Federação dos Professores do Estado de São Paulo, 25 de setembro de 2022

20 de março de 2020

20/03 – educador em grupo de risco fica em casa, MEC adia ProUni e Fies, o que abre e o que fecha na quarentena, cuidados pessoais  – e mais

.

 

Terminou a espera: os reajustes de professores na Educação Básica, 2019 e 2020
Fepesp; 19/03
http://bit.ly/2WtYhYO

Professoras e professores na educação básicas das escolas particulares do Estado de São Paulo receberão seus salários de março com reajuste de 5,04% – além da correção pela inflação registrada nos últimos 12 meses (3,54%, na média dos índices do Dieese, Fipe e INPC), também será somado mais 1,5% como aumento real de salário.

Esse foi o reajuste determinado pelo julgamento do dissídio coletivo impetrado pela Fepesp e sindicatos integrantes, diante da completa falta de disposição e intransigência do setor patronal em negociar os termos de renovação da convenção coletiva de professores de 2019, que terminou por se refletir também na correção de salários e outros benefícios já em 2020.

Além do reajuste salarial de 2020, professoras e professoras terão pagamentos retroativos por reajuste salarial de 2019 (com correção desde 1º de março do ano passado), além de Participação em Lucros ou Resultados (PLR) em 2019 e 2010, correção de benefícios como vale-alimentação ou pagamento de abonos salariais em escolas que não realizam a PLR.

A íntegra do comunicado conjunto está aqui: https://bit.ly/2xedmCW

 

 

 

MEC prorroga período das listas de espera do Prouni e do Fies
Agencia Brasil; 19/03
https://bit.ly/397XAaf

Mudança ocorreu não prejudicar estudantes devido à pandemia

O Ministério da Educação (MEC) prorrogou por tempo indeterminado o período das listas de espera do Programa Universidade para Todos (ProUni) e do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). As mudanças foram publicadas na edição desta quarta-feira (18), do Diário Oficial da União. Segundo o coordenador-geral de Programas de Ensino Superior do MEC, Thiago Leitão, a medida busca não prejudicar nenhum aluno.

De acordo com o edital, os estudantes que manifestaram interesse em participar da lista de espera não têm prazo final para entregar a documentação na instituição. “Haverá tempo para que eles entreguem a documentação assim que as atividades acadêmicas retornarem à normalidade”, informou Leitão.

 

Amazon: e-books grátis no período de suspensão de aulas
Amazon.com.br; 19/03
https://bit.ly/397XAaf

A Amazon está disponibilizando em seu site (aqui) milhares de livros no formato e-book para download sem custo. Os livros, entre novos lançamentos e clássicos, e Português e outros idiomas, podem ser lidos em qualquer computador ou smartphone com o uso do app Kindle, que também pode ser baixado no site sem custo.

 

Veja o que abre e o que fecha em SP durante a epidemia de coronavírus
Folha de S. Paulo; 20/03

https://bit.ly/2QyGYSn

Outros equipamentos foram suspensos pelo Governo de SP, como centros culturais, shoppings e academias. Confira, abaixo, o que abre e o que fecha durante as próximas semanas em São Paulo.

ABRE
Farmácias
Mercados, supermercados e hipermercados
Padarias, restaurantes e lanchonetes (com espaço de 1 metro entre mesas)
Feiras livres
Postos de gasolina e distribuidoras de gás
Lojas de conveniência
Lojas de venda de água mineral
Prestadores de serviço em geral, como oficinas mecânicas ou lavanderia
Fábricas
Bancos (pode haver pontuais alterações de horários)
Ônibus
Metrô
CPTM
Detran
Poupatempo
Procon-SP
Hospitais e postos de saúde
Bancas de jornais
Óticas

FECHA
Comércio atacadista e varejista que não os listados acima (estão liberados para serviços de delivery)
Escolas municipais
Escolas estaduais
USP, Mackenzie e PUC
Shoppings (praças de alimentação podem funcionar)
Academias
Casas noturnas
Rodízio de veículos suspenso
Museus, bibliotecas, teatros e centros culturais municipais e estaduais
Masp, Instituto Tomie Ohtake, IMS, Itaú Cultural, MAM-SP, MAC-USP e Japan House
Centros de Convivência do Idoso
Alguns cinemas como Espaço Itaú, Petra Belas Artes e Cinesala

 

SP: Professores do grupo de risco em escolas particulares são dispensados de trabalho presencial
Migalhas; 19/03
https://bit.ly/3bcWA5V

Vários sindicatos [Fepesp e sindicatos integrantes] ajuizaram ação pedindo que os professores do grupo de risco não sejam obrigados a prosseguir trabalhando presencialmente, haja vista a situação que se encontra o Estado de SP por conta do coronavírus.

Ao conceder a tutela de urgência, a desembargadora considerou a nota conjunta assinada por representantes estaduais e municipais da área de educação que previu a suspensão gradual de atividades presenciais em escolas a partir de 16 de março (com possibilidade de ensino a distância a partir do dia 23), a necessidade de se evitar aglomerações em transportes públicos, bem como a sobrecarga do sistema de saúde em virtude da pandemia.

A magistrada afirmou que essa população, se convocada para prestar serviço presencial, fará deslocamento por meios públicos, ampliando-se o risco a contaminação, e chamou atenção para a gravidade da situação, já que, nas últimas 24 horas, houve aumento de 70% dos casos de Covid-19 no país.

Uma audiência de conciliação entre as partes será agendada oportunamente. Até o dia 31, estão suspensos prazos, atendimento e expediente na 2ª região como medida de prevenção e contenção à doença.

 

SP: Justiça dispensa de escolas privadas professores de grupo de risco
Agência Brasil; 19/03
https://bit.ly/2vHn4xy

A decisão foi concedida nesta terça-feira (17) pela desembargadora Sonia Maria Franzini, atendendo a pedido de 22 sindicatos de professores.

A dispensa passa a valer a partir do dia 23 de março. Segundo a decisão, os profissionais afastados poderão prestar serviços de suas residências “na medida do possível”. De acordo com o Tribunal Regional do Trabalho (TRT), uma audiência de conciliação entre as partes ainda deverá ser agendada.

 

 

MPT recomenda irredutibilidade salarial durante quarentena
MPT; 19/03
https://bit.ly/2J8sSmx

Em nota técnica emitida esta semana, o Ministério Publico do Trabalho recomenda que as empresas estabeleçam política de flexibilidade do trabalho para fazer frente à disseminação do coronavírus, “observados o princípio da irredutibilidade salarial e a manutenção do emprego, na ocasião em que serviços de transporte, creches, escolas, dentre outros, não estiverem em funcionamento regular em razão do atendimento a medidas oficiais de contenção da pandemia do coronavírus”,

 

Plataforma de games da matemática abre serviços para professores
UOL; 18/03
https://bit.ly/2QvMHbE

A plataforma de jogos matemáticos da Matific, utilizada por 600 mil alunos, de 3,5 mil colégios públicos e privados no País, anunciou a abertura gratuita dos serviços para alunos e professores brasileiros, do ensino infantil ao sexto ano. Estima-se que a paralisação das atividades escolares na rede pública e privada (colégios e universidades) já atinja cerca de 600 mil estudantes em todo o País, com tendência de ampliar o número nas próximas semanas.

O sistema de gamificação da matemática é utilizado no Brasil por alunos desde a educação infantil até o sexto ano, entre 5 e 12 anos.

 

Dez cuidados com o coronavírus para quando precisar sair ou voltar para casa
Rede Brasil Atual; 18/03
https://bit.ly/3bhGfwL

Tirar as roupas no quintal e ensacar, lavar as áreas expostas antes de entrar em casa, desinfetar celular são algumas medidas importantes. As roupas têm menos potencial de transmissão, mas também podem armazenar o vírus. “Por isso é importante trocar a roupa antes de cumprimentar filhos, cônjuges ou outras pessoas que morem na casa, sobretudo idosos”, destacou o  ex-ministro da Saúde e médico sanitarista Arthur Chioro.

Cuidados com o coronavírus ao retornar para casa

  • Tire as roupas e calçados no quintal (deixe sempre uma muda de roupa pronta ao sair);
  • Se precisar trazer as roupas para dentro, coloque-as em um saco plástico;
  • Se possível, lave as mãos na área externa da casa;
  • Se não puder lavar as mãos antes de entrar, evite tocar nas coisas antes de lavar as mãos;
  • Não cumprimente crianças, cônjuges ou outras pessoas que morem na casa antes de trocar de roupa e lavar as mãos;
  • Se possível, tome banho assim que chegar;
  • Desinfete celular, chaves e cartões bancários com álcool a 70%;
  • Mochilas e bolsas de uso diário devem ficar em uma caixa, na área externa da casa;
  • Limpe as embalagens que trouxe com solução de água sanitária (20 ml para cada 1 litro de água);
  • Lave alimentos com água e sabão e os deixe 10 minutos imersos em solução de água sanitária (20 ml para cada 1 litro de água).

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio