Federação dos Professores do Estado de São Paulo, 13 de agosto de 2022

21 de novembro de 2019

21/11 – ‘Pacote verde amarelo’ não cabe em MP, 60% dos professores sofrem com ansiedade e estresse, novas pesquisas sobre racismo, e mais.

.

Direção da Metodista falta em reunião e não se justifica, irregularidade e ações se multiplicam, bispos reunidos hoje em Encontro Episcopal em Sorocaba recebem manifesto. Leia maishttp://fepesp.org.br/noticia/metodista-bispos-devem-fazer-valer-seu-valores/

 



Presidente do Diap critica reforma, desemprego e precarização
Agência Sindical; 19/11
http://bit.ly/2QEORa0

Nenhum setor do sindicalismo está satisfeito com a reforma trabalhista. Dois anos depois de entrar em vigor, a Lei 13.467, de Michel Temer, não gerou postos de trabalho e precarizou os empregos. A Agência Sindical entrevistou o presidente do Diap, Celso Napolitano. Ele também preside a Federação dos Professores do Estado de SP – Fepesp. “A reforma não gerou empregos e o número de desempregados aumentou terrivelmente. O pior é que aumentou a contratação precária das pessoas que já tinham contrato de trabalho. Aquelas com contrato considerados normais, pela CLT, foram precarizadas nesse intervalo de tempo”, afirmou Celso.

 

Contee orienta sobre MP 905 e trabalho aos domingos
Contee; 19/11
http://bit.ly/2OwDMoL

A Secretaria de Assuntos Jurídicos da Contee encaminhou hoje (19) a todas as entidades filiadas um alerta sobre a Medida Provisória 905 — que, entre outras retiradas de direitos, afeta o repouso semanal remunerado aos domingos — e como ela atinge os trabalhadores e trabalhadoras em educação.

 

Programa ‘verde-amarelo’ não cabe em MP e interfere
na ação do Ministério Público, diz Procuradoria
Rede Brasil Atual; 20/11
http://bit.ly/2O8hlak

A Medida Provisória (MP) 905 “não observa os requisitos constitucionais”, como relevância e urgência, e seus temas deveriam ser objeto de processo ordinário, como projeto de lei. A MP trata indevidamente de prerrogativas do Ministério Público do Trabalho (MPT) e não foi precedida de consulta tripartite, ferindo convenção da Organização Internacional do Trabalho (OIT). As conclusões constam de nota técnica do próprio MPT, que faz vários senões à medida baixada na semana passada pelo governo, supostamente para “facilitar” a contratação de jovens de 18 a 29 anos em seu primeiro emprego, por meio da redução de direitos.

 

Verba para fiscalização trabalhista recua 63%
Folha de S. Paulo; 21/11
http://bit.ly/2KC7RlB

No primeiro Orçamento elaborado pelo presidente Jair Bolsonaro, os recursos para fiscalizações trabalhistas foram cortados para o menor patamar da série histórica, segundo dados do próprio governo. De um total de R$ 1,4 trilhão de despesas previstas para 2020, foram reservados R$ 26 milhões para operações de inspeção de segurança e saúde no trabalho, combate ao trabalho escravo e verificações de obrigações trabalhistas.

 

60% dos professores sofrem com ansiedade e estresse
Contee; 19/11
http://bit.ly/2qzPbMj

Uma pesquisa promovida pelo site Nova Escola realizada com 5 mil docentes, apontou que 60% dos professores se queixaram de sintomas de ansiedade, estresse e dores de cabeça. Os docentes ainda acusaram sofrer de fraqueza, incapacidade ou medo de ir trabalhar (66%), e 87% dos entrevistados acreditam que os problemas de saúde são decorrentes ou intensificados pela profissão. Outro levantamento, agora realizado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), revelou que 71% dos 762 profissionais de educação da rede pública do país se afastaram da escola após episódios que desencadearam problemas psicológicos e psiquiátricos nos últimos 5 anos. Dados foram colhidos em 2017.

 

Novembro Azul: médico fala sobre saúde masculina
Sinpro Campinas; 19/11
http://bit.ly/37kl505

Depois do Outubro Rosa, chegou a vez do Novembro Azul. Uma campanha que visa conscientizar a população masculina da importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata. A doença atinge um a cada seis homens no Brasil e mata um a cada 36. Um dos principais motivos da campanha é o combate à cultura dos homens de só se consultarem com um médico quando estão doentes, diferentemente das mulheres, mais adeptas de exames preventivos.

 


Sinpro Guarulhos: assembleia dos professores do colégio da PM
Sinpro Guarulhos; 20/11
http://bit.ly/332rREg

O Sindicato de Professores de Guarulhos convoca os professores do colégio da PM para uma assembleia no dia 25/11, às 18h, na sede do Sinpro.

 


Sinpaae-RP: novo endereço, nova sede
Sinpaae-RP; 20/11
http://bit.ly/35kbYuq

O Sindicato agora atende na Rua Quintino Bocaiúva, 54, Centro, em Ribeirão Preto.

 

 


MEC vincula repasses a bom ambiente escolar
Valor Econômico; 21/11
http://bit.ly/2Ovskd2

O ministro diz que os livros didáticos a serem distribuídos em 2020 trarão orientações sobre como os alunos podem informar ao governo caso se sintam de alguma maneira prejudicados no convívio escolar. As denúncias poderão ser feitas por telefone, internet e aplicativo para celular.

 

Professora trabalha autoestima de alunos
negros e combate o racismo em sala
SinproABC; 19/11
http://bit.ly/2qoRBxy

A professora Keilla Vila Flor encanta os alunos com ensinamentos que vão além dos livros didáticos. O olhar crítico sobre o racismo e a crença de que é possível construir um mundo mais justo são lições tão importantes quanto as previstas no conteúdo programático. Aos 23 anos, Keilla Vila Flor vai e vem cotidianamente comprometida com uma educação que vai além do que está nos livros didáticos. O combate ao racismo e a elevação da autoestima dos alunos, especialmente os negros, são lições tão importantes quanto o conteúdo programático. Dona de um levíssimo sotaque que mistura a Bahia e o Distrito Federal, ela começou a dar aulas há cinco anos. Tempo suficiente para conquistar a admiração dos estudantes e intervir de forma prática na luta contra o preconceito.

 

Fazer anotações durante a aula
é uma das melhores técnicas de estudo
Guia do Estudante; 05/11
http://bit.ly/2O8E8mz

Nem todo mundo gosta de anotar o que o professor diz durante a aula: alguns têm preguiça, outros acham que conseguem absorver tudo só ouvindo. Mas essa é uma técnica simples e brilhante no processo de aprendizado, que deve ser usada por todos.

 

 



Instituto Paulo Freire oferece curso EAD
Instituto Paulo Freire
http://bit.ly/33cVqDn

Apropriando-se da experiência e da prática de Paulo Freire, a EaD Freiriana do Instituto Paulo Freire, de forma simples e direta, poderá enriquecer a atuação como alfabetizador(a) que aprende ao ensinar e que ensina ao aprender. Vamos aprender e ensinar, uns(umas) aos(as) outros(as), uns/umas com os(as) outros(as), e concluiremos os nossos estudos acrescidos pela somatória de novos conhecimentos e saberes.

 

 


Ministra diz que governo vai criar canal para
denunciar professor que atente ‘contra a moral’
Estadão; 19/11
http://bit.ly/33dCN28

A ministra dos Direitos Humanos, Damares Alves, afirmou nesta terça-feira, 19, em Belo Horizonte que o governo federal vai criar um canal para que pais de alunos possam reclamar de professores que, durante as aulas, atentem “contra a moral, a religião e a ética da família”. A ministra esteve na capital mineira para participar de audiência pública na Assembleia Legislativa sobre suicídio e automutilação entre jovens. Ela disse que o dispositivo será anunciado ainda este ano, mas não deu detalhes sobre o funcionamento.

 

Pesquisas brasileiras sobre racismo
e desigualdade racial crescem 28 vezes em 20 anos
Folha de S. Paulo; 20/11
http://bit.ly/2D5PhOq

A pesquisa brasileira sobre desigualdade racial e racismo teve um crescimento expressivo em quantidade de publicações nas duas últimas décadas, quando foi de apenas cinco artigos publicados em 1999 para 147 em 2018, um aumento de 28 vezes. Assuntos diversos figuram entre as publicações, como a repercussão midiática do assassinato de Marielle Franco, discussões sobre o papel da mulher negra em movimentos feministas e na medicina, práticas para inibir o racismo em escolas, discrepância na sobrevida de pacientes com câncer de mama de acordo com a raça e até a própria definição do conceito de raça.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio