19 de novembro de 2017
 
 
Enviar por email
RSS
Imprimir

Negociações começam na educação básica

26/02/2016

As negociações intersindicais da Campanha Salarial 2016 na educação Básica começaram no início da semana. Na terça-feira (23), aconteceu a primeira rodada de negociação entre os representantes da Fepesp em conjunto com os 26 sindicatos integrantes e do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado de São Paulo (Sieeesp).

Com o objetivo de acelerar as negociações, a Fepesp e os sindicatos integrantes propuseram duas reuniões por semana. Com isso, as rodadas de negociação acontecerão sempre as terças e quintas-feiras. O Sieeesp concordou com o planejamento, a partir da segunda semana de março. Dessa forma, os próximos encontros serão nos dias 1,8, 10, 15 e 17 de março.

Na rodada de negociação de terça, a Fepesp e os sindicatos integrantes entregaram as cláusulas que pretendem manter, o que corresponde a quase 60% da Convenção Coletiva de Trabalho, e as que contêm algum esclarecimento de redação ou reivindicação, conforme deliberado em assembleias. Os patrões responderão no próximo encontro, quando também apresentarão suas propostas.

A comissão de negociação da Fepesp e dos sindicatos integrantes é coordenada pelo professor Luiz Antônio Barbagli (São Paulo), e composta pelos professores Celso Napolitano (Fepesp), Antonio Dias de Novaes (Ribeirão Preto), Chileno (Campinas), Fábio Luís Pereira (Sorocaba), José Jorge Maggio (ABC) e Walter Alves (Santos).

 

Por dentro da Campanha Salarial

Com o Brasil enfrentando uma crise política, econômica e a inflação projetada acima de 10,5%, as negociações dependem diretamente da mobilização de professores e auxiliares de administração escolar.

A estratégia da Fepesp e dos sindicatos integrantes é tratar com rapidez das cláusulas sem mudança ou com alguma modificação para focar a negociação nas cláusulas econômicas e novas reivindicações, como o reajuste salarial.

Uma das demonstrações de unidade da Campanha Salarial 2016 está no lema ReaJUSTO 15%, válido tanto para o ensino superior como para a educação básica e Sesi/Senai. A decisão em adotar um índice comum nos três segmentos enfatiza a disposição de luta unificada por parte da Categoria.

A cada rodada de negociação, a Fepesp e os sindicatos integrantes divulgarão um informativo como este para que a categoria acompanhe e fale da Campanha Salarial.

É hora de conversar com os colegas, acompanhar a Campanha Salarial pelos sites dos sindicatos e da Fepesp. Compartilhar as informações nas redes sociais e comparecer às atividades convocadas! Participe da Campanha!  

Leia mais nos Boletins da Campanha Salarial 

Comentários
0 comentário(s)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
Insira os caracteres abaixo