendo contida e que era hora de relaxar as medidas de emergência. E a volta às aulas, em fevereiro, foi acompanhada da explosão de casos de contaminação, com inúmeros professores infectados e o registro de morte de educadores.

Finalmente, o governo se curva às evidências.

 

FAÇA SEU CADASTRO AQUI

Professores, diretores, merendeiras, faxineiras, cuidadores e demais profissionais que trabalham na área da educação, no estado de São Paulo, podem preencher um cadastro para tomar a vacina contra covid-19.

O cadastro deve ser preenchido neste site https://vacinaja.sp.gov.br/educacao

A primeira etapa da vacinação contra a covid-19 para profissionais da educação tem início no dia 12 de abril. Nessa etapa serão vacinados professores e auxiliares com idade a partir de 47 anos. A expectativa do governo é aplicar 350 mil doses para imunizar esses profissionais que trabalham desde a creche até o ensino médio, nas redes estadual, municipal ou privada do estado.

 

Instruções importantes – No cadastro, os profissionais devem preencher dados como número do CPF, nome completo e e-mail. Após essa etapa, ele deverá receber um link por e-mail e validá-lo. Depois disso, o profissional vai precisar confirmar seus dados pessoais e indicar o nome da escola, a rede de ensino, o  município e cargo ocupado. Para evitar fraudes, será preciso anexar os dois últimos holerites. Na sequência, o cadastro será analisado e, se validado, o profissional vai receber, em seu e-mail, o comprovante VacinaJá Educação, com um QRCode para verificação de autenticidade.

 

 

Os profissionais ligados à educação a serem vacinados incluem professores, diretores de escolas, inspetores de alunos e outros profissionais que atuam em unidades de ensino de creches a escolas do ensino médio das redes incluindo neste caso profissionais das redes municipais, estadual e privada de São Paulo. Serão imunizadas 350 mil pessoas deste grupo.

  • Na primeira leva, a ser iniciada em 12 de abril, poderão ser vacinados os profissionais de Educação com mais de 47 anos da Educação Básica (creches ao ensino médio). Não há previsão no momento para vacinação de pessoal no Ensino Superior.
  • Pessoal de escolas particulares (professores e auxiliares) deverão apresentar comprovante de pagamento dos últimos dois meses, para evitar fraudes.
  • Detalhes sobre o procedimento serão divulgados pelo seu sindicato assim que estiverem disponíveis.

 

Vacina para todos – Mas,  embora a notícia seja boa para a Educação, “ainda não é o suficiente”, diz Celso Napolitano, da Fepesp, “Vamos continuar engajados, na luta, para que todas e todos sejam vacinados”.

Veja o comentário de Celso Napolitano neste Minuto Fepesp:

 

 

 

Recomendadas para você

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio