Federação dos Professores do Estado de São Paulo, 28 de junho de 2022

2 de outubro de 2020

02/10 – grande ato virtual contra volta às aulas presenciais, mães inseguras com  volta, verdades e mentiras no debate dos candidatos a prefeito – e mais.

.


Os sindicatos integrantes da Fepesp, reunidos em seu conselho na tarde desta quinta-feira (01/10), decidiram por não aceitar a proposta financeira das mantenedoras de instituições de ensino superior privadas nesta Campanha Salarial 2020.
Leia aqui:   https://bit.ly/34bgsog
 

 

Escolas particulares não têm limite de horários e dias para reabrir, diz secretário municipal da Educação de SP
Folha de S. Paulo; 02/10
https://bit.ly/2Sjdd8J

Escolas particulares e até delegacias de ensino da cidade de São Paulo fizeram uma leitura equivocada das normas para a reabertura em 7 de outubro e estão limitando a presença de alunos a dois dias por semana e a duas horas diárias, apenas no contraturno. Essa determinação, no entanto, é para a rede municipal, não vale para a privada, esclarece à Folha o secretário da Educação do município, Bruno Caetano.

As únicas limitações da rede particular, que são válidas também para as públicas (estaduais e municipais), são a de restringir a 20% a presença dos estudantes e a de oferecer apenas cursos extracurriculares, recuperação e atividades de acolhimento.

Caetano diz que o documento dá à rede particular liberdade para definir suas regras e que teve, inclusive, a preocupação de deixar claro que as privadas não precisam de autorização das diretorias de ensino para seus programas de reabertura. A programação da retomada deve apenas ser informada às diretorias e estar dentro dos critérios previstos (limitação de 20% e cursos extracurriculares, acolhimento e recuperação). Apesar disso, segundo a Folha apurou, houve diretorias de ensino da capital restringindo o limite de dias e horários a colégios particulares e estaduais, atitude pela qual foram advertidas pela Secretaria de Educação do estado.

 

Grande ato virtual contra volta às aulas presenciais
Sinpro Campinas; 02/10
https://bit.ly/2EWoMja
Link de entrada no Zoom, às 17h30: https://bit.ly/3l60eDz

O Sinpro Campinas e região fará um ato virtual contra a volta às aulas presenciais nas cidades da sua base, na próxima sexta-feira, dia 02 de outubro. A manifestação faz parte do Plano de Luta e Mobilização construído pelos professores, em reunião com o Sindicato no dia 24 de setembro.

Os professores poderão participar do ato pelo Zoom, com este link de acesso: https://us02web.zoom.us/j/87964664892?pwd=MWVRd3NZOHBWRUoyQVlLL2V6ZWUvUT09

A manifestação também será transmitida pela página do Facebook e canal do YouTube do Sindicato, com objetivo de alcançar grande parte da população.

 

Covas diz que não vai ceder a pressões para a retomada das aulas presenciais na cidade de SP
G1; 01/10
https://glo.bo/3nlTwvo

Em agenda de campanha para reeleição, prefeito de SP disse que volta às aulas ocorre apenas quando houver autorização da Vigilância Sanitária. Licitação para compra de tablets para os estudantes foi suspensa pela Justiça, e secretário de Governo afirma que atraso no edital vai comprometer entrega dos equipamentos.


Conselhos que representam 37% das escolas municipais de São Paulo rejeitam reabrir em outubro
Folha de S. Paulo; 30/09
https://bit.ly/2ERiW2m

Em ao menos 5 das 13 diretorias regionais de ensino (DREs) de São Paulo, os conselhos regionais escolares se manifestaram contra a reabertura das unidades municipais para atividades extracurriculares. Juntas, elas somam 570 escolas —37,7% de toda a rede direta da prefeitura.

O prefeito Bruno Covas (PSDB) autorizou as escolas a reabrirem a partir de 7 de outubro, mas elas não podem oferecer aulas regulares. As unidades da rede municipal podem receber os alunos apenas duas vezes por semana e por no máximo duas horas diárias.

A retomada parcial, no entanto, depende de aprovação do conselho escolar de cada unidade. Para reabrir nessa data, elas tinham de encaminhar a decisão para as diretorias de ensino até esta quarta (30). A prefeitura não informou quantas decidiram ofertar as atividades extracurriculares.

 

Mães testam filhos contra Covid, mas ainda estão inseguras quanto volta às aulas
Agora; 01/10
https://bit.ly/3cRUAlH

Apreensivas com relação ao retorno das aulas presenciais, as professoras e as mães que levaram seus filhos na manhã desta quinta-feira (1), ao primeiro dia do censo sorológico da rede municipal de ensino de São Paulo, na Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Professor Máximo de Moura Santos, na Vila Pauliceia (zona norte da capital paulista), apesar de aprovarem a iniciativa da testagem em massa, afirmaram que nem os resultados as deixarão seguras para a volta aos colégios neste ano.

De acordo com o secretário municipal da Educação, Bruno Caetano, os resultados dos testes nortearão o retorno, já que detectarão quem possui anticorpos para a Covid-19, ou seja, quem já teve contato com o coronavírus.

A primeira fase deste inquérito sorológico com alunos a partir de 4 anos, docentes e funcionários da secretaria, está direcionada para 93 mil professores, 41 mil crianças do 3º ano do ensino fundamental, 45 mil alunos do 9º ano e 2,5 mil do ensino médio. Esta etapa vai até o próximo dia 15.

 

Podcast: A precariedade de um ensino sem professor
Site Questão de Ordem; 01/10
https://spoti.fi/3cQTCGe

Neste programa nós conversamos com o Professor Ailton Fernandes, diretor do Sindicato de Professores de São Paulo e da Federação de Professores de São Paulo, pra falar sobre a demissão em massa de mais de 1600 professores universitários durante a pandemia.

 

Após reclamações, Inep prorroga prazo para inserir foto no sistema do Enem
Estadão; 01/10
https://bit.ly/3n5QnzH

Após diversas reclamações sobre a dificuldade de inserção da foto da inscrição no sistema do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, os inscritos para a prova terão até as 23h59 do dia 8 de outubro para inserir a fotografia pessoal no sistema, por meio da Página do Participante. O prazo foi prorrogado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) por mais uma semana, em função do volume de acessos ao sistema em um único dia.

A prorrogação tem o objetivo de garantir a realização do procedimento por parte dos inscritos. Participantes que já incluíram a foto anteriormente não precisam repetir a operação.

Quem pode se inscrever? – Poderão se inscrever os candidatos que participaram do Enem a partir de 2010, não zeraram na redação e tiveram no mínimo 450 pontos na média das cinco provas do exame. Esse novo edital de vagas remanescentes atende somente à primeira modalidade do programa, que oferece vagas com juros zero para os estudantes com renda mensal familiar de até três salários mínimos.

 

País que não acredita na ciência, Brasil se aproxima de 145 mil mortos por covid-19
Rede Brasil Atual; 01/10
https://bit.ly/3jpqPer

Pesquisa da organização norte-americana Pew Research Center comprova que brasileiros são dos piores exemplos de conduta em relação ao combate à covid-19 no mundo.

A covid-19 provocou mais 718 mortes no Brasil nas últimas 24 horas. Desde o início do surto no país, em março, são 144.680 vítimas, de acordo com boletim do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass), divulgado no início da noite desta quinta-feira (1º). O número de novos casos no período foi de 37.016, totalizando 4.847.092 infectados.

 

Veja erros, exageros e contradições dos candidatos a prefeito de SP no debate da Band
Folha de S. Paulo; 02/10
https://bit.ly/3nlVA6C

Os candidatos à Prefeitura de São Paulo participaram na noite desta quinta-feira (1º) do primeiro debate das eleições 2020, na Band.

Foram convidados os candidatos Andrea Matarazzo (PSD), Arthur do Val (Patriota), Bruno Covas (PSDB), Celso Russomanno (Republicanos), Filipe Sabará (Novo), Guilherme Boulos (PSOL), Jilmar Tatto (PT), Joice Hasselmann (PSL), Márcio França (PSB), Marina Helou (Rede) e Orlando Silva (PC do B).

A Agência Lupa verificou algumas das declarações dos participantes, veja:

 

  • “Assim que o [João] Doria e o Bruno Covas assumiram a Prefeitura de São Paulo, usaram violência contra as pessoas [na cracolândia]”
    Jilmar Tatto (PT)

VERDADEIRO Uma das promessas de João Doria (PSDB) e de seu vice, Bruno Covas (PSDB), quando eleitos para a Prefeitura de São Paulo, era eliminar a cracolândia.

 

  • “No segundo turno ganhamos a eleição aqui na capital com quase 1 milhão de votos de diferença.”
    Márcio França (PSB)

VERDADEIRO Márcio França (PSB) perdeu o segundo turno das eleições para o Governo do Estado de São Paulo por uma diferença de 741.610 votos, mas foi mais votado na capital.

 

  • “[O PT deixou] um grande rombo de R$ 7 bilhões em 2017”
    Bruno Covas (PSDB)

FALSO Ao terminar o mandato, a gestão de Fernando Haddad (PT) deixou R$ 5,3 bilhões no caixa da Prefeitura da São Paulo, de acordo com o Relatório Anual de Fiscalização de 2016, elaborado pelo TCM (Tribunal de Contas do Município).

 

  • “[São Paulo] é a capital mundial do desemprego, mais de três milhões de pessoas”.
    Guilherme Boulos (PSOL)

FALSO Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Trimestral (Pnadc/T) do primeiro trimestre de 2020, última com dados disponíveis por município, 937 mil pessoas estavam desocupadas na capital paulista. O número citado por Boulos se refere à população desocupada no estado de São Paulo (3,1 milhões).

 

  • “O TCM impediu que isso [compra de 500 mil tablets para serem distribuídos para os estudantes da rede municipal] acontecesse porque você não disse de que forma as crianças iam acessar a internet”.
    Celso Russomanno (Republicanos)

EXAGERADO Na última terça-feira (29), o TCM (Tribunal de Contas Municipal de São Paulo) determinou a suspensão do pregão eletrônico para a compra de 460 mil tablets, que seriam distribuídos para os alunos da rede pública. No entanto, a decisão do tribunal não justifica a medida pelo fato de a prefeitura não ter especificado como será o acesso a internet.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio