Federação dos Professores do Estado de São Paulo, 25 de outubro de 2021

18 de agosto de 2021

18/08 – MP 1045 pode levar a evasão escolar, dez direitos ameaçados pela medida provisória, o dia nacional de luta dos servidores, e mais: um pequeno guia de abreviações modernas

.

‘Jabuti’ é assunto que deputado enfia em emenda ou projeto de lei que nada tem a ver com o assunto. A MP1045 está recheada de jabutis maliciosos.

 

Evasão escolar: MP 1.045 pode levar jovens brasileiros a desistir dos estudos
Carta Capital; 17/08
https://bit.ly/3z3jdpS

Constam na MP 1.045 dois programas voltados para os jovens: o Programa Primeira Oportunidade e Reinserção no Emprego – o Priore – e o Regime Especial de Trabalho Incentivado, Qualificação e Inclusão Produtiva – o Requip.

O Priore atende a pessoas com 18 a 29 anos sem registro de primeiro emprego em carteira de trabalho.

Para Ana Maria Villa Real, procuradora no Ministério Público do Trabalho, os dois programas oferecem maior desproteção em relação aos direitos trabalhistas e faltam com atenção para a formação educacional.

Os maiores problemas do Priore, observa, estão nas mudanças do pagamento do FGTS e na antecipação do recebimento do 13º e férias, porque são medidas que diluem garantias para dar a impressão de que o salário é maior. O Requip, porém, tem condições piores, porque é um modelo sem vínculo formal em que a remuneração é menor que o salário mínimo.

 

Confira 10 direitos garantidos na CLT que governo e Congresso estão atacando
Contee; 17/08
https://bit.ly/3gaped6

A luta agora é para que os senadores não aprovem essa MP que mexe até em direitos garantidos na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), como a garantia de salário e carteira assinada, que precisam de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para serem alterados.

Confira 10 direitos fundamentais garantidos na CLT, alguns deles sob ataque do governo e do Parlamento

1 – Salário mínimo
2 – 13º salário
3 – Férias
4 – Jornada de 8 horas por dia
5 – Repouso semnal remunerado
6 – Seguro desemprego
7 – FGTS
8 – Aposentadopria e pensões
9 – Estabilidade de trabalhadores
10 – Saúde e segurança do Trabalho

Para aprovar uma MP na Câmara, com ou sem jabutis que prejudicam os trabalhadores como é o caso da MP 1045, basta uma única votação, com  maioria simples dos votos (257 deputados) a favor. O mesmo acontece no Senado, onde são necessários 47 votos.


Medida Provisória 1045 promove precarização
Agência Sindical; 18/08
https://bit.ly/3k2cLsR

“Parece piada de mau gosto, mas trata-se de mais um capítulo na tragédia social brasileira. A Medida Provisória 1.045 enviada pelo governo ao Congresso deveria reeditar regras adotadas em 2020 para que as empresas pudessem formalizar acordos, visando, por exemplo, redução de jornada ou suspensão temporária de contratos, e evitar demissões. Como havia sido apontado pelo SEESP, a nova versão da MP trazia algumas pioras em relação ao previsto anteriormente. No entanto, a matéria aprovada na Câmara dos Deputados na quinta-feira (12/8) vai muito além e promove alterações na legislação trabalhista, cassando mais direitos e agravando o que já foi feito em 2017 com a Lei 13.467”. – Murilo Pinheiro, presidente do Sindicato dos Engenheiros do Estado de São Paulo.

 

O NEGÓCIO DA EDUCAÇÃO


Dono da SEB, Chaim Zaher volta a ser sócio da Yduqs (Estácio)
Valor Econômico; 18/08
https://glo.bo/2XDjpyn

Quatro anos após vender sua participação na Estácio (atual Yduqs), Chaim Zaher, dono do Grupo SEB, voltou ao jogo e novamente é acionista do grupo de educação carioca. O empresário e sua família possuem juntos uma fatia de 7,51% – o que os coloca como maior acionista individual e o segundo maior, atrás apenas da gestora de private equity Advent, que tem 14% da companhia que vale R$ 7,6 bilhões na B3.

Chaim pode vir a aumentar sua fatia para 10%. Ele detém também ações da Cogna (Kroton), cerca de 3%. Ele pretende vender esta fatia e concentrar seu investimento na Yduqs. Em ambos os casos, o empresário começou a comprar os papéis no mercado em 2020 e intensificou neste ano.

Entre 2016 e 2017, na época das negociações de fusão entre Kroton e Estácio, Chaim foi um forte ativista contrário à transação por discordar dos valores ofertados. Conseguiu aumentar o preço, teve aval dos demais acionistas da Estácio, mas a operação foi vetada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).


‘Com a crise, educação vira prioridade de famílias que podem pagar’, diz Chaim Zaher, do Grupo SEB
O Globo; 16/08
https://glo.bo/37MldqC

Para Chaim Zaher, ensino privado será negócio ainda mais atrativo no pós-pandemia, com fatia ‘premium’ em expansão e consolidação acelerada.

Diz o empresário: “As escolas mais tradicionais, no geral, não perderam muito. A crise afeta principalmente quem tem tíquete (mensalidade) entre R$ 700 e R$ 1.000, o grupo que teve muito problema. Acima desse patamar, no geral, houve equilíbrio. As escolas negociaram com as famílias.

Nas premium , com mensalidades acima de R$ 2 mil, muitas cresceram. As que têm preço mais acessível e grande número de alunos, até para equilibrar custos, sofreram mais. Conforme a economia melhorar, os pais retornam seus filhos (da rede pública) para as escolas (privadas), porque acreditam nessa escolha”.

 

Yduqs tem lucro de R$ 116,5 mi no 2º tri
Money Times, via Reuters; 17/08
https://bit.ly/3k1Bmy5

O grupo privado de educação Yduqs (YDUQ3) divulgou nesta segunda-feira, 16/08, reversão de resultado negativo sofrido no segundo trimestre do ano passado, apoiada em um melhor faturamento e medidas de cortes de custos.

A companhia teve lucro líquido de 116,5 milhões de reais para o trimestre de abril a junho. A companhia apurou um crescimento de cerca de 17% na receita líquida do período, enquanto os custos de serviços prestados evoluíram perto de 13%.

A geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) disparou três vezes, atingindo 349 milhões de reais.

 


SINDICATOS

Servidores fazem Dia Nacional de Luta contra PEC 32: hoje, 18/08
Agência Sindical; 17/08
https://bit.ly/3me3qkk

Servidores públicos de todo o País promovem nesta quarta (18) o Dia Nacional de Luta contra a Proposta de Emenda à Constituição 32/2020. Essa é a tentativa do governo Bolsonaro de promover a reforma administrativa e, com isso, golpear mais uma vez a classe trabalhadora.

Diante da possível votação da PEC 32 pela Câmara dos Deputados, entidades sindicais da categoria estão mobilizadas e diversos atos serão realizados em várias cidades do País a fim de alertar a população e pressionar os parlamentares para que não seja aprovada a Proposta.

 

POLÍTICA EDUCACIONAL

Romário critica ministro por fala sobre alunos com deficiência: ‘Toma vergonha na cara’
Estadão; 17/08
https://bit.ly/3CXvhLS

O senador Romário (PL-RJ) criticou o ministro da Educação, Milton Ribeiro, em publicação nas redes sociais nesta terça-feira, 17.  Segundo o ex-jogador de futebol, “deselegância, imbecilidade e idiotice” é o que ele vem fazendo com a educação do País. “Toma vergonha na cara”, disse ainda.

O parlamentar se irritou com comentários sobre alunos com deficiência feitos pelo ministro em uma entrevista. Ribeiro, contudo, alegou ter sido mal interpretado.

 

Universidades de elite reforçam ações para aumentar diversidade
Folha de S. Paulo; 17/08
https://bit.ly/2VWUFAN

Com a presença de alunos negros ainda muito menor que a média do ensino superior do país, faculdades particulares de elite estão reforçando ações para aumentar a diversidade em suas salas de aula.

Nos últimos meses, com o enfraquecimento das políticas públicas de acesso ao ensino nessa etapa e o aumento da desigualdade educacional no Brasil, essas instituições passaram a rever as ações afirmativas que desenvolviam para que elas sejam mais efetivas.

Enquanto, em todo o país, os estudantes negros são 50% dos matriculados no ensino superior, nessas instituições particulares de ponta eles ainda não passam de 20%.

 

CORONAVÍRUS

Prefeituras da região de Campinas confirmam novos casos nesta quarta, 18 de agosto
G1; 14/08
https://glo.bo/3xXfEQL

As prefeituras da região de Campinas (SP) divulgaram nesta quarta-feira (18) mais casos positivos e mortes por Covid-19. Veja, abaixo, números de infectados e óbitos por cidade.

Desde o início da pandemia, já foram contabilizados 385.583 registros confirmados da enfermidade e 11.155 vidas perdidas nos 31 municípios da área de cobertura do G1 Campinas.

Águas de Lindóia tem mais três casos e soma 2.216; mortes são 50
Amparo confirma 23 registros e total vai a 7.873; óbitos são 235
Lindóia chega a 811 casos (+2) e mortes somam 24
Louveira tem mais 41 infectados e vai a 5.749; mortes são 104
Monte Mor registra oito casos e soma 7.436; óbitos são 208
Paulínia tem 15 infectados e total sobe para 15.343; óbitos chegam a 288

 

 

 

 

Abreviações modernas: saiba o significado de ‘pprt’, ‘plmd’, ‘sv’ e outras siglas
G1; 17/08
https://glo.bo/2XEbUan

O que significa ‘pprt’? E ‘plmd’?

Para agilizar a comunicação, as palavras e expressões acabam perdendo as letras – às vezes, quase todas elas. Como explica o professor e linguista Sérgio Nogueira, esse artifício é um velho conhecido da língua portuguesa: abreviação.

“Eu confesso que ‘vc’ e ‘pq’, por exemplo, eu já usava na faculdade e não tinha internet. Agora, a internet acelerou e criou novas mensagens, novas formas de abreviar (…) Mas as abreviações são como gírias, estão na moda. Mas moda tem prazo de validade, daqui a pouco passa”, diz o linguista Sérgio Nogueira.

Veja, abaixo, um “dicionário das abreviações modernas” feito pelo Segue o Fio, do G1.

S – Sim
N – Não
Mn – Mano
Fml – Família
Fdt – Fim de tarde
Ntj – Não tem jeito
Pfl – Pode falar?
Plmd – Pelo amor de Deus
Pprt – Papo reto
Scr
– Socorro
Sqn – Só que não
Slc – Você é louco
Sv – Suave

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio