Federação dos Professores do Estado de São Paulo, 25 de setembro de 2022

2 de abril de 2019

02/04

Centrais conversam hoje com Maia; Abaixo-assinado contra a reforma; Professores da Metodista em greve; Lucro da Kroton; Gráfica do Enem declara falência; e mais.

Reforma da Previdência? Nas nossas costas não! Veja o clipe aqui:http://fepesp.org.br/noticia/reforma-da-previdencia-nao-nas-nossas-costas/

 

 

Centrais vão a Brasília e preparam abaixo-assinado contra reforma
Rede Brasil Atual; 01/04
http://bit.ly/2I5Cq2t

Representantes de centrais vão se reunir amanhã (2) com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para tratar da “reforma” da Previdência e da medida provisória sobre financiamento sindical. A agenda em Brasília inclui ainda encontros com o procurador-geral do Trabalho, Ronaldo Fleury, e no dia seguinte com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli. A MP 873, editada há um mês, tem ações de inconstitucionalidade aguardando julgamento na Corte. Os sindicalistas vão reafirmar que a medida visa a “destruir” as entidades que representam os trabalhadores. A MP proíbe cobrança de contribuições sindicais em folha de pagamento, permitindo apenas o uso de boleto, após autorização individual de cada trabalhador. Dezenas de entidades já conseguiram liminares judiciais para permitir o desconto em folha.

 


Reforma dificulta aposentadoria de professores.
Clique na imagem e assista ao vídeo com os comentários de Silvia Barbara 

Sinpro Campinas; 29/03
http://bit.ly/2OFLCfk

Por isso o Sinpro Campinas e região realizará dia 06 de abril, às 9h, na sede do Sindicato, uma Roda de Conversa sobre o tema. O evento contará com a participação do diretor responsável pelo departamento de previdência do Sinpro, o professor Valdemir Gori. No encontro, os professores e professoras terão a oportunidade de discutir e tirar dúvidas sobre os impactos da proposta na carreira docente.

 

Centrais tratam hoje com Maia destino da MP
que ataca financiamento sindical

RPB; 02/04
http://bit.ly/2JZWCFx

Dirigentes das Centrais almoçam nesta terça (2) com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para tratar da Medida Provisória 873 que inviabiliza o financiamento sindical. O encontro está previsto para o meio-dia, na residência de Maia. A expectativa é de uma conversa produtiva. “Temos que aproveitar a oportunidade pra debater a Medida Provisória e quem sabe até derrubá-la. O Rodrigo Maia abre essa possibilidade de diálogo. É uma oportunidade de aproximar Centrais e Legislativo”, disse Miguel Torres, presidente da Força Sindical.

 

Para juiz, MP sobre financiamento ‘cassa a liberdade sindical’
Rede Brasil Atual; 29/03
http://bit.ly/2uF3kGz

Dezenas de entidades já conseguiram liminares para barrar a Medida Provisória (MP) 873, do dia 1º, sobre financiamento sindical. Nesta sexta-feira (29), saiu uma decisão em segunda instância, do vice-presidente judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-2), desembargador Rafael Pugliese, a favor do Sindicato dos Motoristas de São Paulo.

 


Professores da Metodista entram em estado de greve 
Sinpro ABC; 02/04
http://bit.ly/2U9ahyR

Acompanhe as notícias sobre o caso da Metodista aqui: https://www.sinpro-abc.org.br/

 

Sinpro ajuíza ação contra o Colégio Interativo 
Sinpro São José do Rio Preto; 01/04
http://bit.ly/2HTZP7E

 

Clima instável no MEC pode prejudicar alcance de metas
Jornal Metro; 01/04
http://bit.ly/2CS2haI

Março não foi um mês gentil com o MEC (Ministério da Educação), que colecionou semanas marcadas por recuos, desencontros e um clima bélico entre seus funcionários – culminando na demissão de 11 pessoas do alto escalão. Desses cargos, cinco ainda estão vagos. As ausências no quadro de pessoal já paralisaram o funcionamento interno do MEC. Suas raízes podem atingir pontos cruciais para a educação básica no país.

 

“Bolsonaro escolheu a Educação como inimiga pública número 1”, 
afirma Haddad
Revista Fórum; 01/04
http://bit.ly/2OI9X43

Convidado de estreia do canal “À Esquerda”, no YouTube, o ex-candidato a presidente pelo PT, Fernando Haddad, fez duras críticas ao comportamento de Jair Bolosnaro nos três primeiros meses de governo e sua política ultraliberal. “O ataque na Educação tem sido o mais forte. Bolsonaro escolheu a Educação como inimiga pública número 1. Ele tem medo da Educação. Ele treme e foge quando encontra um estudante. Ele ameaça as universidades. Mas ele não vai conseguir intimidar os educadores e os educandos deste país”, disse Haddad, em entrevista aos ex-senadores Lindbergh Farias (PT) e Vanessa Grazziotin (PCdoB).

 

 


Falência de gráfica que imprime Enem coloca exame em risco
Folha de S. Paulo; 01/04
http://bit.ly/2Uf3vYj

O anúncio de falência da gráfica RR Donnelley, que desde 2009 imprime as provas do Enem, coloca em risco a realização do exame neste ano. O Enem ocorre em novembro e, para cumprir o cronograma, a impressão das provas deve ocorrer até maio, no máximo. O trabalho realizado para o Enem não é feito por qualquer gráfica, uma vez que a operação demanda reforçado sistema de segurança e tem entraves logísticos.

 

Governo pediu apoio da Casa da Moeda para impressão do Enem
Folha de S. Paulo; 01/04
http://bit.ly/2VeejCq

O Inep ( (Instituto Nacional de Estudos Pesquisas e Estudos Educacionais) consultou neste ano a Casa da Moeda para ajudar na impressão do Enem. O pedido foi tema de uma reunião no último dia 11, em Brasília. A informação de que a gráfica RR Donnelley passava por dificuldades já circulava havia mais de um mês dentro do Inep, órgão do MEC (Ministério da Educação) responsável pelo Enem e outras avaliações. O anúncio da falência da empresa preocupa servidores do instituto com relação à realização do exame, marcado para novembro e porta de entrada para praticamente todas as universidades federais.

 

Kroton teve lucro de R$ 102.28 milhões no 4º trimestre de 2018
ADVFN; 31/03
http://bit.ly/2TM56Qp

A companhia Kroton anunciou um lucro líquido de R$ 102.28 milhões no 4º trimestre de 2018, valor 73,82% inferior ao lucro líquido apurado no mesmo período do ano anterior (R$ 390.66 milhões). Já a receita líquida da companhia aumentou 42,33% de um ano para o outro, passando de R$ 1.35 bilhões no 4º trimestre de 2017 para R$ 1.92 bilhões no 4º trimestre de 2018. Os ativos totais da Kroton (BOV:KROT3) totalizaram R$ 30.65 bilhões no 4º trimestre de 2018, soma 68,19% maior que o saldo de R$ 18.22 bilhões registrado no encerramento do mesmo período do ano anterior.

 

 


Misturar azul e rosa para falar sobre igualdade de gênero
Nova Escola; 01/04
http://bit.ly/2OCJTHw

Se quisermos garantir os mesmos direitos de aprendizagem a meninos e meninas, é preciso parar e pensar se as nossas práticas cotidianas estão dando aos alunos e alunas as mesmas condições de serem quem são e de sonharem. Nessa reportagem, você vai encontrar reflexões, informações e depoimentos, além de ideias práticas para promover a igualdade dentro da escola.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio