5 de agosto de 2020

05/08 – ABC não quer volta às aulas, juiz autoriza volta no DF, semana decisiva para decisão em SP, Butantan faz teste grátis – e mais.

.

 
Hoje, 17h00, ao vivo: ‘A dimensão pública e o direito à Educação’.
Com Daniel Cara e Carolina Catani respondendo suas perguntas.
Produzido pela parceira LBS Advogados, apresentado na TV Fepesp no YouTube:  https://youtu.be/2Lqj4-YgPZo 

 

 

Cidades do ABC se antecipam ao Estado e já descartam aulas presenciais em 2020
Estadão; 05/08
https://bit.ly/3kgj3Er

Mesmo que o Estado de São Paulo se mantenha na fase amarela por 28 dias consecutivos e as aulas presenciais recebam o sinal verde para voltar no dia 8 de setembro, ao menos seis dos sete municípios que compõem o ABC paulista não pretendem seguir o calendário. Em Santo André, Mauá, Rio Grande da Serra e Ribeirão Pires, os prefeitos já anunciaram até que a reabertura das escolas nas redes públicas municipais está totalmente descartada no ano letivo de 2020. Diadema e São Bernardo do Campo caminham na mesma direção.

 

SP tem semana decisiva para definição da volta às aulas presenciais em 8 de setembro; entenda
Estadão; 04/08
https://bit.ly/39WmPON

As aulas presenciais em São Paulo na rede pública e particular estão previstas para serem retomadas no dia 8 de setembro. Mas, para isso acontecer, o Estado precisa ter uma evolução considerável nos números da pandemia nos próximos dias. Entenda o que diz o Plano São Paulo:

Quais as condições para iniciar o retorno às aulas? – Pelo plano, a retomada está condicionada à permanência de todo o Estado na fase amarela da quarentena por 28 dias. Um decreto prevê que, nos primeiros 14 dias, áreas que representem 80% da população do Estado precisam estar classificadas nessa fase. Nos 14 dias subsequentes, a totalidade do território estadual terá de estar classificada dessa forma.

 

O que precisa mudar para as aulas recomeçarem em 8 de setembro? – Até o dia 11 de agosto pelo menos 27,7% da população paulista precisa migrar para a fase amarela – e sem que nenhuma região na fase amarela regrida. Ou seja regiões onde vivam quase 12 milhões de pessoas precisam melhorar o quadro da pandemia. E duas semanas depois, todo o Estado deverá estar pelo menos na classificação amarela.

Exemplo do que seria necessário – As cinco populações somadas das regiões mais populosas da cor laranja teriam de mudar de patamar nos próximos sete dias. Campinas, Sorocaba, Taubaté, Bauru e São José do Rio Preto teriam de ir para a fase amarela.

 

Volta às aulas: Ex-secretários da educação, médicos, professores e famílias são contra
Rede Brasil Atual; 05/08
https://bit.ly/31nUpt0

Contra uma volta às aulas insegura e precipitada na cidade de São Paulo, ex-secretários da educação, médicos, professores e famílias se uniram ontem (4) em ato virtual em defesa da vida dos estudantes, familiares e dos profissionais da educação. Preocupados com a forma como as aulas serão retomadas e o risco de uma explosão de casos de covid-19, os participantes destacaram que é mais urgente garantir uma boa estrutura, preparar as escolas e orientar os profissionais da educação durante o próximo semestre. E que será preciso garantir muito mais recursos para que essas ações sejam efetivadas.

“Não dá para voltar. As famílias estão com medo. Falamos que as crianças não aprendem com fome. Será que elas vão aprender com medo? Será que os professores vão conseguir ensinar com medo? Falam que vão adequar as escolas. Quem não conseguiu podar as árvores, limpar caixa de água, limpar calhas, no início deste ano, vai garantir uma volta segura?”, questionou a ex-secretária da Educação Maria Aparecida Perez (2003-2004). O plano de volta às aulas do governo de João Doria (PSDB), para todo o estado, propõe a retomada em 8 de setembro.

 

Justiça autoriza volta imediata das aulas presenciais nas escolas particulares do DF
G1; 05/08
https://glo.bo/39WnAr0

A Justiça do Trabalho autorizou, no começo da noite desta terça-feira (4), o retorno imediato das atividades presenciais nas escolas particulares do Distrito Federal. No dia 25 de julho, uma decisão liminar havia suspendido a volta às aulas.

De acordo com a determinação, assinada pela juíza Adriana Zveiter, fica revogada a decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT-10) que havia suspendido o retorno. Na segunda-feira (3), a Justiça do Trabalho sugeriu, em audiência de conciliação, que as escolas retomassem as aulas, de “modo escalonado”, a partir do dia 10 de agosto.

 

Instituto Butantan oferece testagem gratuita de Covid-19 em São Paulo
Olhar Digital; 04/08
https://bit.ly/2DcQLu9

Em formato drive-thru, testes PCR são realizados até o dia 10 de agosto no estacionamento do Shopping SP Market; resultados são enviados em até 72 horas após a coleta do material. Até quarta-feira (5), serão distribuídas 200 senhas por dia. A partir dessa data, o instituto vai realizar 400 testes diários. Para se ter ideia, na tarde da última sexta-feira (31), a fila para os exames gratuitos chegou a ter quatro horas de duração.

 

 

 

MEC vai imprimir Enem em gráfica onde prova vazou em 2009
Renata Cafardo, Estadão; 04/08
https://bit.ly/2DDa0fY

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será impresso este ano na gráfica onde a prova foi roubada em 2009. Depois de disputa na Justiça, a Gráfica Plural acabou assinando na sexta-feira o contrato com o Instituto Nacional de Pesquisas e Estudos Educacionais (Inep) do Ministério da Educação (MEC). O processo de licitação para escolha da empresa estava parado por causa de questionamentos sobre requisitos de segurança.

A Plural é a empresa de onde o Enem foi roubado em 2009, o que causou o adiamento da prova, caso revelado pelo Estadão. As pessoas que roubaram a prova haviam sido contratadas pelo consórcio responsável pelo exame na época e trabalhavam dentro da gráfica, em um ambiente criado de última hora para as provas serem encaixotadas. Um deles saiu com o Enem na cueca.

Senado decide votar Fundeb daqui a duas semanas
Estadão; 04/08
https://bit.ly/31s2nBE

Líderes do Senado decidiram votar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do Novo Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) daqui duas semanas. A medida deve receber aval sem alterações.

O texto será pautado na semana do dia 18 de agosto, de acordo com o líder do PDT no Senado, Weverton Rocha (MA). Os senadores fizeram uma reunião remota na manhã desta terça-feira, 4, para definir a pauta da Casa.

 

Entidades pedem manutenção da isenção de impostos para o papel utilizado em livros
Monica Bergamo; 05/08
https://bit.ly/2ETsytf

Entidades representativas do livro no Brasil vão divulgar um manifesto que pede a manutenção da isenção de impostos para o papel utilizado na impressão. A proposta de reforma tributária do governo federal encaminhada ao Congresso prevê a criação de uma contribuição de 12% sobre bens e serviços —o que atingirá os livros.

O documento é assinado pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros, pela Câmara Brasileira do Livro e pela Associação Brasileira de Editores de Livros Escolares. Elas afirmam que é necessário um tratamento diferenciado para manter os livros acessíveis como fonte de educação, crescimento intelectual e difusão da cultura.

 

Para professores na Educação Básica: seminário Sistema Internacional em Transição, Crises e Conflitos
UFRGS; 05/08
https://www.ufrgs.br/ripe/

Estão abertas as inscrições para o projeto de extensão Relações Internacionais para Educadores – RIPE, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul! A iniciativa consiste em oferecer um ciclo de palestras sobre temas das Relações Internacionais, voltado aos professores da área de Ciências Humanas do Ensino Básico. Temos, por objetivo, democratizar o acesso ao conhecimento acadêmico das Relações Internacionais e facilitar a discussão de conteúdos pertinentes à área em sala de aula.

O projeto consiste em um ciclo de 7 palestras, norteadas pelo tema geral “Sistema Internacional em Transição: Crises e Conflitos.”. Na edição de 2020, os encontros ocorrerão totalmente online (via plataforma Zoom), durante sábados dos meses de setembro e outubro. A participação é aberta a educadores de todo o Brasil!

O evento tem um custo total de R$ 15,00 para os participantes, que inclui a taxa de inscrição, a emissão do certificado de participação e o material de apoio. Para saber mais detalhes sobre a edição deste ano siga nossas contas no Facebook (/CursoRIPE), Instagram e Twitter: @ripeufrgs. Encontre a programação completa aqui.

 

 

Você consegue encontrar o Dálmata nesta imagem? apenas 1% das pessoas conseguem
Revista Educadores; 03/08
https://bit.ly/2PsJoB2

O que você vê nessa imagem? Manchas pretas soltas?

Hoje e graças aos computadores, os humanos descobriram centenas de ilusões de ótica. Alguns simples e outros muito elaborados aproveitam as falhas do cérebro para nos surpreender.

Ilusões ópticas antigos eram vez um passatempo muito mais tradicional que dependia da habilidade do artista para esconder em seu trabalho artístico e, ao primeiro relance, todos os tipos de formas que os leitores devem encontrar.

Explicação: O fato de conseguirmos ver um dálmata em um quadro tão claro é surpreendente.

De fato, nosso cérebro é um verdadeiro campeão quando se trata de entender uma imagem. Ele faz isso constantemente: a imagem que se forma na retina é borrada e sem alívio, e ele precisa lidar com isso para nos fazer perceber o mundo ao nosso redor de uma maneira mais ou menos realista. Para o dálmata, demorou um pouco mais que o normal. Mas ele aprende rapidamente!

A prova: se você vir esta imagem novamente amanhã, verá imediatamente o cachorro. E você ficará surpreso por não ter percebido mais rápido da primeira vez.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio