Federação dos Professores do Estado de São Paulo, 26 de novembro de 2022

4 de agosto de 2020

04/08 – pandemia desmascara negócios na educação, volta dia 8 é improvável, Rio não volta nem com autorização, e mais: a reconstrução digital de patrimônios da humanidade.

.

 
Carreatas de escolas particulares por volta às aulas e demissões em massa nas universidades privadas. Essas ações, em meio à pandemia do novo coronavírus, mostram que parte das instituições de ensino não tem compromisso com a educação, apenas com seu próprio modelo de negócio. Leia (e veja o vídeo) aqui:  https://bit.ly/31iJXD2

 

 

 

Após queda de óbitos e internações, SP deve decidir sobre volta às aulas até sexta
Folha de S. Paulo; 04/08
https://bit.ly/3k75szo

Enquanto se aproxima da data limite para anunciar (ou não) a volta às aulas, o estado de São Paulo vem registrando queda no número de mortes pelo novo coronavírus.

Segundo dados divulgados pelo governador João Doria (PSDB) nesta segunda-feira (3), foram 1.870 mortes na semana entre 19 e 25 de julho, contra 1.719 da mais recente —151 a menos, ou 8%. Além disso, o número de internações, no mesmo período, caiu de 12.874 para 12.551 (2,5%).

Doria ainda afirmou que na próxima sexta-feira (7) a coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes terá a presença do secretário de educação, Rossieli Soares, para tratar sobre o calendário escolar.

 

É improvável que escolas reabram em 8 de setembro na capital paulista, diz secretário
Folha de S. Paulo; 04/08
https://bit.ly/3gE8l8w

O retorno das aulas presenciais na capital paulista ainda segue sem data definida. Segundo o secretário municipal de Educação, Bruno Caetano, a reabertura das escolas não deve acontecer em 8 de setembro, conforme prevê o plano do governador João Doria (PSDB). A informação havia sido adiantada pela coluna da jornalista Mônica Bergamo na Folha.

“Para ser dia 8 de setembro, a Saúde tem que dar a orientação. Mas pode ser, e é muito provável, que não seja em 8 de setembro. Ainda não há nenhuma data”, disse o secretário em entrevista à GloboNews nesta segunda (3).

 

Hoje, Câmara Municipal de SP, 13h00: audiência pública sobre volta às aulas
Câmara Municipal SP; 04/08
https://bit.ly/30p6j6w

Para assistir: O evento será transmitido ao vivo pelo portal da Câmara Municipal de São Paulo, através do link Auditórios On-line (www.saopaulo.sp.leg.br/transparencia/auditorios-online ), e pelo canal da Câmara Municipal no YouTube (www.youtube.com/camarasaopaulo). 

Para participar: Encaminhe sua manifestação por escrito ou inscreva-se para participar ao vivo por videoconferência através do Portal da CMSP na internet, em www.saopaulo.sp.leg.br/audienciapublicavirtual/inscricoes .



Fepesp; 03/08
https://bit.ly/30paJdZ

O que os donos de escola querem esconder? Por que o Sieeesp reclama da fiscalização dos sindicatos? Está havendo burla nos acordos de redução de jornada e salário? Será que reduziram horário no papel mas continuam pressionando professores no trabalho remoto? Leia nota pública da Fepesp: “Não aceitamos burlas aos acordos, não toleramos exploração por conta da pandemia e não iremos aceitar a bravata patronal”.

 

Mesmo com abertura autorizada, maioria das escolas do Rio fica fechada
Estadão; 04/08
https://bit.ly/30sf9k6

Autorizadas a retomar parte das aulas presenciais a partir desta semana, as escolas particulares do Rio, em sua maioria, permaneceram fechadas nesta segunda-feira, 2 – e deverão continuar sem receber alunos ainda por alguns dias. Entre as razões, estão incertezas sobre a validade do decreto autorizativo do prefeito Marcelo Crivella (Republicanos), uma disputa jurídica, uma  greve de professores e receios de responsáveis pelos colégios e dos próprios pais de alunos em meio à pandemia.

O Sindicato das Escolas Particulares (Sinepe-Rio) não divulgou balanço sobre o total de escolas reabertas, mas admitiu que “a adesão foi muito pequena”. Para o Sinepe, que na semana passada divulgou vídeo defendendo o retorno imediato das aulas presenciais, a maioria dos colégios prefere aguardar sinalização do governo estadual para retomar as atividades normalmente.

Uma das poucas escolas do Rio a reabrir nesta segunda foi a Camões Pinochio (na foto), na Freguesia, zona oeste da capital fluminense. Apenas alunos de quatro séries (quarto, quinto, oitavo e nono anos) tiveram atividades, que não foram propriamente aulas.

 

Brasil supera 94 mil mortes pela covid-19, com média diária de 1.011 vítimas
Rede Brasil Atual; 04/08
https://bit.ly/2PmX6FB

Números diários de mortes mostram que a covid-19 é mais letal do que o câncer e as doenças do aparelho circulatório, como o enfarte.

 

Volta às aulas somente com segurança
Sinpro ABC; 03/08
https://bit.ly/39UIfvv

O SinproABC defende que professores e professoras sejam ouvidos no que se refere as definições para a reabertura das escolas e universidades. É fundamental que os educadores possam participar das prioridades estabelecidas nos protocolos de segurança; como distanciamento, revezamento nos intervalos, a fim de evitar aglomerações.

Para voltar presencialmente o SinproABC compreende que é importante o apoio e avaliação de uma equipe multidisciplinar formada por psicólogos, fonoaudiólogos e demais profissionais. Ainda apontamos a importância de ter um aumento de efetivo dos profissionais da área de apoio ao ensino infantil e da área de higienização das salas e da limpeza de modo geral.

 

Programe-se: as lives de amanhã, quarta, 05/08:

 

 

Condições de trabalho dos professores das escolas públicas durante a pandemia
SinproDF; 03/08
https://bit.ly/30rPKao

Gestrado/UFMG e CNTE publicam relatório técnico: A pesquisa é a maior em número de respondentes já realizada no país sobre o tema e contou com a participação voluntária de 15.654 professores da educação básica, que atuam nas redes municipais, estaduais e federal. O questionário foi aplicado através de uma plataforma virtual entre os dias 08 e 30 de junho e contemplava cinco blocos de questões sobre os seguintes tópicos: 1. Informações básicas/Perfil dos professores; 2. Condições de trabalho; 3. Relação com os estudantes; 4. Formação; 5. Sentimentos em relação ao novo contexto de trabalho.

O levantamento revelou que 89% dos professores não contavam com nenhuma experiência anterior em educação a distância e que menos de um terço dos respondentes considera fácil ou muito fácil o uso das tecnologias digitais. Apesar disso, no momento da pesquisa 54% dos docentes das redes municipais de ensino alegaram não ter recebido nenhum tipo de formação para o ensino remoto; nas redes estaduais esse índice foi de 25%.


Atual corregedor é eleito para a presidência do TRT de São Paulo
Rede Brasil Atual; 03/08
https://bit.ly/2EQDiZp

O paulistano Luiz Antonio Moreira Vidigal será o próximo presidente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-2), o maior do país. Com 50 votos, o atual corregedor foi eleito no início da tarde desta segunda-feira (3). A desembargadora Jucirema Maria Godinho Gonçalves recebe 37 votos, e houve ainda um em branco. O TRT ainda está escolhendo seus novos vice-presidente administrativo e judicial, além do corregedor. O mandato é de dois anos. A posse será em 1º de outubro.

 

 

 

 

Os Patrimônios da Humanidade reconstruídos digitalmente
Expresso; 03/08
https://bit.ly/3i48SkC

A partir de gifs, campanhas publicitárias reconstituem desenho original de obras arquitetônicas reconhecidas pela Unesco. Como eram as edificações que se tornaram Patrimônio da Humanidade quando foram construídas? Duas campanhas publicitárias tentam mostrar isso, a partir de gifs que recompõem o desenho original das obras arquitetônicas.

A primeira, feita por uma empresa de viagens dos EUA em 2018, reconstruiu alguns dos monumentos mais famosos da lista da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), como o Templo de Luxor, no Egito, e o Parthenon, na Grécia.

A segunda, feita por uma empresa de seguros australiana em 2020, “reconstrói” Patrimônios da Humanidade em Perigo, que precisam ser monitorados (e segurados) de perto pela agência da ONU, como a antiga cidade de Jerusalém e suas muralhas, em Israel.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio