Federação dos Professores do Estado de São Paulo, 28 de junho de 2022

3 de novembro de 2020

03/11 – Anima leva Laureate e grupo de investimento americano fica com FMU, professor em risco (ou que mora com) não deve voltar às aulas em SP,  e mais: acompanhe a apuração das eleições nos EUA.

.

__



Ensino Superior, assembleia decisiva na campanha salarial 2020 (+2021!): é amanhã, em todo o Estado! Veja no seu sindicato o horário e seu link para a assembleia.
Leia aqui e compartilhe:    https://bit.ly/3kW63nv
 

Ânima oficializa compra da Laureate por R$ 4,4 bilhões e vende marca FMU para fundo Farallon
Estadão; 03/11
https://bit.ly/2I4fP8o

A Laureate preferiu a oferta da Ânima para receber uma fatia maior em dinheiro e conseguir sair rapidamente do Brasil, cumprindo o objetivo de seus acionistas. Ainda dentro do desenho da compra da Laureate, a Ânima concordou em vender 100% do capital da FMU (Faculdades Metropolitanas Unidas) ao fundo de private equity (que compra participações em empresas) Farallon, por R$ 500 milhões. Esse acordo visa a facilitar a aprovação do negócio pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Uma das principais razões para a disputa pelos ativos da Laureate foi o número proporcionalmente alto de alunos de medicina, que pagam valores mais altos de mensalidade. No total, são mais de 16,2 mil estudantes desse curso. Isso, disse a Ânima em fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), fará da empresa um grupo “mais destacado” neste segmento disputado.

Embora tenha se desfeito da FMU, a Ânima informou que vai manter duas das outras marcas que pertenciam à Laureate: Anhembi Morumbi e São Judas, que são bastante conhecidas no mercado de São Paulo.

 


Ânima venderá FMU a Farallon por R$ 500 milhões
Valor Econômico; 03/11
https://glo.bo/3eqlbaf

A gestora de recursos Farallon vai pagar R$ 500 milhões pela FMU, instituição de ensino paulista com 70 mil alunos e receita na casa dos R$ 500 milhões. A transação faz parte do acordo de aquisição da Laureate Brasil pela Ânima, que propôs a venda da FMU a fim de evitar problemas no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

A Ânima também negocia com a Ser Educacional a venda dos centros universitários UniRitter, Fadergs, ambos em Porto Alegre, e IBMR, no Rio – contrapartida concedida para que a Ser retirasse os processos judicial e arbitral que estavam emperrando a venda da Laureate Brasil. Segundo fontes, a Ânima pede algo em torno de R$ 1 bilhão pelas três instituições. As duas companhias chegaram a negociar, mas não houve consenso sobre os montantes. A Ser tem o direito de preferência para comprar essas três faculdades durante dois meses e meio, a contar a partir do dia 29 de outubro.



Em São Paulo, ensino médio tem retorno presencial nesta terça-feira

Estadão; 03/11
https://bit.ly/2JB5sdn

Pela primeira vez após o decreto de quarentena em São Paulo, escolas públicas e particulares devem reabrir para aulas regulares nesta terça-feira, 3. Autorizado pela Prefeitura, o retorno das classes presenciais no ensino médio é aguardado por parte dos estudantes, que deseja retomar a rotina escolar e o contato com colegas e professores. A volta é opcional e alunos do grupo de risco não devem ir à escola.

 

Justiça do Trabalho de SP dispensa do retorno presencial professores que moram com integrantes dos grupos de risco para Covid-19
Fepesp; 08/10
https://bit.ly/3iHAGv5

Professores de escolas particulares na Educação Básica do Estado de São Paulo que estejam incluídos nos grupos de risco do coronavírus ou que morem com pessoas que estejam nos grupos de risco podem ser dispensados de atender a convocação da escola para comparecer em qualquer atividade de volta às aulas enquanto durar o estado de emergência provocado pela pandemia.


De 40 escolas privadas de SP, 1/4 não retoma ensino médio presencial nesta terça, dia 3
Estadão; 30/10
https://bit.ly/2TPWnis

A demora na decisão da Prefeitura e a proximidade com o fim do ano fizeram com que 24% das escolas particulares da capital que responderam a uma enquete feita pelo Estadão decidissem não dar aulas presenciais a partir do dia 3. Elas optaram por continuar apenas com atividades extracurriculares na escola ou sequer abriram ainda. Entre os que continuarão com aulas só online estão colégios de elite, como Bandeirantes e Santa Cruz. A reportagem questionou 40 escolas particulares de todas as regiões da cidade, com perfis diferentes.

 

Fies cai ao menor número de beneficiários em 11 anos
Folha de S. Paulo; 02/11
https://bit.ly/3oSB1iL

O número de novos contratos firmados pelo Fies (Financiamento Estudantil) em 2020, sob o governo Jair Bolsonaro (sem partido) e em meio à pandemia de coronavírus, foi o menor registrado desde 2009. Nem metade das vagas prometidas foi efetivada.

Apesar de anunciar 100 mil vagas para este ano, o governo federal registrou 47.082 novos contatos, segundo dados oficiais obtidos pela Folha. É como se o tamanho do programa tivesse regredido ao que fora há mais de dez anos: só em 2009, quando o Fies tinha outras regras, houve uma oferta menor, com 32.594 vagas.

Startup de educação cria curso para ajudar professores a preparar aulas à distância
G1; 28/10
https://glo.bo/386jf5HO foco da startup é vender o serviço para escolas por R$ 2 mil. Mas, as aulas também podem ser compradas diretamente pelos professores, por R$ 2,5 mil. Rio de Janeiro: escolas são denunciadas por colocar em risco professores e alunos
Rede Brasil Atual; 02/11
https://bit.ly/2GsrC06

Número de denúncias contra escolas do Rio fez com que Sindicato dos Professores, mesmo com o encerramento de paralisação, decidisse permanecer em “estado de alerta de vigilância sanitária.”

Recife: quarta escola suspende aulas presenciais para uma turma por causa de caso de covid-19
JC Net; 02/11
https://bit.ly/3kVyMJ1

Mais um aluno de escola particular de Recife está com covid-19 e por isso as aulas presenciais serão suspensas para a turma dele. Desta vez é para uma classe de 1º ano do ensino médio do Colégio Cognitivo, unidade Boa Viagem, na Zona Sul. Em comunicado aos pais e professores, a unidade informa que as aulas serão remotas nesta semana, de 3 a 6 de novembro. Desde que o ensino presencial voltou na rede privada, em 9 de outubro, já houve casos de estudantes e professores infectados nos Colégios Damas, Grande Passo e CBV.

 




Eleições nos EUA, vídeo: entenda como funciona a escolha do presidente pelo colégio eleitoral
G1; 03/11
https://glo.bo/35XGvQB
vídeo: https://g1.globo.com/mundo/video/como-funciona-a-eleicao-presidencial-nos-estados-unidos-8800780.ghtml

Diferente de outras repúblicas presidencialistas, os americanos adotaram um sistema chamado de colégio eleitoral, no qual cada estado ganha um peso, de acordo com o tamanho de sua população. Saiba por que conquistar os votos de mais eleitores nem sempre significa se tornar o presidente.

Confira os estados decisivos que merecem atenção na apuração da eleição dos EUA
G1; 03/11
https://glo.bo/3246Awn

Devido ao sistema indireto de escolha, alguns estados merecem mais atenção do que outros na eleição presidencial dos EUA desta terça-feira (3). A Flórida, que já deve divulgar resultados consolidados na madrugada de quarta-feira (4), e a Pensilvânia, onde a apuração deverá demorar até que aponte um vencedor, tendem a ser mais decisivos na disputa entre o republicano Donald Trump e o democrata Joe Biden.


Na rede: acompanhe a apuração ao vivo
Sputnik Brasil; 03/11
https://bit.ly/2GmR3jt

Neste site você pode acompanhar a apuração dos votos na eleição presidencial dos EUA pelo total de delegados, pelo mapa do país ou em gráficos, Estado por Estado.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio