2 de agosto de 2019

02/08 – Queda da taxa Selic, novo currículo escolar em SP, USP reduz salários de 2 mil servidores, e mais.

.

 

 



Senadores divergem sobre novos cortes na educação
Senado Notícias; 01/08
http://bit.ly/2T3cqs7

A equipe econômica anunciou um novo contingenciamento do Orçamento. Somente o Ministério da Educação vai perder R$ 348 milhões. O senador Chico Rodrigues (DEM-RR) disse que os cortes são necessários diante do cenário econômico, mas acredita que o dinheiro possa ser desbloqueado após aprovação da reforma da Previdência. Já Paulo Paim (PT-RS) lamentou a decisão do governo e lembrou que os cortes na educação já somam R$ 6 bilhões neste ano.

 

Educação de SP homologa novo currículo 
da educação infantil e ensino fundamental
Portal do Governo; 01/08
http://bit.ly/2ytp6z4

O novo currículo paulista das etapas da educação infantil e do ensino fundamental foi homologado nesta quinta-feira (1º) pelo secretário de Educação, Rossieli Soares, em evento realizado com a presença do governador João Doria no Palácio dos Bandeirantes. Para entrar em vigor, o documento passou por uma série de discussões desde o ano passado. Formulado por 22 redatores, a construção do novo currículo paulista contou com 2,5 milhões de participações, via consulta pública, e 103 mil sugestões da sociedade civil.

 


Artigo | Um governo na contramão da prioridade da maioria 
Nocaute; 01/08
http://bit.ly/2YI8cHK

Por Cesar Callegari: Em recente pesquisa da Idea Big Data, o item pior avaliado em relação ao governo federal foi a Educação. A pesquisa mostrou que as prioridades para população brasileira na Educação são a valorização de professores, educação infantil, alfabetização na idade certa, reforma do ensino médio com inclusão. O governo Bolsonaro está totalmente desconectado das prioridades dos brasileiros.

 

Artigo | O Brasil e os indicadores internacionais de desempenho escolar
Estadão; 01/08
http://bit.ly/2KkWAoH

Por Pedro Flexa Ribeiro: As avaliações em larga escala são, hoje, um importante recurso disponível para aprofundar as reflexões acerca da qualidade da educação. A busca pelo ensino de qualidade é causa universal, que convoca a todas as escolas e a todos os que pretendem elevar os padrões de desempenho. Desde os anos 1990, o MEC/Inep desenvolveu um complexo sistema de avaliação que investiga o sistema de ensino em seus diferentes níveis. No geral, o país trilha caminho virtuoso, inspirado por bons propósitos e conduzido com competência. Apesar dos muitos acertos e da consistência do trabalho, o uso dos resultados permanece objeto de polêmica.

 

 



São José do Rio Preto: SAAE vence UNORP em ação pela PLR
Fepesp; 01/08
http://bit.ly/2KeEplX

O Sindicato dos Auxiliares de Administração Escolar de São José do Rio Preto – SAAE Rio Preto – teve ganho de causa para os auxiliares que trabalharam na UNORP nos anos de 2014, 2015 e 2016. A vitória se refere ao recebimento dos valores da Participação nos Lucros e Resultados que a instituição devia ter pago, não pagou e agora foi condenada na justiça. O sindicato teve ganho de causa agora no mês de julho.

 


Unicidades: novo endereço em Leme
Fepesp; 30/07
http://bit.ly/2OR6O5Z

O Sindicato dos Professores e Auxiliares de Leme, Descalvado, Pirassununga, Porto Ferreira, Santa Cruz da Conceição, Santa Rita do Passa Quatro, Tambaú – o Unicidades – está agora em novo endereço:  Rua Antonio Mourão nº 468 Centro Leme/SP – CEP. 13610-090. O telefone permanece o mesmo: Fone: (19) 3571-8822, Whatsapp: (19) 99910-8822.

 

Osasco: Dicas que podem evitar ou resolver problemas no trabalho
SinprOsasco; 01/08
http://bit.ly/2Yn0J5g

Todo começo de ano ou semestre letivo, os sindicatos orientam os professores sobre problemas comuns que podem ser evitados futuramente. Tem um pouco de tudo: da conferência dos salários à guarda dos holerites, do cuidado nas redes sociais à organização dos materiais e comunicados digitais. São pequenos hábitos que, neste reinício de período letivo vale a pena relembrar e incorporar no dia a dia.

 

 


Para cumprir teto, USP reduz salários de 2 mil servidores
Estadão; 02/08
http://bit.ly/2Ko1jWz

Pressionada pelo Ministério Público e por outros órgãos de fiscalização, a Universidade de São Paulo (USP) informou esta semana que vai reduzir os salários de 2.082 servidores, ativos e aposentados, que recebem salários acima do teto. O limite é a remuneração do governador João Doria (PSDB), de R$ 23.048. No informe à comunidade universitária, a reitoria classificou a medida como “dura, mas necessária”.

 

 


‘Corte na Selic é pouco e veio muito tarde’, afirma professor da UNB
DCI; 02/08
http://bit.ly/335XAWr

O corte de 0,5 ponto porcentual na taxa básica de juros, a Selic, veio muito tarde e numa magnitude menor do que a necessária para produzir um efeito expansionista relevante para a atividade econômica, afirma em artigo o professor de Economia da Universidade de Brasília, José Oreiro. “Os efeitos só serão sentidos no primeiro trimestre de 2020”, ressalta.

 


Entenda em 6 pontos o que é a taxa Selic
e como ela pode influenciar no seu bolso

G1; 01/08
https://glo.bo/2T1f2GR

A Selic é o principal instrumento de política monetária para controlar a inflação e tem influência sobre diversos aspectos da economia real – como os juros do seu cartão de crédito. Em 6 perguntas, explica-se como funciona essa decisão do Banco Central sobre a Selic e como ela afeta, no fim das contas, o que os bancos cobram nos empréstimos para as empresas e pessoas físicas.

 

Desemprego e alto endividamento dificultam
repasse da queda da Selic ao bolso do consumidor

Estadão; 01/08
http://bit.ly/2GI8tEi

Os 28,405 milhões de brasileiros sem emprego e a alta taxa de famílias com dívidas em atraso – hoje em 64,1%, segundo dados de julho da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) – são tidos pelos economistas como os entraves para o repasse da queda da Selic para o bolso do consumidor final. A mudança da Selic tem impacto direto na concessão de crédito para empresas de grande porte, com acesso ao mercado de capitais, e nos investimentos de renda fixa – como a caderneta de poupança ou um título de CDB. No entanto, a taxa não interfere no mercado de crédito para pessoas físicas, como créditos imobiliários, créditos livres, rotativo do cartão e cheque especial.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio