Federação dos Professores do Estado de São Paulo, 04 de fevereiro de 2023

1 de fevereiro de 2021

01/02 – uma greve de atividades presenciais,  crianças transmitem covid-19, Enem digital tem problema no computador, e mais:  Justiça atende governo e permite reabertura de escolas em SP

uma greve de atividades presenciais,  crianças transmitem covid-19, Enem digital tem problema no computador, e mais:  Justiça atende governo e permite reabertura de escolas em SP

Rio de Janeiro: Professores estaduais entram em greve de atividades presenciais por vacinação da categoria contra Covid-19
O Globo; 31/01
https://outline.com/B5pSGLEm assembleia realizada na sexta-feira (29), professores da rede estadual de ensino do Rio de Janeiro aprovaram greve das atividades presenciais como forma de pressionar pela vacinação da categoria. De acordo com o calendário da Secretaria estadual de Educação, o fim do recesso foi estipulado para quarta-feira (3), quando os profissionais começam a se reunir de forma ainda virtual para fazer o planejamento. A volta às aulas, no entanto, é prevista somente para março, respeitando o risco de contágio de Covid-19 em cada município.

Segundo o coordenador geral do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do Estado do Rio de Janeiro (Sepe), Alex Sandro da Silva Trentino, a categoria vai continuar a realizar todas as atividades remotas, porém se recusa a retornar às escolas.


Especialistas em educação alertam que, sem vacinação, não é possível voltar às salas de aula
Brasil 247; 29/01
http://bit.ly/2NJOkE3

Especialistas em educação denunciam a ausência do ministério da Educação durante a pandemia, a realização do Enem desastroso e a urgente necessidade de vetar a volta às aulas, no cenário de aumento de infecções causadas pela Covid-19. Assista aqui: https://youtu.be/46EJJumn3HY

 

Crianças têm 60% mais chances de transmitir Covid-19, segundo estudo
UOL; 31/01
https://bit.ly/3cvWz14

As crianças têm 60% mais chances de transmitir a Covid-19, de acordo com o revelado por um estudo inédito da Universidade da Flórida, publicado na revista científica Lancet. O levantamento também revela que bêbes de 1 ano de idade ou menos têm mais chances de serem infectados comparado aos menores entre 2 e 5 anos. Assista aqui: https://tv.uol/18tED”.

 

Justiça atende governo e permite reabertura de escolas em SP
Agência Sindical; 29/01
https://bit.ly/2YEI02N

O Tribunal de Justiça de São Paulo atendeu ao pedido do Governo do Estado e suspendeu a liminar que impedia a reabertura das escolas. Agora, a volta às aulas presenciais está mantida e liberada para a próxima segunda, 1º.

Quinta, 28, sindicatos representantes de professores estaduais conseguiram barrar o retorno das atividades escolares através de liminar concedida pela juíza Simone Casoretti.

Em sua decisão, a magistrada afirmou que a situação da crise sanitária não justifica a retomada das aulas presenciais nas áreas classificadas nas fases laranja e vermelha do Plano SP. “Em nome da proteção ao direito à vida, que não pode ser desprezado”, argumentou a dra. Simone.


Escolas particulares reabrem para aula presencial a partir de hoje em São Paulo
Estadão; 01/02
http://bit.ly/3cw2Ycu

Fechadas desde março para aulas regulares por causa da pandemia de covid-19, as escolas vão reabrir a partir desta segunda-feira, 1º. A reabertura vai começar com as unidades da rede privada. No dia 8, será a vez das escolas estaduais e no dia 15, das municipais.

O processo de fechamento das unidades até agora foi marcado por aulas online, cobranças dos pais, consultas a especialistas – incluindo a contratação de consultorias de hospitais renomados pelos colégios mais caros da capital -, adaptações nas salas, liminares que suspenderam o retorno e decisões da Justiça que mantiveram a reabertura.

Retomada teve briga na Justiça – Na última semana, às vésperas do retorno presencial, liminares chegaram a suspender a volta às aulas.

Na quinta-feira, 28, a retomada de aulas presenciais no Estado foi suspensa por decisão da juíza Simone Gomes Rodrigues Casoretti, da 9ª Vara da Fazenda Pública da Capital. O agravamento da pandemia, segundo ela, motivou a decisão. No dia seguinte, o presidente do Tribunal de Justiça, Geraldo Francisco Pinheiro Franco, derrubou a liminar, alegando que esse tipo de decisão deve ser tomada pelo Estado e não pelo Judiciário.

Ainda no dia 29, outra liminar impediu a retomada nas escolas públicas de educação infantil da capital. Neste sábado, 30, Franco também derrubou a liminar.

 

Enem: Alunos relatam que não fizeram prova digital por problemas técnicos
UOL; 31/01
https://bit.ly/2YEI02N

Pouco tempo após o início da aplicação da primeira prova digital do Enem, que começou às 13h30 (de Brasília) de hoje, as redes sociais já registravam relatos de participantes que não conseguiram realizar o exame por problemas técnicos. A maior parte das reclamações citava o sistema usado para a aplicação da prova em computadores, que não funcionou corretamente.

Entre os relatos feitos no Twitter, pessoas contaram que esperaram por horas nas salas de aula para que o problema fosse resolvido. Mesmo assim, acabaram dispensadas depois e foram orientados a reagendar a prova.


 

Homologações de rescisões: no sindicato
Sintee PP; 29/01
https://bit.ly/2LdwwR2

Presidente Prudente – De acordo com as Convenções Coletivas de Trabalho em vigor, as rescisões, obrigatoriamente, deverão ser homologadas no Sindicato. Após uma pausa, devido a pandemia pelo COVID-19, retornaremos as homologações PRESENCIAIS no Sindicato a partir de 1º de Fevereiro de 2021.

Portanto, comunicamos a todos os Mantenedores das Escolas Particulares, pertencentes a base deste Sindicato, que voltaremos a fazer as homologações no sindicato a partir de 01 de fevereiro de 2021, com agendamentos antecipados, para as cidades de Presidente Prudente, Alvares Machado, Martinópolis, Pirapozinho e Regente Feijó. As rescisões deverão ser enviadas, antecipadamente, por e-mail, para análise prévia. As demais cidades, deverão também enviar por e-mail as rescisões, que serão analisadas e homologadas, também, por e-mail.

Qualquer dúvida, entrar em contato por telefone 3222-6422 (das 9h as 12h) ou por e-mail sindicato@sinteepp.com.br .

 

Sindicato notifica escolas sobre uso de EPI durante pandemia
Sinpro Sorocaba; 29/01
https://bit.ly/3rbQNpu

Sorocaba – o Sinpro-Sorocaba está notificando escolas da nossa base quanto ao uso de EPI (Equipamento de Proteção Individual), para professoras e professores.

Vale destacar que é obrigação das escolas o fornecimento de todos os equipamentos como máscaras, “face shields”, luvas, gorros e jalecos. Além disso, as escolas devem realizar a higienização de todos os ambientes e das superfícies que são tocadas por muitas pessoas (grades, mesas de refeitório, carteiras, puxadores de porta, corrimões etc.) antes do início das aulas de cada turno e sempre que necessário. Devem manter os ambientes bem ventilados com as janelas e portas abertas e sempre higienizar os banheiros, lavatórios e vestiários.

Em caso de não fornecimento de equipamentos ou descuido com a higienização dos ambientes, o professor deverá, imediatamente, denunciar a escola ao Sindicato dos Professores de Sorocaba e Região através do link: https://bit.ly/37Oqijb (sigilo absoluto). É importantíssimo a denúncia, pois somente com a denúncia é que o Sindicato poderão agir em favor da categoria.

Caso a escola não cumpra, o Sinpro-Sorocaba notificará denúncia junto ao Ministério Público do Trabalho e entrará com recurso via nosso departamento jurídico.

 

Após DEM abandonar Baleia Rossi, Maia ameaça aceitar impeachment de Bolsonaro
Valor Econômico; 01/02
http://glo.bo/3j6w7w4

Após a notícia de que o DEM abandonaria a candidatura do deputado Baleia Rossi (MDB-SP) ao cargo de presidente da Câmara na noite de domingo, o atual presidente e fiador da candidatura de Rossi, Rodrigo Maia, ameaçou aprovar os pedidos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro que até aqui tinha se negado a levar adiante.

A ameaça aconteceu na noite do domingo na casa de Maia, durante reunião com líderes e presidentes de partidos.

A informação de que o DEM deixaria de apoiar o candidato de Maia para dar suporte ao deputado Arthur Lira (PP-AL), candidato de Bolsonaro, foi dado foi dado pelo presidente do DEM, ACM Neto.

Maia disse que, com esse golpe provocado pelo grupo de Bolsonaro, não teria outra alternativa a não ser aceitar um dos pedidos de impeachment contra o presidente da República — um pedido de impeachment só começa a tramitar se o presidente da Câmara assim decidir, cabendo solitariamente a ele este ato.

Segundo reportagem do “G1” políticos que estiveram na reunião aconselharam Maia a autorizar não só um, mas todos os pedidos de impeachment que hoje estão na gaveta contra Bolsonaro.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2018 FEPESP - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio