25 de novembro de 2020

25/11 – venda de colégios em SP alimenta negócios na Educação Básica, Anima faz caixa para comprar Laureate vendendo suas ações, pandemia impulsiona mercantilismo na Educação Superior, e mais.

.

 
Para sua aula, as vacinas da covid-19 explicadas em mapas, tabelas e gráficos: os diferentes tipos, o quão perto estão de estarem prontas e quem os receberá.  
Veja aqui:  https://bit.ly/33gzgTq

  

 

Empresa de investimentos adquire Colégio Palmares e Escola Equilíbrio em São Paulo
Folha de S. Paulo; 25/11
https://bit.ly/378fVEV

A LIT Capital Group anunciou nesta terça-feira (24) a aquisição do Colégio Palmares e da Escola Equilíbrio. As duas operações marcam a entrada da empresa de investimentos no mercado de educação em São Paulo.

Considerando aquisição e novos investimentos, o grupo deve aplicar mais de R$ 150 milhões nas duas escolas neste primeiro ano.

O grupo afirma que planeja novas aquisições em 2021 e está em negociação com dois outros grupos educacionais. De acordo com Guto Dobes Filho, presidente do braço de educação da LIT Capital Group, a rede Evolua, a empresa buscava instituições de referência para aquisições.

Dobes Filho cita a consolidação recente do setor, que ainda segue bastante pulverizado e com oportunidades para novos negócios.

Em fevereiro, o Grupo SEB anunciou a aquisição de 70% da operação global da franquia de escolas bilíngues Maple Bear, de origem canadense. Em setembro, grupo Ser Educacional anunciou a compra da operação da americana Laureate, dona de Anhembi Morumbi, FMU, UnP e Uniritter, no Brasil.

 


Dinheiro para comprar a Laureate: nova captação da Ânima Educação equivale à posição dos controladores
Veja; 25/11
https://bit.ly/3pZkWZ4

Gerou estranhamento o tamanho do follow on que a Ânima Educação anunciou na noite desta segunda-feira, 23. Muitos se perguntam: isso é uma nova oferta primária de ações ou uma porta de saída para a venda da empresa?

A captação está sendo realizada para que a empresa consiga pagar a aquisição de ativos vendidos pela Laureate, como as universidades FMU e Anhembi Morumbi. O valor acordado na negociação é de 4,4 bilhões de reais. Mas, pode sair mais caro, já que a empresa terá de destinar 180 milhões de reais de multa a Ser Educacional pela rescisão do acordo firmado pela empresa com a Laureate, além de 200 milhões de reais adicionais atrelados à geração de vagas nos cursos de medicina.


Opinião: ‘Pandemia abriu caminho para plataformas e mercantilismo’
Fepesp; 25/11
https://bit.ly/3nTUdv7

Por Flavio Ilha, no jornal Extra Classe:  “Empresas, coligadas ou não, se associam para oferecer soluções essenciais ao funcionamento da educação híbrida e, junto a esse primeiro movimento de cartel, são criadas outras necessidades pedagógicas: ferramentas de aprendizagem, tutoriais, aulas pré-moldadas, aplicativos de smartphones, entre outros. A compatibilidade entre produtos se torna uma necessidade pedagógica e pode ser vista em vários exemplos atuais que se amparam nos discursos dessa nova educação, seja apresentada na forma escolarizada ou não”.

 

Governo Doria oferece R$ 2.000 para professor comprar computador, mas docentes temem perder reembolso
Folha de S. Paulo; 24/11
https://bit.ly/33fc73L

Trata-se do programa “professor conectado” ou “computador do professor”, criado por decreto publicado no último dia 7 de outubro. Nele, a secretaria de Educação oferece subsídio de no máximo R$ 2.000 para compra de um desktop, notebook ou tablet novo, valor a ser reembolsado pelo governo em até 24 parcelas mensais.

Segundo especialistas em informática ouvidos pela Folha, dificilmente se encontra um bom equipamento de entrada por esse valor. Entre os básicos mais procurados no mercado, o notebook Samsung Flash F30, por exemplo, custa em média R$ 2.300.

Parte dos docentes paulistas se preocupam também com as contrapartidas que terão de cumprir para garantir a devolução do investimento feito.

 

Faculdade Sesi de Educação inaugura pós-graduação por área do conhecimento
ABC do ABC; 24/11
https://bit.ly/33g0olj

Primeira instituição a oferecer pós-graduação (lato senso) por área do conhecimento, a Faculdade Sesi de Educação inova mais uma vez ao lançar seus cursos para a formação continuada de professores, gestores escolares e outros profissionais que se relacionam com a educação. As inscrições estão abertas https://www.faculdadesesi.edu.br/pos-graduacao e, até 18/12, com 5% de desconto.

Com o objetivo de responder aos diferentes e novos desafios da educação, a faculdade oferece os cursos de Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Linguagens, Matemática Anos Iniciais, Matemática Anos Finais, além de Educação Física Escolar e Coordenação Pedagógica.

 

Comitê de crise da Educação retoma discussão sobre Covid-19
Câmara Municipal SP; 23/11
https://bit.ly/3kYnB1C

O Comitê Emergencial de crise na Educação, vinculado à Comissão de Educação, Cultura e Esportes da Câmara Municipal de São Paulo, debateu em reunião virtual, na tarde desta terça-feira (24/11), as possíveis complicações na área da educação levando em conta uma possível segunda onda de contágio da Covid-19.

A reunião foi presidida pelo vereador Eliseu Gabriel (PSB), que demonstrou preocupação com a pandemia e os desdobramentos que podem atingir funcionários da área da educação e também aos alunos da rede de ensino da capital.

 

Taxa de transmissão da covid no Brasil é a maior desde maio, diz Imperial College
Estadão; 25/11
https://bit.ly/3m6rbIr

A taxa de transmissão do novo coronavírus (Rt) no Brasil nesta semana é a maior desde maio, de acordo com monitoramento do centro de controle de epidemias do Imperial College de Londres, no Reino Unido.

O índice passou de 1,10 no dia 16 de novembro para 1,30 no balanço divulgado nesta terça-feira, dia 24. Especialistas ouvidos pelo Estadão evitam a expressão “segunda onda” de contaminação simplesmente porque o Brasil ainda não conseguiu controlar a primeira. O aumento atual seria apenas um repique, uma piora dos dados da primeira onda.

Covid-19 no Brasil: 170 mil mortos, início de segunda onda e descaso de Bolsonaro
Rede Brasil Atual; 25/11
https://bit.ly/33e2P7W

O Brasil vive o início de uma segunda onda de covid-19 sem que tenha chegado a sair inteiramente da primeira. O segundo país com mais mortos pela pandemia, com 170.155 vítimas, tem o contágio pelo novo coronavírus fora de controle. Segundo anunciou hoje (24) o Imperial College de Londres, referência mundial em estudos sobre a pandemia, a atual taxa de transmissão no Brasil é a maior desde maio. Hoje, foram registradas, oficialmente, 630 mortes e 31.100 casos, totalizando 6.118.708 desde março, segundo o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

Protocolos de retorno às aulas omitem procedimentos na contaminação em escolas
Sinpro SP; 24/11
https://bit.ly/374Cqe9

O protocolo do governo Dória, que contou com a participação ativa das entidades patronais da rede privada, não traz nenhuma orientação  na ocorrência de contato, na escola, com alguém assintomático. Limita-se a recomendar (esse é o termo usado) que pessoas com sintoma para Covid-19 não devem permanecer na instituição de ensino ou fiquem isoladas até que possam voltar para casa. Ora, a pessoa sintomática nem deveria entrar na escola!

 

12 perguntas sobre educação que novos prefeitos precisam responder
UOL; 23/11
https://bit.ly/3nVxZZT

Como pretende valorizar os principais responsáveis pela qualidade da educação, os professores?
Quais canais prevêm para a participação popular na educação?
Há planos e recursos para ampliar a conectividade das escolas e dos estudantes?

A pandemia evidenciou as limitações do ensino remoto. Um dos obstáculos foi a baixa conectividade dos alunos: o IPEA estima que serão necessários 3,9 bilhões de reais para colocá-los online. O futuro prefeito tem planejamento a respeito? Sabe quantos e quais alunos não possuem acesso à internet? Há fontes de financiamento disponíveis para resolver ou reduzir o problema?

Leia as demais questões –  e possíveis respostas – neste link.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio