14 de dezembro de 2018
 
 
Enviar por email
RSS
Imprimir

campanha salarial 2019 já começou

19/10/2018

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CAMPANHA SALARIAL 2019:
ASSEMBLEIAS EM OUTUBRO


Fique de olho nos avisos do seu sindicato: agora em outubro teremos as primeiras assembleias da Campanha Salarial 2019. Veja dia e horários abaixo!

 

 

Vão ser as assembleias da 'pauta quente!' - vamos discutir e votar o que queremos em nossa pauta de reivindicações, para defender nossos direitos e, agora, avançar.

Este ano tudo começa mais cedo, para aproveitar o embalo das campanhas vitoriosas deste ano e para se antecipar a qualquer nova tentativa de reduzir direitos. 

Esta é a lista da assembleias já marcadas, confira os horários: 

20/10
Sinpro ABC -  9H
Sinpro CAMPINAS -  9H
Sinpro GUARULHOS -  10H
Sinpro JUNDIAI - 9H
Sinpro OSASCO - 9H
Sinpro P. PRUDENTE -  9H
Sinpaae RIB. PRETO -  9H
Sinpro SANTOS -  14H30
Sinpro SÃO CARLOS -  9H (SESI/SENAI)                 
Sinpro SÃO PAULO -  9H             
Sinpro SJR PRETO -  14H
Sinpro SOROCABA -  9H
Sinpro UNICIDADES -  9H

25/10
Sinteee FRANCA - 17H

26/10
Sinpro BAURU - 10H
Sinpro JAÚ -  17H
Saae R. PRETO -  14H
SINPROVALES -  17H

27/10
Sinpro SÃO CARLOS -  9H (ED BÁSICA)
Sinpro TAUBATÉ -  14H00

 

A PRIMEIRA REUNIÃO

Os sindicatos integrantes da Fepesp reuniram-se em Campinas, na sede do Sinpro, para organizar com antecedência a campanha salarial de 2019. Assembleias para discussão de pauta e organização da mobilização serão realizadas agora no mês de outubro. Vamos avançar, com a modernização da nossa convenção!

Em 2018, a campanha salarial de professoras, professores e auxiliares de admoinistração escolar na rede privada de ensino em São Paulo enfrentou forte empenho de donos de escolar e instituições de ensino superior no sentido de reduzir direitos para diminuir custos e aumentar suas margerns de lucros. Foi clara a intenção em embarcar na onda da perversa 'reforma' trabalhista do governo sem votos. Mas a categoria soube resistir. Defendeu a palavra de ordem 'vamos defender o que é nosso'' e foi vitoriosa: na educação básica, todos os direitos fortam mantidos; no ensino superior, a tentativa de cortes foi rejeitada.

Agora, em 2019, a campanha salarial está sendo iniciada com antecedência para seguir com o entusiasmo que animou a campanha deste ano.

Já em outubro, serão realizadas as primeiras assembleias para discussão e formação de pauta de reivindicações, com a proposta de avançar na conquista de direitos, modernizando as convenções coletivas de trabalho:

"Modernizar, sim', diz Celso Napolitano, presidente da Federação dos Professores de São Paulo. "Vamos blindar nossas convenções contra tentativas de implantar o trabalho intermitente, a terceirização, a pejotização dos professores. Vamos discutir a 'hora tecnológica', o tempo em que professores agora dedicam ao trabalho docente via meios eletrônicos que os colocam à disposição da escola 24 horas por dia. As escolas já se preparam para se atualizar, aumentando suas mensalidades - vamos também atualizar, modernizar nossos direitos nesta campanha".

A Fepesp é integrada por 25 sindicatos. Após as assembleias em cada sindicato haverá a unificação das pautas até o final de outubro, a fim de dar inicio às negociações da campanha de 2019 ainda no mês de novembro, antes das férias coletivas e recesso de fim de ano dos professores.

Comentários
0 comentário(s)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
Insira os caracteres abaixo