Federação dos Professores do Estado de São Paulo, 25 de setembro de 2022

28 de fevereiro de 2020

28/02 – os protestos de março, negociação no Ensino Superior, o que fazer com o coronavirus – e mais.

.

Hoje, 28/02 – assembleia com falta abonada do Sesi/Senai
Fepesp; 28/02
http://bit.ly/2uQdat4

CONFIRA O HORÁRIO E O LOCAL DA SUA ASSEMBLEIA

Sinpro ABC – às 9h e 14h – no Sindicato dos Químicos (Rua Senador Flaquer, 813 – Santo André)
Sinpro Bauru – às 9h – na Unisagrado (R. Irmã Arminda, 10-50, Anfiteatro E001 – Jardim Brasil, Bauru)
Sinpro Campinas – às 9h – no Sindicato (Av. Profª Ana Maria Silvestre Adade, 100 – Pq. Das Universidades)
Sintee Franca – às 9h – no auditório do Hotel IMpedrador (Avenida Presidente Vargas, 666, Cidade Nova – Franca)
Sinpro Guarulhos – às 10h – no Sindicato (Rua Carlos Leal Evans, 73 – Guarulhos)
Sinpro Jaú – às 11h – no Sindicato (R. Miguel Sancinetti, 217, Jardim Netinho Prado, Jaú)
Sinpro Jundiaí – às 9h – na Associação dos Aposentados de Jundiaí (Rua XV De Novembro, 1336 – Centro – Jundiaí)
Sinpro Osasco – às 9h e às 14h – Rua Erasmo Braga, 310 – Presidente Altino, Osasco
Sintee Presidente Prudente – às 9h – na Toledo (Praça Raul Furquim, 09, Auditório Cupertino, entrada pela frente)
Sinpaae Ribeirão Preto – 8h e 12h30 – no auditório do Sindicato Empregados no Comércio (ua Marquês de Pombal, 506, Campos Elíseos, Ribeirão Preto)
Sinpro São Carlos – 9h30 – em São Carlos, local a ser determinado; em Mococa: Centro Educacional (Rua Hermenegildo Picoli Neto, 50 – Mococa)
Sinpro Santos – às 9h – no Sindicato (Avenida Ana Costa, 145, Santos)
Sinpro São José do Rio Preto – 9h – no Sindicato (R. Honduras, 227 – Jardim Alto Rio Preto, São José do Rio Preto)
Sinpro São Paulo –  às 9h – no Sindicato (Rua Borges Lagoa, 208)
Sinpro Sorocaba – às 9h30 e às 13h – no Sindicato dos Servidores Públicos (Rua Vinte e Oito de Outubro, 111 – Jardim do Paço, Sorocaba)
Sinpro Taubaté – 9h – na ACIT (Rua Jacques Félix, 675 Centro, Taubaté)
Sinpro Unicidades – às 10h – na Anhanguera de Pirassununga (Rua Padre Leo Lunders, 2065 – Vila Guilhermina, Pirassununga)
Sinprovales – às 9h – na Câmara Municipal de Indaiatuba (Plenário José Soliani – Rua Humaitá, 1167 – Indaiatuba)

 

Mulheres, estudantes e sindicatos adaptam protestos em reação a ato endossado por Bolsonaro
Folha de S. Paulo; 28/02
http://bit.ly/2ToyRbJ

Atos de rua que já vinham sendo organizados por grupos de mulheres, organizações estudantis e centrais sindicais para o mês de março foram ampliados para incorporar uma resposta à manifestação que mira o Congresso endossada pelo presidente Jair Bolsonaro.

Líderes dos atos de oposição ao governo se mobilizaram nas últimas horas para discutir a reação à convocação dos bolsonaristas, agendada para o próximo dia 15. Na terça-feira (25), Bolsonaro estimulou a iniciativa de seus apoiadores ao encaminhar a amigos um vídeo em apoio ao protesto.

Três grandes atos vinham sendo preparados por opositores para março: um no dia 8, por ocasião do Dia Internacional da Mulher; outro no dia 14, quando se completam dois anos do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL); e outro no dia 18, em defesa da educação.

 

Nova regra para emprego Verde e Amarelo pode permitir recontratação
Folha de S. Paulo; 28/02
http://bit.ly/3acfc5z

Relator cria possibilidade para quem tiver sido demitido sem justa causa e em até 180 dias após 1ª contratação por meio do novo programa

 
Artigo: Paulo Freire se infiltrou no Carnaval, olha o perigo!
Folha de S. Paulo; 28/02
http://bit.ly/32zIpVu

Por Laura Mattos: Em um comunicado interno dirigido às famílias de uma tradicional escola da classe A dos Jardins, em São Paulo, alguns meses atrás, a diretora usou uma citação conhecida de educadores: “A leitura do mundo precede a leitura da palavra”.

Ela não mencionou seu autor, mas um pai de aluno sabia que se tratava de Paulo Freire e ficou furioso. Com dedo em riste, bradou a um dos auxiliares da diretora: “Ela é comunista!”

Considerado inimigo por Bolsonaro e seus apoiadores, um perigo às escolas que precisa ser banido, o educador pernambucano voltará aos holofotes do Sambódromo de São Paulo na madrugada de sábado para domingo, no desfile das campeãs.

O Paulo Freire da Águia de Ouro, ainda que perdido entre alegorias, ajuda a dar cores a essa zona cinzenta do debate atual. Os espectadores podem se interessar por sua trajetória, narrada em livros como “O Educador”, de Sérgio Haddad, que foi lançado recentemente e é bem escrito e equilibrado, e até pelas próprias obras de Freire.


Bloco de Carnaval em Campinas homenageia Paulo Freire
Sinpro Campinas; 27/02
http://bit.ly/2T5DB7i

O patrono da educação brasileira, Paulo Freire, foi homenageado no carnaval Campineiro. O bloco Cupinzeiro saiu às ruas em Barão Geraldo, no dia 24, ressaltou a importância do educador com o samba “Esperança por esse chão”. Muitos professores e estudantes participaram do evento com cartazes críticos ao governo Bolsonaro e em defesa da Educação.

O que acontece agora que o Brasil tem seu primeiro caso de coronavírus?
Folha de S. Paulo; 27/02
http://bit.ly/2uBY9L6

A considerar a experiência internacional, o vírus infectará grande número de brasileiros antes de desaparecer do mapa. Quase todos desenvolverão quadros respiratórios semelhantes aos do resfriado comum. Alguns, entretanto, com o sistema imunológico debilitado pela idade avançada, por doenças crônicas ou com os pulmões afetados pelo maldito cigarro, terão quadros respiratórios mais agudos, que exigirão encaminhamento para unidades hospitalares que disponham de aparelhos de ventilação mecânica.

As epidemias de gripe têm demostrado que as aglomerações nas salas de espera das unidades de pronto atendimento são o lugar ideal para quem gosta de ficar gripado. Só devem procurar os hospitais aqueles que sentirem falta de ar e aumento da frequência respiratória. Na quase totalidade dos casos, os resfriados causados pelo coronavírus atual deverão ser tratados em casa, do jeito que nossas bisavós recomendavam: repouso e canja de galinha.

 

Coronavírus no Brasil –  saiba o que fazer
Rede Brasil Atual; 28/02
http://bit.ly/2I64IZD

A médica infectologista e consultora da Sociedade Brasileira de Infectologia Nancy Bellei explicou que o Hospital Albert Einstein tem protocolo para esse tipo de atendimento e a conduta é semelhante à adotada em outros países. “Mais da metade dos casos na região da Lombardia, de onde veio este paciente, estão nos domicílios. Nos Estados Unidos também. Ele foi dispensado com orientação médica e orientação para os seus familiares. E a equipe divulgou que está em contato com esse paciente. Dispensar o paciente para casa vai depender da avaliação do serviço. Depende da condição do paciente, da possibilidade de vigilância, do entendimento e da colaboração do paciente e seus familiares”, explicou, em entrevista à jornalista Marilu Cabañas, na Rádio Brasil Atual.

A conduta para evitar a contaminação segue sendo a mesma indicada desde o início da epidemia, como no caso da gripe comum: lavar as mãos com frequência, evitar colocar a mão na boca, nos olhos ou coçar o nariz e tossir ou espirrar tapando o rosto com a parte interna do cotovelo e não com as mãos. As pessoas que apresentam maior risco são os grupos que também devem se prevenir de gripes e resfriados, como idosos, gestantes, pessoas transplantadas ou com câncer.

  • O surto do novo coronavírus na China é certamente um problema de saúde pública, mas não deve ser motivo para desespero. Lembremos que o vírus da gripe, que se transmite de forma semelhante, mata anualmente de 290 mil a 640 mil pessoas por ano;
  • Não há nenhum tratamento específico, como um antiviral, eficiente para coronavírus. Os pacientes recebem tratamentos sintomáticos. Nos casos graves, suporte com oferta de oxigênio e eventualmente cuidados intensivos;
  • Não há vacina disponível.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio